{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Renda passiva: o que é e como garanti-la no futuro

    by Gloria Maciel on Maio 24, 2016

    Viver de renda passiva é, basicamente, fazer o seu dinheiro trabalhar para você e não ter que dedicar-se demais (em termos de tempo) para que isso aconteça.

    A ideia é criar uma estrutura capaz de “produzir” dinheiro sem muito envolvimento e esforço durante a fase do benefício.

    RICO_BLOG-1.jpg

    A renda passiva, portanto, é aquele dinheiro disponível, com certa regularidade, a partir de algum tipo de investimento que você tenha feito no passado e de forma disciplinada e inteligente.

    Neste tipo de renda, o tempo e o dinheiro serão trabalhados durante muitos anos e com base em uma estratégia de alocação com objetivo de criar um montante de renda capaz de perdurar pelo período determinado/desejado pelo investidor, mesmo diminuindo suas horas de trabalho.

    Não confunda renda passiva com o rendimento de determinada quantia de dinheiro que você recebe apenas uma vez, como uma herança ou o lucro a partir da venda de imóveis ou ações.

    Tenha em mente que viver de renda passiva é ter uma fonte de renda pré-determinada e por um período estabelecido.

    As dúvidas que envolvem a renda passiva passam também por entender os principais meios de obtê-la, cito aqui três deles para análise e reflexão:

    1. Investir em produtos financeiros

    Essa é uma das formas mais conhecidas e indicadas pelos especialistas para quem quer garantir renda passiva. A ideia é contar com o suporte de gestores/administradores e alocar os recursos em produtos que ofereçam rentabilidade a partir de uma determinada estratégia.

    O investimento inicial e os aportes realizados nestes produtos (principalmente fundos) resultam em somas cada vez maiores ao longo do tempo, graças aos juros compostos (juros sobre juros).

    Além disso, nesses métodos é possível investir desde valores pequenos até valores maiores, sendo uma das melhores alternativas para quem tem aquele dinheiro e é organizado para saber o investimento certo para o seu perfil.

    1. Investir em ativos financeiros

    Ativos financeiros são opções de investimento no mercado financeiro que podem ser feitas de forma direta, sem a necessidade de um gestor. Em outras palavras, são escolhas realizadas pelo investidor, que também será responsável pela estratégia (quanto, quando e como comprar e vender).

    Títulos públicos oferecem opções de pagamento de cupons, boas ações costumam pagar excelentes dividendos (ou juros sobre capital próprio) e ativos mais específicos, como os Fundos de Investimento Imobiliário (FII), podem oferecer inclusive isenção de Imposto de Renda.

    Investimentos bem-sucedidos e capazes de gerar renda passiva costumam contar com títulos públicos pós-fixados (Tesouro IPCA), ações de empresas com bom potencial e uma boa e diversificada carteira de imóveis (recomendo conhecer mais sobre FII para isso).

    1. Previdência complementar

    Na previdência complementar, você irá depositar valores mensais e, de acordo o plano que escolher, terá uma renda mensal (por tempo determinado ou não), sem necessitar trabalhar a mais para isso lá na frente.

    Diferente da aposentadoria oficial (Previdência Social), você não precisa atingir uma idade específica (ou calcular um fator) para pedir o resgate do montante e usufruir da renda passiva. O principal no caso da previdência complementar é definir bem o horizonte de tempo, escolher uma boa gestora e prestar atenção às taxas de carregamento e administração.

    O que é necessário para gerar renda passiva?

    A ideia é ser disciplinado nos investimentos durante a vida, realizando aportes mensais cada vez maiores e adequados aos objetivos de longo prazo, para então receber como fruto dessa escolha renda capaz de manter seu padrão de vida sem eliminar o patrimônio acumulado.

    Renda passiva é sinal de independência financeira, e isso só existe e acontece quando o dinheiro é visto como um instrumento de liberdade.

    A hora de começar essa mudança de mentalidade é agora. Bons investimentos!

    *

    Quer saber mais sobre investimentos em Renda Fixa?

    Faça o download gratuito do ebook "Guia Fácil para investimentos em Renda Fixa":

    Ebook gratuito  "Guia de Investimentos em Renda Fixa"

     

    IMG_0951.jpg Conrado Navarro é consultor educacional da Rico.com.vc, idealizador do Dinheirama.com e autor do livro “Dinheiro é um Santo Remédio”, entre outros.

    Topics: Finanças Pessoais

    Top 5 Posts

    Posts Recentes