{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Renda Variável ou Renda fixa: O que é Melhor

    by Rico.com.vc on Março 19, 2018

    renda variavel ou renda fixa

    Descubra o que é mais rentável e qual é mais indicada para você: renda fixa ou renda variável?

    Renda variável ou renda fixa? Muitos investidores que estão começando têm essa dúvida.

    O que de fato é renda variável? O que é mais recomendado para cada perfil de investidor?

    Afinal, a renda variável, como prioridade na carteira, não é para qualquer tipo de investidor.

    Neste texto, vamos explicar os detalhes de cada um desses investimentos e qual se adequará melhor ao seu perfil de investidor.

    Fique atento às nossas dicas e comente no final da página se tiver alguma dúvida.

    Boa leitura!


    Entenda o Significado de Renda Variável

    renda variavel o que e

    Renda variável é uma categoria de investimentos mais dinâmicos.

    Provavelmente você já deve conhecer a categoria renda fixa, não é mesmo? Ela é bem simples e é caracterizada por ter investimentos com retorno previsível. No momento da compra, sabe-se como que a aplicação vai se comportar.

    O investimento em renda fixa pode ser prefixado. Assim a taxa de juros é contratada no momento da compra e não varia. Também pode ser pós-fixado, atrelado a algum indexador, como o CDI e IPCA.

    Esse é considerado um investimento conservador e muito seguro. A maioria dos investimentos em renda fixa possui a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até R$ 250.000 por CPF e instituição financeira.

    Em resumo, você possui uma espécie de seguro, que garante o retorno completo do seu capital e rentabilidade, independente do banco emissor do título de renda fixa. 

    Debêntures é renda fixa ou variável? Poupança é renda fixa ou variável? Veja alguns exemplos de investimentos de renda fixa:

    Nos investimentos em renda variável, ocorre o oposto. No momento da aplicação, você não tem uma ideia concreta de quanto será a rentabilidade do investimento. Assim, a renda variável possui um rendimento imprevisível.

    A renda variável é uma categoria de investimentos que embute maior oscilação. Eles podem performar até de forma negativa a curto prazo. No dia a dia do mercado, quanto maior a oscilação, maior a possibilidade de ganhos significativos.

    Assim, esse tipo de aplicação é recomendável para investidores mais agressivos que suportam variações em seu capital no curto prazo. E claro, que possuam experiência e conhecimento técnico.

    Fundo de investimento é renda fixa ou variável? Veja alguns exemplos de aplicações de renda variável:

    Continue lendo para saber qual é a melhor opção para você.


    Vale a Pena Investir no Mercado de Renda Variável em 2018? Veja Exemplos

    renda variavel ou renda fixa 2018

    Descubra se a renda variável em 2018 vale a pena.

    O ano de 2017 foi muito bom e este começo de 2018 tem sido ótimo para a Bolsa de Valores.

    Claro, importante olharmos o fatídico dia 18 de maio do ano passado.

    Naquele dia, o índice que registra a performance do mercado registrou tombo de 10,47%. Você pode saber tudo sobre esse dia no artigo que preparamos para você.

    Com um escândalo político envolvendo o Governo, a desconfiança tomou conta da Bolsa de Valores fazendo as ações despencarem enquanto o dólar disparou. Imagine que você tem R$ 100.000 aplicado em empresas nacionais.

    E em apenas um dia o seu dinheiro perde 10,47% de valor, um total de R$ 10.470. Seria muito ruim, não é mesmo? Milhares de investidores passaram por isso.

    A verdade é que, quem não consultou um especialista teve algum prejuízo, diferente dos investidores da Rico que foram aconselhados a evitar a troca de posições nesse dia.

    Afinal, você só perde quando vende algo por menos do que comprou. Enquanto não vender, não existe prejuízo. E nesse caso, o cenário político não tinha nenhum desfecho previsto. Nesse caso, o recomendado foi esperar a poeira baixar.

    Se quiser ter dicas preciosas no dia a dia de operações, torne-se um investidor da Rico e participe das salas de aulas ao vivo no InvesTV.

    Enfim, todo investidor que entra na BM&FBovespa, ou então compra cotas de fundos de investimentos de ações, precisa possuir um perfil com gosto ao risco.

    Esse tipo de acontecimento inesperado acontece e pode mudar o jogo de uma hora para outra. 

    Mas o mercado de renda variável está em uma tendência positiva?

