{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Preço sobre Lucro (P/L): O que é, como calcular e analisar

    by Time da Rico | 22 de Maio, 2020

    preco-sobre-lucro-o-que-e-como-calcular-analisar

    Quem deseja assumir o protagonismo nas decisões de sua carteira de investimentos precisa saber o que é o indicador de Preço sobre Lucro de uma ação.

    Pense junto conosco: opções não faltam ao investir na bolsa de valores, certo?

    Se há tantas empresas com capital aberto, como decidir em quais apostar, esperando a valorização futura de suas ações?

    Como você já deve saber, não há certezas no mundo do investimento em renda variável.

    Com as ferramentas certas, porém, o investidor toma decisões mais embasadas, o que reduz o risco e melhora seus resultados.

    E o Preço sobre Lucro é uma dessas ferramentas. 

    O índice ajuda a analisar o potencial de um ativo na hora de montar a estratégia de investimento.

    Mas isso tudo vamos detalhar ao longo deste artigo. Você vai saber mais sobre os seguintes assuntos:

    • Entenda o que é Preço sobre Lucro (P/L)
    • O que indica o índice P/L de ações?
    • Como calcular o Preço sobre o Lucro? [Exemplo]
    • Como analisar o Preço sobre Lucro de uma ação?
    • Qual o P/L ideal de uma ação?
    • Gráfico do Preço sobre Lucro
    • Cuidados ao analisar Preço sobre Lucro (P/L)
    • Exemplos de P/L de ações na Bovespa.

    Se restar alguma dúvida ao final, é só deixar um comentário.

    Boa leitura!

    Nova call to action

    Entenda o que é Preço sobre Lucro (P/L)

    preco-sobre-lucro-entenda-o-que-e

    Preço sobre Lucro é um indicador que relaciona o valor de mercado de uma ação com o lucro apresentado ou projetado pela empresa em questão.

    Ele também é conhecido pela sigla P/L - já a sigla de Preço sobre Lucro em inglês é P/E, que quer dizer Price / Earnings

    O indicador é calculado dividindo o preço da ação pelo Lucro por Ação (LPA).

    Mais à frente, no tópico "Como calcular o Preço sobre o Lucro? [Exemplo]", ensinaremos a fazer esse cálculo com detalhes e utilizando um exemplo para facilitar a compreensão.

    O Preço sobre Lucro é um dos principais números que os investidores levam em consideração ao analisarem sua carteira de ativos e as futuras operações na bolsa.

    Apesar de toda a popularidade do P/L, é preciso deixar claro que uma análise fundamentalista leva em conta múltiplos fatores, e o indicador que é tema deste artigo é só um deles.

    Nos tópicos seguintes, você vai entender qual é a sua utilidade e como aplicá-lo na prática para analisar seus investimentos.

    RECADO IMPORTANTE: A Rico criou um grupo no Telegram aberto para todos aqueles que querem receber nossas análises de investimento, conteúdo e notícias úteis sobre renda variável. Quer participar? É só clicar aqui e acessar!

    O que indica o índice P/L de ações?

    Agora que você já sabe o que é o índice P/L, chegou a hora de entender por que essa é uma variável tão importante para a análise de uma ação.

    É simples: por relacionar o valor de mercado do ativo com o lucro que a respectiva empresa apresenta, o Preço sobre Lucro indica ao investidor quão disposto o mercado está a pagar pelos resultados da companhia.

    Não ficou claro? Vamos por partes.

    Obter um bom lucro é o grande objetivo de qualquer empresa, certo? 

    Quanto mais, melhor. 

    Indica saúde financeira, clientes satisfeitos, dinheiro em caixa e poder de investimento.

    Já o objetivo do investidor é que o preço pago pelas ações que ele detém suba, pois é dessa variação que ele terá seu rendimento.

    Acontece que a relação entre esses dois objetivos não é direta (isso se não considerarmos os dividendos, diretamente vinculados aos lucros da empresa), pois não é o lucro que determina o preço de uma ação, e sim a oferta e procura por seus ativos.

    Se o investidor analisar apenas o lucro da companhia, portanto, estará olhando para uma métrica que, sozinha, não quer dizer muita coisa.

    Agora, se dividir o preço de uma ação pelo lucro pago por cada ação (dividindo o lucro total pelo número de ações da empresa), obtendo o P/L, ele terá um indicador relevante.

    Pois verá como a oferta e procura por aqueles ativos específicos se relaciona na prática com o resultado do lucro.

    Se o P/L está muito baixo, isso indica uma desproporção entre o interesse nas ações e o lucro que a empresa apresenta.

    O que isso significa, na prática, exige interpretação a partir do contexto. Por exemplo:

    • Pode ser que o mercado não tem confiança na companhia, portanto, é preciso investigar os possíveis motivos
    • Pode ser que é uma ação negligenciada, com boas perspectivas de valorização, portanto uma ótima oportunidade de investimento.

    No caso de um Preço sobre Lucro muito alto, também exige interpretação, mas pode sinalizar uma ação cara demais ou, então, sobre a qual há grande expectativa.

