{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Small Caps: O que é, Lista das Melhores, e Dicas (2020)

    by Rico.com.vc | 15 de Abril, 2020

    small-caps-o-que-e-lista-das-melhores-dicas-2019

    Se você acompanha o mercado de ações, certamente, já ouviu falar das small caps.

    Mas sabe quais são as suas características, como funciona o investimento nelas e quais as melhores small caps para aplicar seu dinheiro?

    Essas questões serão abordadas ao longo deste artigo.

    Desde já, é válido entender que as small caps são ações de empresas com menor valor de mercado.

    Mas isso não significa que não sejam atrativas, até porque podem oferecer retornos mais altos, embora também reservem maior risco para isso. 

    E você lida melhor com essa relação entre risco e rentabilidade quando adquire conhecimento e segue as orientações de especialistas.

    É o que acontece ao conferir a carteira recomendada da Rico sobre small caps e também entender tudo sobre esse tipo de ações.

    Interessado? Siga a leitura do nosso guia completo!

    E se restar alguma dúvida no final, é só deixar um comentário.

    Nova call to action

    O que é uma ação Small Cap? Significado e Conceito

    small-caps-o-que-e-uma-acao-significado-conceitoAções small caps podem oferecer oportunidades atrativas de rentabilidade

    As small caps são ações da Bolsa de Valores com menor capitalização de mercado. 

    Além disso, algumas definições ainda podem considerar o faturamento da empresa ou o seu volume de negociações. 

    Os aspectos que determinam uma ação small cap podem variar entre um mercado e outro, mas, em geral, são papéis de empresas cujo valor de mercado está entre US$ 300 milhões e US$ 2 bilhões. 

    Para saber o valor de mercado de uma companhia, basta multiplicar o preço de suas ações pelo número total de papéis emitidos.

    Em geral, as small caps contemplam dois tipos de empresas:

    • Empresas novas, que podem ter diversificação de setor, mas não são líderes no seu mercado
    • Empresas com mais tempo de mercado, mas que estão concentradas em setores menores e que podem, ou não, serem líderes no segmento em que atuam.

    Um ponto interessante sobre esses ativos é que, como há capitalização de mercado mais baixa, elas possuem um potencial maior de crescimento e valorização em relação às ações de empresas large caps. 

    Contudo, é importante ressaltar que essas empresas também têm menor liquidez na Bolsa, o que torna os investimentos em small caps, naturalmente, mais propensos às oscilações, o que eleva o seu risco. 

    O que são as blue chips e large caps da Bovespa?

    small-caps-diferencas-entre-largeAs ações do tipo blue chip são também conhecidas como large caps

    Ao contrário das small caps, as large caps se referem às ações de grandes empresas negociadas na Bolsa de Valores.

    Muitas vezes, essas ações também são chamadas de blue chips.

    As large caps contemplam as empresas com valor de mercado acima dos US$ 10 bilhões e costumam ser muito famosas entre os investidores, pois se tratam de companhias líderes em seus setores.

    Nesse sentido, a principal diferença entre as small caps e as large caps é que as primeiras possuem menor nível de capitalização, enquanto as segundas são empresas com maior valor de mercado. 

    Contudo, a capitalização não deve ser o único fator a ser considerado na hora de classificar uma ação. 

    Existem empresas no mercado, por exemplo, que são consideradas small caps por conta da sua baixa liquidez, mesmo apresentando valor de mercado maior que US$ 2 bilhões.

    No que se refere às large caps, as principais características que as definem são:

    • Maior visibilidade
    • Boa liquidez
    • Menor volatilidade
    • Reconhecimento e estabilidade no mercado.

    O termo “blue chips” vem dos jogos de cassino, onde as fichas azuis geralmente são as mais valiosas da mesa.

    Assim, os papéis blue chips vêm de empresas já consolidadas no mercado, que tem uma boa relação com seus acionistas e um crescimento constante.

    Não existe uma lista oficial das empresas com ações blue chips hoje na B3 (antiga Bovespa).

    Isso porque essa é uma classificação especulativa, que surge como um consenso do mercado.

