{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Qual o Melhor Rendimento na Renda Fixa em 2018 [Simulador]

    by Rico.com.vc on Junho 1, 2018

    rendimento renda fixa

    Você gostaria de aplicar com alta rentabilidade e baixo risco?

    Hoje, você vai conhecer o rendimento da renda fixa e como aplicar visando as taxas mais atrativas, mas mantendo a maior segurança possível.

    O spoiler para a questão "Qual o melhor rendimento em renda fixa" é: ativos com renda prefixada (como o Tesouro LTN ou CDB's de taxa fixa) e produtos de crédito privado (debêntures e outras).

    Mas, é claro que o melhor rendimento é o que se adequa aos seus objetivos de investimento.  Esse foi o resultado das simulações feitas no dia 14 de maio de 2018. Isso pode mudar conforme oscilações econômicas.

    Caso você ainda não saiba o que é renda fixa, aqui está a resposta de maneira resumida: é uma categoria de investimentos que possui um rendimento previsível.

    Isso não quer dizer que o retorno da renda fixa seja sempre fixo, mas significa que ele vai oscilar de uma forma esperada.

    Isso quer dizer que você sabe qual o rendimento esperado do investimento antes mesmo de aplicar. Se ele rende a taxa Selic, mesmo que o índice varie, ele vai seguir a variação.

    Caso renda uma porcentagem do CDI ou do IPCA (inflação), o seu investimento renderá de forma esperada, de acordo com a referência. Não existem surpresas.

    O rendimento da renda fixa funciona de forma diferente que o da renda variável. Mas esse e diversos outros detalhes você verá a seguir.

    Se tiver qualquer dúvida, deixe o seu comentário no final da página.

    Boa leitura!

    O Que é Investimento em Renda Fixa

    rendimento renda fixa o que e

    A renda fixa é a categoria de investimentos mais previsível do mercado

    Como dito, a renda fixa tem uma rentabilidade previsível. Você sabe como o rendimento da renda fixa vai se comportar no momento em que investe.

    É totalmente diferente da renda variável. Normalmente, neste outro mercado, o rendimento dos papéis depende da precificação do mercado.

    Ou seja, da compra e venda dos ativos. E existem inúmeros fatores que afetam essa cotação dada pelo mercado. 

    Política, economia, sociedade, resultados das empresas, economias internacionais e diversos outros fatores desconhecidos que podem derrubar o preço de uma cotação.

    No entanto, a regra do risco vale para a renda fixa e a variável. Quanto mais arriscada uma operação for, mais ela pode render.

    Veja onde estão os investimentos de renda fixa e variável de acordo com o risco e rentabilidade neste gráfico:

    rendimento renda fixa grafico

    Percebe como a renda fixa possui menos risco e assim, menos rentabilidade em relação à renda variável? 

    Poupança é Renda Fixa?

    A poupança possui um rendimento de renda fixa. Mas como visto no gráfico, ela está na escala mais baixa de rendimento em comparação a outros ativos da categoria.

    O Tesouro Direto possui o mesmo nível de risco, mas muito mais rentabilidade. Por isso, ele é uma das estrelas da renda fixa porque é o substituto imediato da poupança.

    CDI, Selic e IPCA - Como os Índices Impactam na Rentabilidade da Renda Fixa?

    rendimento renda fixa indices

    Conheça os principais índices econômicos e seus impactos na renda fixa

    Esses três índices exercem forte impacto na renda fixa e claro, na economia como um todo. Primeiro, você precisa entender o que eles são e como são definidos.

    O que é CDI

    O CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é o principal índice de referência da renda fixa. Sabemos que um investimento rende bem ou mal comparando o resultado com o CDI.

    Esse índice é utilizado nos empréstimos realizados entre os bancos. Mas por que um banco precisaria de empréstimo?

    Toda organização bancária é obrigada por lei a 'fechar' o dia com fluxo de caixa positivo. Caso algum dia haja mais saques do que depósitos, eles adquirem esses títulos para compensar.

    A taxa média dos CDIs em um dia é o padrão para o 'custo do dinheiro' em todos os tipos de empréstimos.

    Assista ao vídeo abaixo para entender melhor:

     

     

    O que é Selic

    A Selic é a taxa básica de juros - ela também serve para saber o 'preço do dinheiro'.  No entanto, esse índice é definido pelo Banco Central. A sigla é a abreviação de Sistema Especial de Liquidação e Custódia

    Ela segue o CDI de perto. Como essa é uma taxa que serve de alicerce na economia, todo corte, aumento ou manutenção tem um rigoroso e transparente processo padronizado pelo COPOM

    O que é IPCA

    Outro índice que deve ser acompanhado de perto é a inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor). Essa taxa é o reflexo do 'custo para viver no Brasil'. Ela é calculada mensalmente pelo IBGE e mede o poder de compra do dinheiro. 

