{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Diferença Entre Valor e Preço de Ações [+ Como Analisar]

    by Rico.com.vc on Maio 30, 2018

    preco de acoes introducao

    A diferença entre valor e preço de ações é um questionamento importante no mercado de renda variável. 

    Apesar de serem praticamente sinônimos da língua portuguesa, na bolsa de valores, as duas palavras têm significados bastante diferentes. 

    Saber a diferença entre valor e preço de ações é fundamental para fazer boas escolhas e para ter retornos atrativos no futuro.

    Se você quer aprender agora como estes conceitos podem fazer toda diferença na sua próxima aquisição, aqui é o lugar certo! 

    Neste artigo, vamos abordar:

    • Diferença entre valor e preço de ações
    • Como saber o preço de uma ação
    • Como analisar o preço das ações
    • Análise Técnica x Análise Fundamentalista: qual é a melhor?
    • Mercado de ações em 2018 - Dicas para começar com tudo!
    • 5 ações para investir em 2018

    Se você tiver qualquer dúvida, deixe um comentário no final da página.

    Boa leitura!

    Já imaginou viver de Bolsa de Valores? Leia este outro artigo para aprender tudo sobre os traders de sucesso e saber como você também pode chegar lá!

    Diferença Entre Valor e Preço de Ações

    diferenca valor e preco de acoes

    Ao se tornar sócio de um negócio, é preciso avaliar além das cotações 

    A diferença entre valor e preço de ações é semelhante ao contexto de comprar um objeto.

    No momento da aquisição, você paga um preço, que por sua vez, pode ser maior ou menor do que a média de mercado. 

    Enquanto que o valor da ação é o que o produto tem a oferecer para você, por exemplo, ele reduz o tempo de execução de uma tarefa ou tem alta durabilidade. 

    Na bolsa de valores, a diferença entre valor e preço de ações vai um pouco além. Ao comprar uma ação, você adquire uma fração da empresa emissora. 

    Portanto, o preço é o que você paga por esta fatia. É daqui que vem a filosofia de "comprar na baixa e vender na alta". 

    Neste ponto, você só está interessado na quantia paga pela ação, isto é, se foi um bom momento para a compra. 

    O valor está relacionado ao que a empresa tem a oferecer aos acionistas, por exemplo, dividendos atrativos, ter boas projeções de crescimento ou possuir uma gestão de qualidade. 

    Então, estes são aspectos mais relacionados à companhia em si, que são fundamentais nas análises para o investimento no médio e longo prazos. 

    É por isso que grandes investidores como Warren Buffett costumam dizer que é preciso investir em boas empresas e acreditar no negócio. 

    O preço tem grande influência nas operações de curto prazo, em que o investidor busca a lucratividade ao negociar os papéis no mercado. 

    No médio e longo prazos, já é preciso atentar aos benefícios que você pode receber como acionista e sócio da empresa. 

    O valor também está relacionado ao patrimônio. Provavelmente, você já deve ter ouvido algo como: a ação X está sendo negociada abaixo do seu valor patrimonial.

    Isso significa que a soma de todos os papéis emitidos neste preço fornece um montante menor do que o seu valor de mercado

    Digamos que a empresa X tem 100.000 ações negociadas a R$ 10,00 e o seu valor patrimonial é de R$ 3 milhões. 

    O somatório de todos estes ativos resultaria em R$ 1 milhão. Então, os papéis estão sendo negociado três vezes abaixo do valor patrimonial, ou seja, eles deveriam custar pelo menos R$ 30,00. 

    Neste contexto, é necessário analisar os aspectos que levaram a essa cotação. Se é algo temporário ou se são problemas no negócio como dívidas e etc.

    Nos próximos tópicos, vamos mostrar como fazer uma avaliação completa.

    Como Saber o Preço de uma Ação

    preco de acoes como saber

    Os aspectos de mercado e da empresa influenciam nas cotações dos ativos

    O preço de uma ação é aquele valor que aparece no home broker.

    De acordo com o ativo, ele pode oscilar bastante, como é o caso dos ativos de alta liquidez. Mas, como o preço da ação é definido

    Tudo começa com o IPO (Initial Public Offering), onde a companhia faz a abertura do seu capital e passa a ser listada em bolsa. 

    Neste processo, ela já define a cotação inicial para a estreia. Isso pode ser feito com base no valor das frações, que é a divisão entre o capital social pelo número de papéis. 

    Há empresas que fazem uma pesquisa de quanto os investidores estão dispostos a pagar pelos ativos ou ela mesma estipula o preço. 

    Depois disso, as cotações são ajustadas de acordo com fatores como:

    • Condições de mercado: se a procura pela bolsa de valores está em alta, é possível que os preços das ações aumentem.