    De qualquer forma, analisando os critérios expostos acima, podemos destacar algumas ações cujos papéis tem se comportado como blue chips nos últimos meses. São elas:

    • Petrobrás (PETR4)
    • Ambev (ABEV3)
    • Itaú Unibanco (ITUB4)
    • Vale (VALE3).

    No caso das small caps, o cenário é outro.

    A B3 divulga o Índice Small Cap (SMLL), uma carteira teórica com os principais nomes do mercado – conheça alguns:

    • PetroRio (PRIO3)
    • Centauro (CNTO3)
    • Smiles (SMLS3)
    • Banco Inter (BIDI4).

    Nos próximos tópicos, você vai conhecer quais são as principais small caps do momento.

    Ações Small Caps Bovespa Hoje

    Hoje, os papéis com menor capitalização da bolsa brasileira têm seus ativos refletidos no índice SMLL, que apresentamos no tópico anterior.

    Para compor o índice, as ações devem estar fora da lista de principais companhias da B3, que juntas concentram 85% de todo o valor de mercado da bolsa.

    Mesmo com o baixo valor de mercado, as small caps tem se destacado na preferência dos investidores por apresentarem uma rentabilidade considerável.

    Em 2019, por exemplo, elas lideraram o ranking de valorização, com o SMLL apresentando uma alta de 58,2% no período.

    E, para 2020, a tendência de crescimento parece se repetir.

    Nos primeiros dias de fevereiro, as seis principais small caps do índice apresentaram uma valorização média de 5,82%, quase quatro pontos acima do Ibovespa – que no mesmo período teve uma alta de apenas 1,99%.

    Lista das principais ações Small Caps para 2020

    small-caps-listas-das-principais-2019
    Ao conhecer as principais small caps, você fica por dentro das melhores oportunidades

    Existem muitas small caps na Bolsa e, com o mercado a todo vapor e a B3 acima dos 100 mil pontos, a performance de várias dessas ações têm sido positiva. 

    Entre as opções, vamos falar agora com mais detalhes sobre três daquelas que acumulam um bom desempenho até fevereiro de 2020:

    • Trisul (TRIS3)
    • PetroRio (PRIO3)
    • Via Varejo (VVAR3).

    Trisul (TRIS3)

    A Trisul é uma importante incorporadora de imóveis do Brasil, com mais de 30 anos de mercado.

    Mesmo atuando em um segmento altamente competitivo, se mostra uma companhia forte e consolidada, o que permite que ela mantenha um quadro de profissionais com alta qualidade técnica, autonomia para escolher seus fornecedores e acesso à tecnologia de ponta, além de oferecer preços competitivos. 

    Atualmente, a ação TRIS3 da Trisul é negociada por valores próximos de R$ 15 - uma valorização de 228% no período de um ano.

    small-caps-rico-2020
    Evolução histórica da ação TRIS3 - Tela capturada em 11/02/2020.

    PetroRio (PRIO3)

    A PetroRio é a maior petroleira privada do Brasil. 

    Seus ativos de operações se concentram sobretudo nos Campos de Polvo e Frade próximos à cidade de Cabo Frio, litoral do Rio de Janeiro. 

    Com a estratégia de compra de ativos já em produção, a empresa conseguiu realizar um verdadeiro turnaround e tem conseguido apresentar níveis de eficiência próximo aos 100%, o que é muito importante no setor de exploração de petróleo. 

    Atualmente, as ações ordinárias da PetroRio, PRIO3, são negociadas no mercado por um valor próximo de R$ 44, com valorização de 275% no período de um ano.

    small-caps-rico-20201
    Evolução histórica da ação PRIO3 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Via Varejo (VVAR3)

    A Via Varejo, fundada em 2010, é um das principais varejistas do Brasil. 

    A companhia é dona de marcas importantes, como Pontofrio e Casas Bahia, mantendo liderança nos ramos de eletrônicos e eletrodomésticos no país. 

    Conta com mais de 1.000 lojas espalhadas por todo o Brasil.  

