{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Terceiro mundo que todo mundo quer

    by Rico Matinal | 10 de Setembro, 2020

    Confira o Rico Matinal de hoje - 10/09/2020

    rico matinal-4

    Resumo do dia: No aguardo de notícias do lado de lá

    (por Paula Zogbi)

    Após altas fortes ontem, mercados mundiais oscilam nesta manhã. Nos EUA, os futuros caem entre 0,31% e 0,45%. Na própria Europa, o Stoxx 600 opera em -0,05%. 

    Olhos e ouvidos do outro lado do oceano: embora se espere que o Banco Central europeu mantenha a política monetária estável, os investidores observam de perto os comentários da presidente Christine Lagarde (às 9h30) em busca de quaisquer dicas sobre se o euro mais forte (que faz com que os produtos importados fiquem mais baratos e pressiona a inflação pra baixo) está se tornando um problema para a região.

    Também no radar está o relatório sobre pedidos de seguro-desemprego nos EUA, às 9h30. Uma pesquisa da Dow Jones prevê 850 mil novos pedidos, abaixo dos 881 mil pedidos da semana passada. Ainda nos EUA, o Senado deve votar hoje um pacote de estímulos à economia de US$ 300 bilhões - mas que não deve ser aprovado por falta de apoio da oposição. 

    No Brasil, a proposta da PEC do pacto federativo, que seria apresentada hoje à noite ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, foi adiada novamente para incluir a definição do programa Renda Brasil. De acordo com o Estadão, o parecer deverá ser apresentado ao presidente Jair Bolsonaro na quarta ou quinta-feira da próxima semana. 

    Também foi divulgado ontem pelo IBGE o IPCA referente a agosto, que registrou inflação de 0,24% no mês e de 2,44% no acumulado em 12 meses. Apesar de o cenário inflacionário ter permanecido benigno, alguns alimentos apresentaram alta significativa (como arroz, tomate, frutas, etc), o que nos fez revisar a nossa projeção de IPCA para o final de 2020 de 1,4% para 1,7%.

    Para o ano que vem, com devolução dos preços de alimentos, revisamos de 2,7% para 2,6%. Depois da alta apresentada, o Ministério da Justiça notificou 65 supermercados e produtores a explicar em até 5 dias o aumento do preço de alimentos da cesta básica.

    Insight Rico: Terceiro mundo que todo mundo quer

    (por Betina Roxo) 

    No período pós Segunda Guerra Mundial - acalmem-se caros(as) 13 leitores(as), tem história mas tem recomendação de investimentos também -, países desenvolvidos ou “ricos” eram classificados como países de primeiro mundo.

    Já os países do bloco socialista (como União Soviética e China) eram de segundo mundo e os subdesenvolvidos ou “pobres”, de terceiro mundo. Depois da Guerra Fria, com a dissolução da União Soviética (URSS) e ascensão do capitalismo, os países foram reclassificados entre desenvolvidos e subdesenvolvidos.

    Alguns desses países subdesenvolvidos tiveram sua industrialização (mesmo que tardia) na segunda metade do século XX, impulsionando o avanço econômico e tecnológico.

    Com um “desenvolvimento maior”, eles passaram a ser chamados de países em desenvolvimento ou países emergentes, com suas economias em crescimento.

    E que crescimento! 

    Nos últimos 15 anos, os países emergentes foram responsáveis por mais da metade do crescimento do mundo e, olhando para frente, não deve ser diferente*.

    *A contribuição dos Emergentes para o crescimento global deve superar 80% até 2024, enquanto os Desenvolvidos gradualmente caem para 16%.

    Emerging 1

    Já ouviu alguém se gabar de viajar para o “primeiro mundo”, ou falar mal de algo do “terceiro mundo”? Pois bem, essa expressão não está com nada no universo dos investimentos. 

    giphy

    Segundo pesquisa realizada pela Vontobel Asset Management junto a 300 investidores institucionais e gestores, apesar da incerteza de curto prazo, ao longo de um período de cinco anos, cerca de dois terços dos investidores questionados esperam aumentar suas alocações em ações de mercados emergentes. E quase seis em cada dez preveem maior exposição à renda fixa nesses mercados.

