{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Os Riscos de Investir em Ações e Dica de Especialista Para Minimizá-los

    by Equipe Rico | 10 de Junho, 2019

    risco investir acoes

    O risco de investir em ações é um fator real. Ele existe.

    Entretanto, o risco pode ser maior ou menor de acordo com suas decisões e conhecimento sobre a Bolsa de Valores e as empresas listadas. E também de acordo com a forma como você decide investir.

    É comum evitar a entrada na Bolsa de Valores por acreditar que o risco de investir em ações é muito grande. E isso é uma pena porque você pode estar deixando muito dinheiro "em cima da mesa" . 

    O primeiro passo para você entender o risco é quebrar o mito abaixo. 

    Você pode ser um investidor considerado conservador e mesmo assim investir na Bolsa de Valores.

    O importante, nesse caso, é você investir uma pequena parcela do seu patrimônio.

    Esse pode ser um ótimo momento para entrar no mercado. O CDI (referência de rendimento da renda fixa) está em sua mínima histórica e o Ibovespa está batendo recordes de valorização (índice que mede a performance média das ações mais negociadas).

    E se a reforma da previdência for aprovada sem ser muito diluída, você vai desejar estar bem posicionado no mercado.

    Veja o que você vai aprender neste artigo:

    • Riscos de Investir em Ações e Como Minimizá-los
    • Riscos x Vantagens de Investir em Ações
    • Como a Rico Pode Ajudar a Diminuir os Riscos do Investimento em Ações?
    • O que é Preciso Saber Antes de Investir em Ações?
    • Exemplo Prático de Como Minimizar Risco de Investir em Ação - Dicas de Especialista
    • Como Escolher as Melhores Ações para Comprar

    Boa leitura!

    2 Riscos de Investir em Ações e Como Minimizá-los

    risco investir acoes minimizar

    O risco de investir em ações depende de você

    A Bolsa de Valores, caso você não tenha investido ainda, é um ambiente organizado pela B3 onde investidores negociam ações. Ao adquirir uma ação de uma empresa, por exemplo, você se tornará uma pequeno sócio dela.

    Sim, você pode ser sócio de grandes empresas, mesmo investindo pouco!

    Então, qual é o risco da empresa quebrar e você perder 100% do seu dinheiro? Isso vai depender do histórico de cada empresa, do cenário econômico, e diversos outros fatores. Por isso, para reduzir o risco é importante que você estude sobre a empresa que está investindo. 

    Quanto maior, mais lucrativa e organizada uma empresa é, tende a ser mais seguro investir nela. Lembre-se: o risco de investir em ações é praticamente o mesmo de investir em empresas, principalmente se você o faz pensando a longo prazo.

    Mas assim como sócio de um negócio, de qualquer tamanho, você pode ter prejuízo - não existem garantias. 

    - Rendimento variável e sem garantia

    Sobre isso, um dos nossos analistas aqui na Rico, o Thiago Salomão, recomenda:

    "O primeiro risco da renda variável é o de perder. Na renda fixa, você tem a garantia de ganhar. É possível minimizar fazendo uma seleção das ações mais defensivas, sólidas, com resultados consistentes, boa governança corporativa e transparência com o mercado. Pense sempre com a cabeça de sócio. Você seria sócio dessa empresa?"

    Portanto, existe uma tendência natural no mercado.

    Quanto mais risco, mais volatilidade e assim você pode ter uma rentabilidade alta ou uma perda alta. Quanto menor o risco, menor será a sua rentabilidade.

    Um dos grandes erros de iniciantes é entrar no mercado de renda variável com mentalidade de renda fixa. 

    Não existem garantias. Então, cabe a você escolher arriscar menos investindo em empresas que você tenha estudado sobre.

    Por exemplo, é pouco provável que uma ação blue chip, que representa uma empresa grande, consiga dobrar de valor em alguns anos.

    No entanto, uma small cap (ação com menor volume negociado) pode sim dobrar de tamanho várias vezes - assim como perder 50% de valor rapidamente.

    O indicado então é formar uma carteira equilibrada com uma parcela menor (de acordo com seu apetite a risco) em small caps e o restante em ações mais consolidadas.  

    - Risco sistêmico

    Esse é outro risco que deve ser levado em consideração. Normalmente, o risco sistêmico é quase impossível de prever.