    Seu preço se aproxima dos R$ 14, o que representa uma alta de 150% no período de um ano, sendo uma das principais small caps da Bolsa.

    small-caps-rico-20202
    Evolução histórica da ação VVAR3 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Essas são algumas das principais small caps de 2019, em termos de valorização. 

    É importante ressaltar, no entanto, que ganhos passados não são garantia de ganhos no futuro. Por isso, se você quiser investir em alguma dessas empresas, é fundamental fazer uma boa análise antes. 

    Mais à frente, vamos trazer dicas de como fazer isso.

    Se você quiser conhecer outras opções interessantes para investir, acompanhe as carteiras recomendadas da Rico

    Como Funciona a Classificação das Caps?

    small-caps-como-funciona-classificacaoNão existem apenas small caps e large caps para você investir

    Além das small caps e das large caps, existem ainda outras classificações de ações no mercado. 

    Elas são importantes para definir o tamanho de uma companhia, o que serve de subsídio para os investidores.

    Em termos de valor de mercado, as ações são classificadas da seguinte maneira:

    • Nanocaps: empresas com valor de mercado de menos de US$ 50 milhões
    • Microcaps: empresas com valor de mercado entre US$ 50 milhões e US$ 300 milhões
    • Small Caps: empresas com valor de mercado entre US$ 300 milhões e US$ 2 bilhões
    • Mid Caps: empresas com valor de mercado entre US$ 2 bilhões e US$ 10 bilhões
    • Large Caps: empresas com valor de mercado entre US$ 10 bilhões e R$ 200 bilhões
    • Mega Caps: empresas com valor de mercado maior do que US$ 200 bilhões.

    Agora, saiba mais sobre cada uma dessas classificações.

    Nanocaps 

    É mais difícil encontrar esse tipo de empresa listada na Bolsa, pois os custos para abertura de capital podem ser elevados, o que dificulta o processo para companhias menores. 

    Um exemplo de Nanocap da B3 é a Bardella (BDLL4), construtora cujo valor de mercado ao final de 2019 era de aproximadamente R$ 10 milhões. 

    small-caps-rico-20203
    Evolução histórica da ação BDLL4 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Microcaps 

    Esse tipo de ação se caracteriza pela alta volatilidade e baixa liquidez. 

    Um exemplo de Microcap da Bolsa de Valores é a PortoBello (PTBL3). A empresa do setor de cerâmica possuía, no final de 2019, um valor de mercado de cerca de R$ 65o milhões. 

    small-caps-rico-20204
    Evolução histórica da ação PTBL3 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Mid Caps

    São ações de empresas já um pouco maiores e, por isso, exibem menor volatilidade. 

    Podem ter atuação no mercado externo e maior visibilidade. 

    Um exemplo de mid cap da B3 é a Grendene (GRND3). A empresa que atua no subsetor de tecidos, vestuário e calçados, no final de 2019, tinha um valor de mercado de cerca de R$ 8 bilhões. 

    small-caps-rico-20205
    Evolução histórica da ação GRND3 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Large Caps

    Como são ações mais líquidas e que contam com um acompanhamento mais próximo, os resultados são mais previsíveis e a volatilidade menor. 

    Um exemplo de large cap é a Petrobras (PETR4). Seu valor de mercado ultrapassa os R$ 400 bilhões. 

    small-caps-rico-20206

    Evolução histórica da ação PETR4 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Mega Caps

    No momento, não existe nenhuma empresa brasileira classificada como mega cap, mas isso não quer dizer que você não possa investir nesse tipo de ação. 

    Como essas empresas são famosas mundialmente, seus papéis são negociados em diversas bolsas de valores. 

    Inclusive, algumas possuem BDRs (Brazilian Depositary Receipts) na B3, a bolsa brasileira. 

    Alguns exemplos de mega caps negociadas na B3 são:

    Microsoft (MSFT34)

    small-caps-rico-20207
    Evolução histórica da ação MSFT34 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Apple (AAPL34)

    small-caps-rico-20208
    Evolução histórica da ação AAPL34 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Facebook (FBOK34)

    small-caps-rico-20209
    Evolução histórica da ação FBOK34 - Tela capturada em 11/02/2020.

