{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Títulos públicos do Tesouro Direto ganham novos nomes. Veja!

    by Gloria Maciel | 2 de Fevereiro, 2015

    Olá, leitores!

    Vocês já devem ter escutado por aí que os nomes dos títulos públicos do Tesouro Direto sofrerão alterações.  Segundo comunicado divulgado no site da BM&Fbovespa, as mudanças entrarão em vigor a partir do dia 9 de março deste ano.

    td-2

    As alterações têm como objetivo facilitar a compreensão dos títulos e explicar, pelo próprio nome, o que representam. Dessa forma, o investidor fica mais familiarizado com o título que possui. Bom, né?

    Veja abaixo como são os nomes atualmente e como vão ficar mês que vem - Não é que ficou mais fácil mesmo?

    • LTN (Letras do Tesouro Nacional)

    Mudará para: Tesouro Prefixado 20XX (sendo XX o ano de vencimento)

    A LTN é um título prefixado e possui fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e resgata o valor que investiu somado à rentabilidade pré-estabelecida, na data de vencimento do título.

    • NTN-F (Notas do Tesouro Nacional – Série F)

    Mudará para: Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2025.

    A NTN-F também é um título prefixado, mas diferente da LTN, os juros de rentabilidade do título são recebidos por meio de cupons semestrais ao longo do investimento. Na data de vencimento do título, o investidor resgata o valor investido somado à rentabilidade. Essa distribuição dos juros aumenta a liquidez, possibilitando reinvestimentos.

    • NTN-B Principal (Notas do Tesouro Nacional – série B Principal)

    Mudará para: Tesouro IPCA + 20XX (sendo XX o ano de vencimento)

    Este título é pós-fixado e indexado ao IPCA, inflação oficial do país medida pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O rendimento é calculado com base na inflação mais uma taxa de juros definida no momento da compra. Isso permite que o investidor se proteja das flutuações do IPCA. Esse título é indicado para quem deseja fazer poupança de médio/longo prazos, inclusive para aposentadoria, compra de casa própria e outros. A NTN-B Principal possui fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e resgata o valor de face (valor investido somado à rentabilidade) na data de vencimento do título.

    • NTN-B (Notas do Tesouro Nacional – Série B)

    Mudará para Tesouro IPCA + com juros semestrais 20XX (sendo XX o ano de vencimento)

    São títulos igualmente pré-fixados, mas ao contrário da NTN-B Principal, o investidor recebe a cada semestre um cupom com os juros de rentabilidade do título. Na data de vencimento, resgata o valor investido somado à rentabilidade. A distribuição dos juros aumenta a liquidez possibilitando reinvestimentos.

    • LFT (Letras Financeiras do Tesouro)

    Mudará para: Tesouro Selic 2017

    LFT é um título pós-fixado cuja rentabilidade segue a variação da taxa Selic , a taxa de juros básica da economia. Sua remuneração é dada pela variação da taxa Selic diária registrada entre a data de liquidação da compra e a data de vencimento do título, acrescida, se houver, de ágio ou deságio no momento da compra. O  valor de mercado da LFT apresenta baixa volatilidade, evitando perdas no caso de venda antecipada. Mas também por isso sua rentabilidade tende a ser mais baixa que a dos demais títulos. A LFT possui fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e recebe o valor de face (valor investido somado à rentabilidade) na data de vencimento do título. É considerado o principal substituto da poupança, por ser o mais conservador de todos.

    **

    Agora que você já conhece os novos nomes dos títulos públicos e o que eles representam, que tal conhecer um pouco mais sobre o Tesouro Direto e começar a investir?

     E-BOOK GRÁTIS Guia Fácil de Tesouro Direto

     

    Top 5 Posts

    Posts Recentes