    Por exemplo, a crise do subprime em 2007 derrubou o mercado global. Pouquíssimas pessoas viram ela chegando e se prepararam. 

    Assim, por causa desse risco, você deve estar disposto a perder valor no curto prazo. E claro, nada impede que você tenha alguns seguros em sua carteira de ações. Por exemplo, algumas empresas são valorizadas em eventos assim, como a exportadora de celulose Suzano.

    Isso acontece porque quando há desconfiança no mercado, o dólar sobe.

    O nosso analista Thiago Salomão afirma que:

    "O risco sistêmico que afeta o mercado como um todo deve ser considerado. Não tem como fugir disso, como aconteceu no Joesley Day."

    Ou seja, existe o risco da economia sofrer tombos por conta de eventos externos ou internos, mas eles são imprevisíveis e no longo prazo, a rentabilidade costuma recompensar.

    Por isso, nunca invista na Bolsa o que não está disposto a arriscar.

    Nova call to action

    Riscos x Vantagens de Investir em Ações

    Os brasileiros, no geral, ainda estão aprendendo a investir. Recentemente, batemos a marca de 1 milhão de investidores cadastrados na Bolsa de Valores, depois de quase uma década na casa dos 600 mil investidores. É um número histórico, porém é pequeno ainda tendo em vista o nosso potencial.

    Apenas 0,5% da população investe em renda variável. Isso acontece porque temos uma cultura que não se dá bem com riscos - herança da época de hiperinflação. O costume é investir na poupança e ter uma rentabilidade que pode estar até abaixo da inflação.

    Isso fica claro ao saber que existem mais de 62,5 milhões de contas na poupança, que representam 85% dos brasileiros que investem. 

    Nos EUA, mais da metade da população investe em renda variável. Na Ásia e na Europa, de 20 a 30% dos habitantes são investidores de renda variável.

    Hoje, a economia nacional está com uma tendência positiva, a renda fixa está rendendo pouco, é possível que aconteça uma reforma da previdência eficaz. Tudo isso aumenta a atratividade da Bolsa.

    Ao entender o risco de investir em ações, você terá muitas vantagens que o investidor exclusivo de renda fixa não tem, como por exemplo:

    • Receber dividendos (parte do lucro das empresas que são distribuídos pelo menos uma vez ao ano)
    • Ter mais opções isentas de IR, como os FIIs
    • Adquirir índices como o Ibovespa, Ifix e outros
    • Apostar tanto na alta quanto na queda do mercado
    • Se expor a riscos de segmentos específicos da economia, como varejo, mineração, tecnologia, financeiro e etc
    • Ser sócio de grandes empresas com pouco dinheiro
    • E claro: ter uma perspectiva de lucro muito mais alta do que na renda fixa

    Nova call to action

    Como a Rico Pode Ajudar a Diminuir os Riscos do Investimento em Ações?

    risco-investir-acoes-rico

    Nós podemos ajudá-lo a começar arriscando pouco

    O risco de investir em ações pode ser minimizado se você contar com o apoio de profissionais, como os clientes da Rico contam.

    Você não precisa ter dor de cabeça ao investir. Essa pode ser uma experiência positiva e satisfatória.

    Você também não precisa ser um investidor muito experiente, ter muito dinheiro ou fazer algum curso completo para aprender a investir em renda variável.

    No começo, o mais recomendado é que você tenha ajuda, como o Thiago Salomão comenta abaixo:

    "Temos uma equipe de análise que monta diferentes tipos de carteira de ações para diferentes tipos de investidores. Tem a equipe fundamentalista que monta a carteira Rico Premium, com objetivo a médio e longo prazo, sem deixar de aproveitar algumas oportunidades de curto prazo. Tem a carteira Rico Dividendos, que investe em empresas com foco maior em distribuir dividendos aos acionistas. Essas empresas são sólidas, com lucro crescente.

    E tem as ações acompanhadas pelos analistas técnicos. Fazemos recomendações pontuais de dias a no máximo semanas, para buscar um ganho rápido de curto prazo."

    Saiba mais sobre os nossos serviços abaixo:

    - Carteira de ação Rico Premium

    A Carteira Rico Premium é um conjunto de indicações de ações que podem entregar um retorno absoluto (ganho acima da inflação) e superior ao Ibovespa no longo prazo.