    Principais riscos de investir em small caps e como evitá-los

    Como todo investimento, as small caps também possuem riscos - alguns deles específicos a esse tipo de aplicação. 

    Vamos falar agora dos principais riscos de investir em small caps e o que você pode fazer para evitá-los. 

    Baixa liquidez das small caps

    O primeiro risco ligada às small caps está relacionado à baixa liquidez que esses ativos, geralmente, possuem. 

    Isso quer dizer que essas ações são pouco negociadas no mercado. Assim, você pode não conseguir vender um ativo quando desejar, ou ter que vendê-lo abaixo do preço que ele realmente vale. 

    Em alguns casos extremos, porém reais, é possível que você não consiga vender seus ativos - nem mesmo se colocar um preço abaixo do mercado. 

    A boa notícia é que evitar esse tipo de risco é relativamente fácil. 

    Você só precisa avaliar o volume diário de negociações do papel. 

    Para isso, basta acessar uma plataforma gráfica e o usar o indicador Volume.

    O que é liquidez de uma ação?

    Quando falamos da liquidez de uma ação, nos referimos à facilidade em negociar esse papel na bolsa a qualquer momento.

    Títulos que tem uma alta liquidez apresentam altos volumes de negociação de seus títulos, com uma constante demanda de compra e venda.

    Possível má precificação

    Muitas vezes, as small caps são ações de empresas que começaram a ser negociadas recentemente no mercado e ainda estão em expansão.

    Por isso, pode ser mais complicado estabelecer um preço adequado para esses ativos. 

    Você pode evitar os riscos relacionados à possível má precificação exigindo retornos maiores desses investimentos. 

    Em primeiro lugar, deve definir qual nível de retorno o deixa confortável para correr riscos mais altos. 

    Não existe um valor exato para isso, pois essa definição depende do perfil de cada investidor. 

    Em segundo lugar, deve fazer uma comparação entre os indicadores fundamentalistas dessas ações com outras do mesmo setor que já estão no mercado há mais tempo.

    Assim, pode avaliar se o preço pelo qual a ação está sendo negociada é bom ou não. 

    Menor atenção dos analistas

    A Bolsa de Valores conta com mais de 450 empresas, sendo que algumas delas ainda possuem dois tipos de ações negociadas (preferenciais e ordinárias). 

    Além disso, na maior parte dos casos, os analistas estão mais concentrados em large caps e, por isso, ter um material completo e atualizado sobre cada small caps é difícil. 

    Para tentar solucionar essa questão, muitas empresas classificadas como small caps possuem um portal de relacionamento com investidores, com informações simples e claras, que você pode acessar para fazer sua própria análise. 

    Incertezas operacionais

    Como dissemos, em muitos casos, as small caps são empresas novas no mercado.

    Por isso, é difícil ter certeza sobre as suas operações, se são saudáveis e podem crescer rapidamente ou se o caminho aponta para prejuízos, por exemplo.

    Para evitar esse tipo de risco, você deve ficar atento aos dados da empresa e do setor no qual ela atua, incluindo o tamanho do mercado, competidores, administração da companhia e geração de caixa. 

    Como escolher boas small caps para investir em 2020

    small-caps-como-escolher-boas-para-investirConheça os seus planos e objetivos para investir em small caps

    A escolha da melhor ação está diretamente ligada ao perfil do investidor

    Além disso, também se sujeita à sua estratégia no mercado.

    Para tomar sua decisão, a dica é estudar as ações que melhor combinam com seus objetivos.

    Como fazer isso?

    Se você possui planos de curto prazo, o ideal é recorrer à análise técnica de ações. Por outro lado, se o seu objetivo se concentra no longo prazo, a análise fundamentalista é a mais indicada. 

    Análise técnica de ações

    A análise técnica de ações, também chamada de análise gráfica, é a principal metodologia usada pelos investidores com foco no curto prazo, que fazem operações de day trade ou swing trade

    Esse tipo de análise se concentra nas informações disponíveis nos gráficos de preços das ações para determinar quais devem ser os próximos movimentos do papel. 

