{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Títulos públicos do Tesouro Direto ganham novos nomes. Veja!

    by Gloria Maciel on Fevereiro 2, 2015

    Olá, leitores!

    Vocês já devem ter escutado por aí que os nomes dos títulos públicos do Tesouro Direto sofrerão alterações.  Segundo comunicado divulgado no site da BM&Fbovespa, as mudanças entrarão em vigor a partir do dia 9 de março deste ano.

    td-2

    As alterações têm como objetivo facilitar a compreensão dos títulos e explicar, pelo próprio nome, o que representam. Dessa forma, o investidor fica mais familiarizado com o título que possui. Bom, né?

    Veja abaixo como são os nomes atualmente e como vão ficar mês que vem - Não é que ficou mais fácil mesmo?

    • LTN (Letras do Tesouro Nacional)

    Mudará para: Tesouro Prefixado 20XX (sendo XX o ano de vencimento)

    A LTN é um título prefixado e possui fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e resgata o valor que investiu somado à rentabilidade pré-estabelecida, na data de vencimento do título.

    • NTN-F (Notas do Tesouro Nacional – Série F)

    Mudará para: Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2025.

    A NTN-F também é um título prefixado, mas diferente da LTN, os juros de rentabilidade do título são recebidos por meio de cupons semestrais ao longo do investimento. Na data de vencimento do título, o investidor resgata o valor investido somado à rentabilidade. Essa distribuição dos juros aumenta a liquidez, possibilitando reinvestimentos.

    • NTN-B Principal (Notas do Tesouro Nacional – série B Principal)

    Mudará para: Tesouro IPCA + 20XX (sendo XX o ano de vencimento)

    Este título é pós-fixado e indexado ao IPCA, inflação oficial do país medida pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O rendimento é calculado com base na inflação mais uma taxa de juros definida no momento da compra. Isso permite que o investidor se proteja das flutuações do IPCA. Esse título é indicado para quem deseja fazer poupança de médio/longo prazos, inclusive para aposentadoria, compra de casa própria e outros. A NTN-B Principal possui fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e resgata o valor de face (valor investido somado à rentabilidade) na data de vencimento do título.

    • NTN-B (Notas do Tesouro Nacional – Série B)

    Mudará para Tesouro IPCA + com juros semestrais 20XX (sendo XX o ano de vencimento)

    São títulos igualmente pré-fixados, mas ao contrário da NTN-B Principal, o investidor recebe a cada semestre um cupom com os juros de rentabilidade do título. Na data de vencimento, resgata o valor investido somado à rentabilidade. A distribuição dos juros aumenta a liquidez possibilitando reinvestimentos.

    • LFT (Letras Financeiras do Tesouro)

    Mudará para: Tesouro Selic 2017

    LFT é um título pós-fixado cuja rentabilidade segue a variação da taxa Selic , a taxa de juros básica da economia. Sua remuneração é dada pela variação da taxa Selic diária registrada entre a data de liquidação da compra e a data de vencimento do título, acrescida, se houver, de ágio ou deságio no momento da compra. O  valor de mercado da LFT apresenta baixa volatilidade, evitando perdas no caso de venda antecipada. Mas também por isso sua rentabilidade tende a ser mais baixa que a dos demais títulos. A LFT possui fluxo de pagamento simples, ou seja, o investidor faz a aplicação e recebe o valor de face (valor investido somado à rentabilidade) na data de vencimento do título. É considerado o principal substituto da poupança, por ser o mais conservador de todos.

    **

    Agora que você já conhece os novos nomes dos títulos públicos e o que eles representam, que tal conhecer um pouco mais sobre o Tesouro Direto e começar a investir?

     E-BOOK GRÁTIS Guia Fácil de Tesouro Direto

     

    Top 5 Posts

    Posts Recentes