    Em todo investimento, você deve descontar o IPCA para saber qual é a rentabilidade real.

    Todos esses investimentos são vitais à renda fixa. Principalmente para os títulos que possuem rendimento que derivam deles.

    Como Calcular Qual o Melhor Rendimento na Renda Fixa 2018

    Como dito anteriormente, os três principais índices (CDI, Selic e IPCA) são fundamentais na renda fixa porque muitos títulos são atrelados a eles.

    Veja as categorias de rendimento e seus exemplos para entender como cada um funciona:

    Prefixados

    Este investimento possui uma taxa fixa do ínicio ao fim do investimento. Por exemplo, 10% ao ano. Este investimento não muda de acordo com nenhum índice.

    O Tesouro LTN (prefixado) é um dos principais títulos prefixados da renda fixa.

    Pós-fixados

    Eles derivam de índices como o CDI e a Selic. Por exemplo, um CDB pode render 120% do CDI. Neste caso, a rentabilidade vai oscilar de acordo com o CDI e a performance da economia.

    Híbridos

    Os híbridos são os que utilizam o IPCA como referência somado a uma rentabilidade fixa. Por exemplo, o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2024. Ele está cotado atualmente (14/5/18) em 4,74% + IPCA. 

    Então, qual desses tipos de rendimentos é melhor? A resposta: depende. 

    Principalmente de qual é o seu objetivo de investimento. Se por acaso é guardar dinheiro para emergências, você deve optar por investimentos de curto prazo (com liquidez diária).

    Neste caso, os pós-fixados como o Tesouro Selic ou CDB´s com liquidez diária são boas opções.

    Para saber de fato qual investimento rende mais, não existe melhor comparação do que simular eles em uma plataforma como a da Rico.

    Esse ambiente só está disponível para clientes Rico. Mas calma, você pode se tornar um  agora mesmo.

    Veja a seguir os melhores rendimentos da renda fixa.

    Simulador de Renda Fixa 2018

    simula rendimento renda fixa

    Utilize nossa plataforma para simular o rendimento da renda fixa

    Existem algumas lógicas de investimento básicas que tendem a se manter em todos os produtos. Veja a seguir:

    1. Quanto maior o prazo de vencimento (mais tempo investido), maior o rendimento
    2. Quanto mais liquidez (liberdade para resgate antecipado), menos rendimento
    3. Quanto mais risco, mais rendimento

    Assim, você deve escolher os investimentos não apenas de acordo com o rendimento na renda fixa, mas também de acordo com suas características básicas, de preferência de acordo com uma estratégia de investimentos.

    Veja algumas comparações feitas em nosso simulador:

    Tesouro IPCA ou Tesouro Prefixado

    Ambos rendem mais que o Tesouro Selic (ele é um ativo de curto prazo). Mas qual rende mais atualmente?

    simula-tesouro-direto-rendimento-renda-fixa

    simula-tesouro-direto-rendimento-renda-fixa2

    Simulação realizada dia 14/5/2018 na Rico.com.vc

    Neste caso, o prefixado rendeu mais, pois existe uma tendência que a inflação e a Selic sigam em tendência de baixa.

    CDB Prefixado ou CDB Híbrido

    Nesta comparação, vamos rever a simulação passada, mas com títulos de bancos: os CDB´s.

    simula-rendimento-renda-fixa-5

    simula-rendimento-renda-fixa-6

    Simulação realizada dia 14/5/2018 na Rico.com.vc

    Nesta simulação, o CDB prefixado venceu, assim como o Tesouro Prefixado. E o CDB teve rendimento superior ao Tesouro Direto, da última simulação. Isso se deve a alguns motivos. 

    O emissor é o Banco BMG S.A. que possui maior risco de crédito que o Banco Central. Mesmo assim, ele é garantido pelo FGC até R$ 250.000 investidos. Ou seja, o risco é baixo pois sua classificação é BAA3 pelo Moodys.

    O segundo motivo é que possui uma aplicação mínima bem maior: R$ 5.000.