    • Negócio: o gerenciamento da empresa é um dos fatores que mais influenciam na decisão dos investidores. Um negócio bem gerido atrai acionistas para o médio e longo prazos, o que valoriza os papéis. 

    • Lucros: o quanto a companhia faturou ao longo do tempo. Quando há notícias de que ela obteve alto faturamento, o mercado tende a precificar as ações para cima.

    • Proventos: a distribuição dos lucros costuma movimentar o mercado. Geralmente, empresas que pagam bons proventos, costumam valorizar mais. 

    • Endividamento: o propósito de ofertar ações é a captação de dinheiro de forma mais barata, seja para o pagamento de dívidas ou financiamento de novos projetos. Se uma companhia tem alto grau de endividamento, o preço das ações tende a cair, porque o risco é mais elevado. 

    Note que ao analisar estes aspectos, você pode ter uma média de preço da ação de interesse. 

    Porém, como o mercado é dinâmico, não há como prever os próximos movimentos com exatidão. Neste ponto, entram as técnicas de análise, que serão explicadas nos próximos tópicos. 

    Analisando o Preço de Ações

    preco de acoes como analisar

    Saiba quando uma ação está cara ou barata agora mesmo!

    O mercado financeiro possui uma dinâmica própria. E, de fato, ele pode ser uma verdadeira caixinha de surpresas. Os próprios benchmarks são compostos pelos preços das ações.

    Então, tudo é baseado em previsões que podem ou não acontecer. Por isso, que utilizamos as técnicas de análise. 

    Elas avaliam o comportamento de uma ação em diferentes períodos de tempos passados e também os aspectos relacionados ao negócio. 

    Cada técnica possui um objetivo diferente, por exemplo, tendência de cotação ou precificação do ativo em relação ao seu valor. 

    Então, é importante utilizar a métrica mais coerente com os seus objetivos como investidor. 

    Para analisar o preço de uma ação, há três indicadores básicos: 

    • P/L: ele é a razão entre o preço e o lucro líquido em 12 meses. O resultado representa o tempo para que você recupere o dinheiro que foi investido na companhia. Então, quanto menor a razão, mais barata está a ação e em menos tempo você começa a lucrar.

    • P/VP: esta é a divisão entre a cotação do papel e o valor patrimonial. Como dito, quanto menor o resultado, mais barato o ativo. 

    • EV/Ebitda: ele é o resultado da divisão do EV (valor de mercado + dívidas) pelo Ebitda (geração de caixa da empresa). Quanto menor a razão, mais barata a ação. 

    Análise Técnica x Análise Fundamentalista

    A Análise Técnica e a Fundamentalista são muito utilizadas para avaliar o preço de ações. Porém, as duas têm propósitos diferentes. 

    Análise Técnica

    Na Análise Técnica, também conhecida como análise gráfica de ações na Bolsa, utilizam-se gráficos que mostram as cotações de uma ação de acordo com o tempo. 

    Assim, o analista consegue verificar as tendências futuras dos preços. Para isso, ele pode traçar linhas de tendência, resistência e rompimento. 

    Para os traders, a Análise Técnica é uma grande aliada, pois ajuda a identificar os pontos de entrada e saída das operações.

    Se você quer investir em ações com o objetivo de se tornar sócio do negócio, os gráficos são bons indicativos da visão do mercado sobre o papel de interesse.

    Porém, não basta verificar se o ativo está nas máximas ou mínimas históricas, você também precisa avaliar os aspectos da empresa. 

    Análise Fundamentalista

    A Análise Fundamentalista é a métrica que traz estes dados, por exemplo, grau de endividamento, valor de mercado, ROE e etc. 

    Assim, você terá um diagnóstico da saúde financeira da companhia através destes dados históricos. 

    Perceba que as duas têm importâncias e utilidades diferentes. A análise completa advém da união delas. Portanto, elas são classificadas como adequadas ou não para o seu objetivo. 

    Mercado de Ações Hoje [2018] - Dicas Para Investir

    preco de acoes 2018

    Aliar boas empresas à diversificação pode gerar excelentes ganhos

    A queda de juros e a retomada da economia abriram ainda mais espaço para a Bolsa de Valores. De acordo com a BM&FBovespa, há mais de 654 mil pessoas físicas que atuam no mercado de ações. 

    O crescimento é superior a 13% nos últimos dois anos. Com a taxa Selic em 6,50% ao ano, é possível que os investidores passem a investir em renda variável para obter lucros mais atrativos. 

    A guinada do mercado de ações ocorreu em 2017. O índice Ibovespa (IBOV) valorizou 26% contra 9,98% do CDI.