    Em 2020, o FMI (Fundo Monetário Internacional) estima que países emergentes e em desenvolvimento tenham uma redução média do PIB de 1%, ante uma previsão de crescimento de 4% de poucos meses atrás. Países como Brasil, México e Rússia devem ter uma queda do PIB de mais de 5% em razão dos efeitos do novo coronavírus.

    Já na China, primeiro país impactado pela COVID-19, cuja atividade já está gradualmente retomando, a economia deve crescer 1,2% em 2020 (em 2019, foi 6,1%), abaixo dos 6% da previsão de janeiro do FMI. A segunda maior economia do mundo deverá crescer 9,2% em 2021.Emerging 2

    No longo prazo, as perspectivas para os mercados emergentes não mudaram. Lar de mais de 80% dos cidadãos em idade produtiva do mundo, essas economias devem continuar o principal motor do crescimento global. Em 2050, seis dos hoje países emergentes podem estar entre as sete maiores economias do mundo, de acordo com projeções da PwC e outros.

    Veja abaixo os “Hot Spots” de mercados emergentes, pelo Citi – Maio, 2020

    Emerging 3

    Dito isso, imagino que vocês estejam pensando: como investir nesses países de "terceiro mundo" que todo mundo quer?

    Pois bem, a Ashmore, referência global em Mercados Emergentes é a nova integrante da nossa plataforma de fundos aqui da Rico. Ela é uma boutique de investimentos 100% focada em mercados emergentes desde sua formação em 1992, com mais de R$ 400 bilhões sob gestão.

    Para a estratégia de ações da gestora, dentro de um universo de mais de 3 mil papeis em mercados emergentes, aproximadamente 80 entram nos filtros de qualidade, liquidez e setorial da equipe, com um horizonte de investimento de 12 meses.

    Potencial de crescimento

    Atualmente, há no portfólio empresas com um potencial de crescimento estrutural significativo (como Alibaba, Samsung), mas com preço descontado, e empresas mais cíclicas. Em termos de alocação, a maior parte do portfólio está na Ásia: China, Taiwan, Coréia do Sul e Índia.

    Os fundos de ações da Ashmore estão disponíveis na Rico para investidores qualificados e de acordo com o seu perfil (moderado ou agressivo): Ashmore EM Equity Advisory FIC FIA IE (sem exposição cambial) e Ashmore EM Equity Dolar Advisory FIC FIA IE (com exposição cambial).

    Além disso, há uma terceira opção, focada em crédito, com a maior parte em dívidas soberanas em dólar: Ashmore Emerging Markets Debt Advisory. Nessa frente, a primeira estratégia que lançou na sua trajetória (e portanto a que mais foi posta à prova até hoje), a gestora também tem um filtro muito bem desenhado - e bem-sucedido.

    Resumidamente, o trabalho de seleção foca principalmente em títulos de dívida soberana denominados em dólar (com poucas exceções), sempre com muita liquidez. A busca é por oportunidades dentro desse filtro - geralmente, títulos de dívida com prêmios altos demais para a sua respectiva qualidade de crédito, que são penalizados pelo mercado por uma desconfiança excessiva na sua capacidade pagadora. 

    Agenda da Semana

    Quinta-feira, 10

    09h00: Varejo ampliado (exp: 1,6%; ant: -0,9%)

    09h00: Varejo restrito(exp: 1,5%; ant: 0,5%)

    09h30: EUA - PPI (exp: 0,2%; ant: 0,6%)

    09h30: EUA - Novos pedidos de seguro-desemprego

    Sexta-feira, 11

    03h00: Reino Unido - métrica mensal do PIB (ant: 8,7%)

    09h00: Brasil - Volume do setor de serviços IBGE (exp: -9,3%; ant: -12,1%)

    09h30: EUA - CPI (exp: -0,3%; ant: 0,6%)

    Topics: Rico Matinal