    Se essa pergunta fosse feita antes do escândalo, a resposta seria que sim. A taxa básica de juros (Selic) e a inflação estavam (e estão) caindo, enquanto a economia e até empregos estavam (e estão) crescendo.

    A crise foi severa e a recuperação será gradual. No entanto, depois desse caso político, fica claro perceber o quão difícil é prever a oscilação dos investimentos em renda variável.

    Tudo depende da troca de poder, se as reformas passarão, se novos casos de corrupção surgirão.

    No entanto, mesmo nesse cenário, é possível faturar. Para isso, você precisa de certa habilidade e experiência para escolher estratégias que resultem em operações vitoriosas.

    Os melhores traders (operadores) gostam de momentos de extrema oscilação. Como vimos, quanto maior o risco, maior são as chances de ganho. Grandes gênios fizeram fortuna dessa maneira.

    Vantagens e Desvantagens das Operações de Renda Variável

    As vantagens são muitas. É muito acessível, todos podem operar. Basta possuir internet razoável e uma corretora de confiança. Então, o seu dinheiro vai obedecer exatamente às suas ordens.

    Quase todas as desvantagens da renda variável podem ser encaradas como vantagens, dependendo do seu ponto de vista. Por exemplo, a alta oscilação é negativa se você for conservador.

    No entanto, se o seu perfil é agressivo, provavelmente você verá oportunidades nessas variações.

    Assim como o lucro que é esperado para o longo prazo pode ser ruim para objetivos imediatos. Para um investidor consciente, aplicar para longo prazo é construir um patrimônio.

    Os altos riscos são uma desvantagem para aqueles que não os conhecem ou não possuem as técnicas corretas para operar. Todavia, para investidores experientes que controlam os riscos e diversificam os investimentos, eles são um ingrediente fundamental.


    Renda Variável e Renda Fixa: Diferenças

    renda variavel ou renda fixa diferencas

    Cada tipo de investimento é recomendado para um tipo de investidor.

    Uma das regras mais importantes no mercado financeiro é ser fiel a si mesmo e a seus objetivos.

    Então, se você é conservador, priorize investimentos conservadores. Se você é agressivo, priorize investimentos mais agressivos.

    Não significa que é preciso aplicar 100% em ações ou então 100% em Tesouro Direto. Significa que no balanço da sua carteira de investimentos, você vai expor uma parcela maior ou menor do seu capital a certa categoria de investimentos.

    Veja a seguir as principais diferenças entre renda variável e renda fixa:

    Renda Fixa Renda Variável
    Retorno Previsível Retorno Imprevisível
    Baixo risco Alto risco
    Menor potencial de retorno Maior potencial de retorno
    Exige poucas horas de estudo Exige longas horas de estudo
    Poucas opções de investimento Variedade de empresas em diferentes setores
    Indicado para conservadores Indicado para investidores agressivos
    Garantia do dinheiro pelo FGC (na maioria dos casos)

    Sem garantias

    Investimento simples com poucas variáveis Investimento complexo com muitas variáveis (BM&FBovespa)
    Retorno medido pelo CDI Retorno medido pelo Ibovespa

    Você não precisa escolher entre um ou outro. É possível ter os dois tipos de renda em sua carteira.

    É assim que os investidores experientes fazem. Eles mantêm uma reserva de emergência na renda fixa como segurança e então diversificam os investimentos de acordo com seus objetivos e rentabilidade desejada.

    Por isso, muito investidores separam uma pequena parcela do patrimônio para investir em renda variável. É possível diversificar tanto em fundo multimercado, como também em fundos de ações.

    Você sente que a renda variável ainda não é para você? Então, confira esse vídeo explicativo sobre renda fixa:

     

     


    O Que São e Como Funcionam os Indexadores

    renda variavel ou renda fixa indexadores

    Como medir a rentabilidade da renda variável e da renda fixa.

    Falar em renda variável ou fixa é como juntar dois mundos diferentes. Cada um funciona de uma forma, segundo suas próprias regras. Por isso, não é recomendável comparar os dois com os mesmos parâmetros.

    Afinal, cada um tem a sua finalidade específica. Veja a seguir como funcionam os indexadores desses investimentos:

    CDI

    Esse é o Certificado de Depósito Interbancário. A taxa média cobrada entre os bancos para empréstimos diários. Por lei, eles precisam fechar o dia com caixa positivo, a taxa cobrada entre eles é o CDI.