    Para 2018, espera-se que a lucratividade seja ainda maior, pois os juros baixos propiciam o crescimento das companhias e tendem a reduzir o endividamento.

    Então, este pode ser um bom momento para investir em ações e aproveitar as boas oportunidades do mercado. 

    Ao mesmo tempo, há fatores de riscos que podem afetar a bolsa de valores no curto prazo, como as eleições presidenciais, aumento dos juros nos EUA e os resultados das votações de reformas estruturais. 

    Assim, a dica é investir em ações com cautela, isto é, evitar colocar todo o seu dinheiro na renda variável. A diversificação costuma ser uma estratégia muito eficiente para ganhar mais e com tranquilidade.

    3 Ações Que Podem Ser Interessantes Para Investir em 2018

    Em, o índice Bovespa rompeu a marca dos 85 mil pontos.

    Há analistas que já projetam os 100 mil até dezembro

    Porém, não temos como saber se estas previsões se cumprirão. Por isso, é importante saber onde investir o seu dinheiro, ou seja, quais ações podem ser bons negócios. 

    Antes de fazer qualquer aquisição, lembre-se de que você deve conhecer o seu perfil de investidor, pois a renda variável é mais recomendada para os moderados e arrojados. 

    Caso você não tenha tolerância ao risco, há excelentes oportunidades para ganhar dinheiro na renda fixa, como o Tesouro Direto e as LCI/LCAs.

    Abaixo, confira 3 ações que tendem a gerar valorizações atrativas neste ano:

    1 - Itaúsa (ITSA4)

    A Itaúsa é uma holding que detém cerca de 95% do Banco Itaú. Além disso, ela possui partes de outras empresas, como as Havaianas e a Duratex. O Banco Itaú possui uma projeção de crescimento ainda maior com a economia aquecida. 
     
    Se você quer investir neste banco de forma acessível, ITSA4 pode ser uma boa alternativa. 
     

    2 - Petrobras (PETR3 e PETR4)

    Depois de anos de quedas e conflitos, a Petrobras voltou ao radar dos investidores. Sob a gestão de Pedro Parente, a companhia mostra sinais de recuperação.

    A nova política de preços e a gestão com menor interferência do Estado se mostram eficientes e capazes de gerar bons lucros. 

    Com o ciclo favorável às commodities e o momento atual da economia brasileira, as ações de Petrobras podem trazer resultados positivos para este ano. 

    3 - Lojas Americanas (LAME4)

    A retomada da economia tende a favorecer as empresas do setor de varejo como as Lojas Americanas. 

    Com o aumento da renda da população, é possível que as vendas subam e os lucros do período sigam a mesma trajetória. 

    Se você quer aproveitar o momento favorável do varejo, os papéis das Lojas Americanas podem ser alternativas atrativas. 

    Aqui na Rico, as nossas Carteiras Recomendadas possuem estas e outras ações que tendem a valorizar ainda mais neste ano. 

    Em 2017, uma delas rendeu mais de 51%, contra 27% do IBOV. Para conhecê-las e começar a investir, você só precisa abrir a sua conta agora mesmo. 

    Ainda está em dúvida sobre como escolher as melhores ações para investir? Confira as dicas do vídeo abaixo!

     

     

    Conclusão

    preco de acoes conclusao

    Há excelentes oportunidades para comprar papéis baratos de boas empresas

    A diferença entre valor e preço de ações precisa ser um conceito bem claro para os investidores que buscam ganhar dinheiro no médio e longo prazos. 

    Ao comprar os papéis, você se torna um sócio da companhia emissora. Provavelmente, você não quer ser dono de parte de um negócio perdedor. 

    Por isso, o valor de uma ação representa o que a empresa pode oferecer para os acionistas, como crescimento e dividendos atrativos. 

    Enquanto que o preço é a cotação do ativo, ele varia com as condições do mercado e do próprio negócio, ou seja, é um indicativo se a ação está cara ou barata. 

    O objetivo de todo investidor da Bolsa de Valores é encontrar um papel de baixo preço e com alto valor

    Com a queda de juros e a retomada da economia, este pode ser um bom momento para comprar ações nestas condições.

    Se você quer ganhar dinheiro na bolsa de valores, o primeiro passo é abrir a sua conta na Rico. Aqui, você terá à disposição os melhores ativos do mercado e as nossas Carteiras Recomendadas. Aproveite e comece agora mesmo!

    Gostou deste artigo? Então, deixe um comentário com sugestões.

    Obrigado por ler até aqui!

    abra-conta-rico-1

    Topics: Renda Variável/Mercado de ações

    Top 5 Posts

    Posts Recentes