    Ela utiliza da análise fundamentalista para a seleção de ativos. Veja a performance nos últimos 3 anos:

     PERFORMANCE DA CARTEIRA
      2016 2017 2018 Acum.
    Carteira 45,67% 26,14% 31,42% 141,49%
    Ibovespa 38,10% 27,02% 13,95% 109,16%
    dif (em p.p.) 7,57% -0,88% 17,47% 32,32%

    Essa carteira é ótima para longo prazo. Ela é realizada pelos nossos especialistas :Thiago Salomão, (CNPI EM 1399) e Matheus Soares (CNPI EM 1969).

    - Carteira Rico Dividendos

    Nesta carteira, o objetivo é ter ações que são 'vacas leiteiras', ou seja, além das ações terem a possibilidade de lucro pela sua valorização, elas distribuem mais lucro do que outras empresas.

    Então, sempre buscaremos empresas de excelente qualidade, com vantagens competitivas
    dentro de um setor resiliente, e que por isso, conseguem distribuir boa parte do lucro via dividendos aos acionistas

    A Carteira Rico Dividendos teve performance positiva de 2,31% em abril, superando em 1,33 ponto
    percentual o desempenho do Ibovespa (0,98%).

    - Ações acompanhadas pelos analistas gráficos - Curto prazo

    Se você é mais agressivo, o ideal é que aproveite as recomendações de ações individuais dos nossos analistas.

    Isso acontece o tempo todo na InvesTV, onde eles acompanham ponto a ponto o mercado, dando boas dicas de trading.

    Dentro do home broker, você também pode receber recomendações de trading. Mas lembre-se: a responsabilidade pelos seus investimentos sempre será sua.

    Exemplo Prático de Como Minimizar Risco de Investir em Ação

    risco-investir-acoes-risk

    Estar preparado é a melhor forma de minimizar risco

    Muitas pessoas tentam adivinhar os movimentos do mercado. Isso é completamente errado. Por mais que você consiga prever pontos de resistência ou suporte, a renda variável é imprevisível.

    Mesmo que você acerta uma vez ou duas, é complicado fazer esse tipo de investimento com consistência. Por isso, o segredo é estar preparado para todos os eventos possíveis.

    Segundo Thiago Salomão:

    "O grande risco do mercado hoje é a aprovação ou não da reforma da previdência. Se for aprovada, pode trazer um crescimento muito forte e muito rápido para a economia via retomada de investimentos e melhora da expectativa.

    Se não for aprovada, podemos entrar numa espiral negativa com alta de juros, fuga de investimentos. São dois eventos binários e antagônicos. Ambos podem gerar um impacto muito forte, seja para cima ou para baixo.

    A maneira de minimizar isso é montando um carteira diversificada com ações que podem se beneficiar num cenário positivo e podem se proteger em um cenário negativo.

    Podem ter ações de empresas que ganham com crescimento da economia, como de infraestrutura, varejo, ligadas à economia doméstica e também empresas ligadas à economia internacional como a Vale, Petrobras e empresas exportadoras como a Suzano.

    O ponto principal é saber a quais os riscos está exposto e a partir disso montar uma carteira com os mesmos ativos para o cenário positivo e negativo. O que muda é a quantidade de investimento em cada ação."

    Nova call to action

    - Diversifique sua carteira hoje mesmo

    Somente com a diversificação de investimentos você estará preparado para diferentes eventos da economia, e ainda sair no lucro.

    No entanto, mesmo assim, é possível ter perdas no curto prazo ao investir em ações. Não esqueça que o seu objetivo na renda variável deve ser a longo prazo.

    Para isso, você deve investir também em renda fixa, com CDBs, Tesouro Direto e outros ativos.

    Conclusão

    risco investir em acoes

    Pronto para gerenciar o risco de investir em ações?

    Aproveite as dicas do nosso analista, Thiago Salomão.

    A melhor maneira de minimizar riscos pode ser contar com recomendações de ações e carteiras preparadas. 

    Isso você encontra aqui na Rico.

    Mesmo com suporte, fique atento à renda variável e invista apenas se estiver pronto para ver sua aplicação oscilar.

    Continue aprendendo com estes outros artigos:

    Este é considerado um ótimo momento para entrar no mercado financeiro e conseguir bons rendimentos. 

    O risco pode ser uma coisa boa se você souber gerenciá-lo.

    Bons investimentos!

    Nova call to action

    Topics: Renda Variável/Mercado de ações

    Top 5 Posts

    Posts Recentes