    Análise fundamentalista de ações

    A análise fundamentalista, por outro lado, é uma ferramenta mais usada pelos investidores que buscam oportunidades no longo prazo. 

    Esse tipo de análise se baseia em informações dos balanços da empresa e em variáveis macroeconômicas internas e externas, além do cenário político, para tentar determinar um valor justo para empresa. 

    Assim, o investidor pode definir se comprar determinado papel é, ou não, uma boa ideia, já que uma das premissas que sustem a análise fundamentalista é de que, no longo prazo, a cotação tende a convergir para o preço justo do papel. 

    Assista ao vídeo abaixo sobre a importância das small caps e dicas exclusivas do time da Rico:

     

    Índice SMLL - Como funciona o Índice Bovespa Small Caps?

    small-caps-indice-SMLL-como-funciona-bovespaDesempenho das small caps possui índice de medição próprio

    O Índice Small Caps da B3, ou apenas SMLL, é um indicador que mede o desempenho médio das ações small caps negociadas na Bolsa.

    Portanto, a carteira teórica do índice é composta pelas principais ações com essas classificação. 

    O Índice SMLL foi criado em 2005 com o objetivo de facilitar o acompanhamento mais seguro sobre as small caps. 

    Além disso, o SMLL permite que se possa fazer comparações entre o desempenho desse tipo de ações e outros segmentos do mercado, como o Ibovespa, por exemplo, que é composto pelas maiores ações da Bolsa

    Como interpretar o gráfico do índice de small caps?

    Interpretar o gráfico do Índice Small Caps não é uma tarefa complicada. 

    Observe:

    small-caps-rico-202010
    Gráfico de evolução do Índice SMLL. Fonte: TradingView. Tela capturada em 11/02/2020.

    Nesse gráfico do SMLL, que traz dados entre fevereiro de 2019 e fevereiro de 2020, a linha azul representa a movimentação do índice ao longo do tempo. 

    Como é possível observar, em maio de 2019, o gráfico iniciou uma trajetória bastante interessante de alta, que vem se mantendo - apesar de algumas quedas. 

    Notícias sobre small caps 2020

    O ano de 2020 começou promissor para os investidores brasileiros que apostam em ações small caps.

    Um pouco menor do que a média das principais companhias do setor, ainda assim, o Índice SMLL teve uma valorização acima do Ibovespa, apresentando uma média de 3,34% no período.

    Apesar de positivos, os resultados recentemente divulgados surpreenderam os especialistas negativamente.

    Ações com as da Arezzo (ARZZ3) e da Minerva (BEEF3), que lideravam as apostas de investidores, tiveram uma rentabilidade aquém do esperado – 1,19% e 1,49%, respectivamente.

    O destaque nesse começo do ano ficou por conta da Randon (RAPT4).

    No período, a fabricante de carrocerias teve o melhor resultado dentre as small caps, com uma valorização de 9,19%.

    Conclusão

    small-caps-conclusao

    Não somente de grandes companhias vive a Bolsa de Valores. 

    Existem muitas ações de empresas menores. São as small caps, que podem ser uma ótimas opção de investimento. 

    Elas indicam empresas com menor valor de mercado, que ainda estão começando suas operações ou que já são consolidadas, mas atuam em setores menores da economia. 

    Em geral, possuem uma volatilidade maior, o que expõe o investidor a riscos mais altos. Em contrapartida, as possibilidades de ganhos também são maiores do que nas large caps.

    A Rico pode ter a solução ideal para você que quer investir em small caps.

    Abra sua conta e conheça a nossa carteira recomendada!

    Gerenciada pelos analistas Thiago Salomão e Matheus Soares, a carteira recomendada de small caps da Rico tem desempenho superior: entre março e dezembro de 2019,  por exemplo, rendeu 107,2%, enquanto o Ibovespa subiu 22,26 e o Índice SMLL 53,16%.

    Siga investindo em conhecimento, acompanhando indicadores, estudando as ações e o mercado.

    Você também pode se interessar por estes artigos:

    Se restou alguma dúvida, deixe um comentário.

    Obrigado por ler até aqui!

    Nova call to action

    Topics: Renda Variável/Mercado de ações