    LC ou LCA

    Agora é o momento de vermos o rendimento de um investimento isento de impostos e um 100% pós-fixado - ambos são os mais rentáveis em suas categorias (na data de simulação).

    simula-rendimento-renda-fixa-3

    simula-rendimento-renda-fixa-4

    Simulação realizada dia 14/5/2018 na Rico.com.vc

    Mesmo com o desconto de R$ 249,59 de Imposto de Renda, a LC teve um rendimento superior. É a prova de que você deve sempre simular seus investimentos. O desconto de impostos não foi capaz de superar a rentabilidade da Letra de Câmbio.

    Tipos de Investimentos de Renda Fixa

    Existem diversos tipos de investimentos na renda fixa. Conheça os mais populares a seguir:

    Estes são os mais convervadores e populares na Rico. Depois, temos os investimentos com maior risco (e maior rendimento). Em geral, eles rendem mais, pois são títulos de crédito privado.

    Ou seja, são emitidos por empresas em vez de bancos, financeiras ou o próprio Governo. Acompanhe a lista:

    Este último item não é apenas um investimento. Apesar de você fazer apenas uma aplicação, o dinheiro é destinado a uma gestora de capital que escolhe onde ele será aplicado, seguindo uma estratégia financeira predefinida.

    Prazos de Investimentos de Renda Fixa

    O prazo de investimento é tão importante quanto o rendimento. Você deve escolher ele de forma consciente, de acordo com suas disponibilidades.

    De nada adianta ter um investimento de ótimo rendimento para 5 anos se você vai precisar dele em 2018. Por isso, sempre se comprometa com prazos que pode cumprir até o final.

    Na renda fixa, existem inúmeras opções para curto, médio e longo prazo. Começando com 1 dia, passando por 90 dias e diversos outros prazos, até 1826 dias.

    Pode resgatar o título antes do vencimento?

    Você pode resgatar o título antes do vencimento, mas se ele não tiver liquidez, provavelmente terá desconto no rendimento.

    Por isso, prefira investimentos com boa liquidez caso saiba que possa precisar do dinheiro antes da hora.

    Liquidez das Aplicações de Renda Fixa

    Nem todo investimento em renda fixa é de longo prazo. Muitos possuem boa liquidez para resgates ágeis (e antecipados).

    Os três mais indicados na Rico são:

    • Tesouro Selic
    • CDB com liquidez diária
    • Fundos de Renda Fixa com liquidez diária

    Fique atento ao escolher o CDB e o Fundo de Investimento, existem opções que não possuem boa liquidez.

    Comece Agora a Investir em Renda Fixa

    Veja o guia passo a passo a seguir para se tornar cliente Rico e investidor da renda fixa:

    1. Crie a sua conta

    Esse é o primeiro passo. É grátis e online. Bastam alguns minutos. Você só precisa clicar aqui e inserir os seus dados. Em alguns dias, a sua conta é liberada para começar a investir.

    2. Faça a transferência

    Depois de aprovada, você deve transferir via TED da sua conta-corrente (precisa ser do mesmo titular) para sua conta na Rico.

    Pode ficar tranquilo!

    A segurança da sua conta da Rico é similar a do seu internet banking. Esse é o valor que vai ser investido posteriormente.

    3. Escolha o investimento e aplique

    Agora você pode fazer uso da Investv (nossa TV online com educadores financeiros), blog e YouTube para escolher os seus investimentos.

    Se nunca aplicou, nossa dica é investir no Tesouro Selic que tem liquidez diária (pode sacar quando quiser sem penalidade de rendimento).

    Conclusãorendimento renda fixa conclusao

    Pronto para investir nas melhores opções da renda em 2018?

    Como vimos, o rendimento da renda fixa em 2018 depende de uma série de fatores.

    Ele varia de acordo com índices da economia (CDI, Selic e/ou IPCA) e características como risco do emissor, prazo de investimento, entre outros.

    O mais importante é que você saiba formar a sua carteira de investimentos de acordo com seu perfil de investidor, preferindo o produto de renda fixa de acordo com suas características e suas necessidades pessoais.

    Esse é o caminho para construir um patrimônio crescente e duradouro. Então, comece hoje mesmo. Crie a sua conta na Rico para fazer parte do grupo de pessoas que investem com inteligência.

    Aqui na Rico, você sempre terá os melhores produtos da renda fixa à sua disposição para análise, simulação e investimento. 

    Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário logo abaixo.

    Se quiser aprender mais sobre renda fixa, leia esses outros artigos a seguir:

    Abrir-Conta-Rico-Investimentos

    Topics: Renda Fixa

    Top 5 Posts

    Posts Recentes