    Essa mesma taxa é que baseia todos os investimentos da renda fixa e ela segue de perto a taxa Selic.

    Por exemplo, se um CDB rende 110% do CDI, significa que ele rende a taxa Selic integralmente e mais 10%.

    IPCA

    Alguns investimentos de renda fixa são atrelados ao IPCA, a taxa da inflação, somada a uma taxa fixada (prêmio). Independente da economia, esse tipo de aplicação garantirá o poder de compra do investidor com o passar dos anos. 

    Ibovespa

    Esse é o principal índice que representa a média das ações mais negociadas na Bolsa de Valores. O objetivo de todo fundo de ações e carteira de ações é superar o Ibovespa.

    As carteiras recomendadas pela Rico, por exemplo, na média, costumam superar o índice.


    Devo Declarar Renda Variável no Imposto de Renda?

    renda variavel ou renda fixa imposto de renda

    Ganhando ou perdendo, ao operar em Bolsa, você deve fazer a declaração.

    Mesmo não se enquadrando em nenhuma das situações de obrigatoriedade, ao ter atividades na Bolsa de Valores, mercadorias e futuros você é obrigado a declarar o Ajuste Anual do Imposto de Renda.

    A sua corretora ou banco não necessariamente informarão seus ganhos e/ou prejuízos no informe de rendimentos. No entanto, elas estão presentes em suas notas de corretagem. Solicite-as à sua corretora.

    O pagamento de alíquota dependerá da sua performance. Se houve lucro de até R$ 20 mil, você é isento. Ao passar disso, deve-se pagar 15% sobre o lucro.

    Saiba mais na tabela abaixo:

    INVESTIMENTO ALÍQUOTA DE IR ONDE INFORMAR
    Ações (ganho de capital acima de R$ 20 mil) / day trade 15% sobre o lucro / 20% no day trade Demonstrativo de Renda Variável
    Fundos de Investimento De 22,5% a 15% (regressiva) Rendimentos Sujeitos a Tributação Exclusiva/Definitiva (linha 6)
    Fundos de Ações 15% sobre o lucro Demonstrativo de Renda Variável

    Saiba tudo sobre como declarar ações no Imposto de Renda neste artigo completo.

    Conclusão - Investir em Renda Fixa ou Variável?

    renda variavel ou renda fixa conclusao

    Pronto para escolher a melhor categoria de investimentos para você?

    Caso ainda esteja em dúvida, faça como a maioria dos investidores: abra uma conta na Rico e invista em Tesouro Direto. Esse é um dos investimentos mais populares da Rico.

    Ele é emitido pelo Tesouro Nacional, assim, é completamente seguro e ainda possui uma rentabilidade muito maior do que a poupança. Inclusive, em 2016, um título do Tesouro valorizou 53% no ano.

    Mais do que muitos papéis de ações. O importante neste momento, caso esteja começando a investir, será criar uma reserva de emergência. Ela deverá equivaler a 6 meses o custo de vida da sua família.

    Como se trata de um fundo para ser utilizado em caso de imprevistos financeiros, a liquidez (período para sacar o dinheiro) precisa ser imediata. Por isso indicamos a todos os iniciantes que apliquem em Tesouro Selic.

    Esse investimento segue a taxa básica de juros e possui liquidez diária. Você pode sacar quando quiser sem perder dinheiro.

    Mesmo que você queira investir em renda variável, é importante ter alguma garantia salva em renda fixa. Então, apesar da renda fixa ser para todos, a variável é apenas para alguns.

    Pergunte a si mesmo: você tem estômago para suportar variações na cotação dos seus investimentos? Pode esperar o retorno positivo a longo prazo? Se quer investir na BM&FBovespa, possui tempo para estudar?

    Veja outros artigos sobre ações em nosso blog:

    As grandes oportunidades estão na Bolsa. Entretanto, caso queira diversificar de maneira mais rápida, é possível comprar ETFs (índices de mercados) ou fundos de ações.

    O primeiro é um fundo passivo. No segundo caso, você estará pagando para uma equipe profissional de gestores cuidarem do seu dinheiro. É um bom negócio.

    Gostou do artigo? Então deixe o seu comentário com elogio ou dúvidas logo abaixo.

    Obrigado por ler até aqui!

    abra-conta-rico-1.png

    Topics: Renda Variável/Mercado de ações

    Top 5 Posts

    Posts Recentes