    Por tudo isso, o P/L é uma ferramenta que ajuda o investidor a interpretar o valor de uma ação, que é diferente de seu preço.

    Mas atenção: não é a única. 

    Há outros indicadores, como o Preço sobre Valor Patrimonial da Ação (VPA), ou P/VPA, Preço sobre Vendas P/V e outros, igualmente importantes para uma boa análise.

    Como calcular o Preço sobre o Lucro? [Exemplo]

    preco-sobre-lucro-como-calcular-exemplo

    Não tem mistério algum para calcular o Preço sobre Lucro de uma ação. 

    Como já explicamos antes, basta dividir o preço da ação pelo seu Lucro por Ação.

    A fórmula é esta:

    • P/L = P ÷ LPA

    Sendo P o preço da ação e LPA o Lucro por Ação.

    Já o P/L é o Preço sobre Lucro, a variável que queremos descobrir. 

    Então, precisamos substituir as outras duas variáveis pelos respectivos valores.

    Para saber qual o preço atual e o LPA de uma ação, você pode se cadastrar na Rico e ter acesso a plataformas gratuitas com atualização em tempo real dessas informações.

    Agora, vamos ao exemplo: 

    Imagine que o preço da ação individual da empresa X na bolsa de valores esteja, hoje, em R$ 23.

    Ao dividir o lucro pela quantidade de ações, o LPA resultante é R$ 1,30.

    Se P/L = P ÷ LPA, então:

      • P/L = 23 / 1,30
    • P/L = 17,7

    Como analisar o Preço sobre Lucro de uma ação?

    preco-sobre-lucro-como-analisar-de-uma-acao

    Como já indicamos antes, o Preço sobre o Lucro nunca dá uma resposta definitiva. O resultado do cálculo é sempre passível de interpretação.

    Pois um P/L alto pode indicar uma ação supervalorizada. 

    Veja bem: "pode indicar". Não é sempre o caso.

    Entre as promissoras startups de tecnologia, por exemplo, é comum que o P/L seja alto, pois muitas dessas empresas já são conhecidas antes mesmo de darem lucro.

    O que se espera de uma startup é um crescimento meteórico, por isso que o preço de suas ações é tão alto na comparação com o lucro.

    Nesse caso, teremos um P/L muito elevado, que não necessariamente indica uma ação supervalorizada.

    Por outro lado, se as ações de uma empresa têm o Preço sobre Lucro muito baixo, nem sempre vão indicar uma boa oportunidade de investimento.

    Observe, então, que é preciso sempre levar em conta o contexto. E usar o lucro projetado no cálculo, e não o histórico.

    Na sequência do artigo, no tópico "Cuidados ao analisar Preço sobre Lucro (P/L)", falaremos mais sobre essas e outras dicas.

    O P/L também é um bom indicador para quem quer investir em ações com bom potencial de pagamento de dividendos.

    Afinal, se está projetado um bom lucro na comparação com o preço atual do ativo, não apenas pode ser um indício de que haverá valorização, mas também que a remuneração dos acionistas com os lucros aumentará.

    Qual o P/L ideal de uma ação?

    Com a pandemia do coronavírus, em 2020, estamos no meio de uma crise muito diferente de todas as outras que já encaramos, é difícil ter referências nesse momento.

    Os preços das ações, como você sabe, caíram nas bolsas de valores do mundo todo, o que trouxe os resultados do Preço sobre Lucro para baixo também, mesmo que as perspectivas de lucro também tenham caído.

    Na Bolsa de Valores de São Paulo, os ativos listados no Ibovespa começaram 2020 com um P/L médio em torno de 16.

    No fim de março, o índice já tinha caído para a metade, em cerca de 8 pontos.

    Ainda assim, vale ficar atento à média. 

    Se uma companhia é promissora e tem um P/L abaixo desse benchmark, é possível que seja uma ótima oportunidade para investir.

    Um P/L acima de 8 (ou de qualquer que seja a média no momento em que você está lendo este texto), no entanto, não indica necessariamente um mau investimento.

    Você só precisa analisar se as características da empresa e seu atual momento condizem com o resultado do Preço sobre Lucro.

    Gráfico do Preço sobre Lucro

    É possível fazer um gráfico mostrando a evolução do Preço sobre Lucro no tempo, incluindo também as duas variáveis separadas.

    Ou seja, uma linha com o P/L, outra apenas com o preço da ação e uma terceira com o lucro da empresa.

    Ao fazer isso, o que você vai notar é muito simples: no longo prazo, o preço da ação sempre acompanha o lucro.

    Ou seja, aquela companhia que apresenta bons resultados financeiros com consistência, invariavelmente, acaba atraindo maior atenção dos investidores.

    Isso significa que, então, é o mesmo que apenas avaliar o lucro projetado, contradizendo aquilo que falamos no início do texto? Não exatamente.

    Quando falamos que o lucro não tem uma relação direta com o preço do ativo, é porque não é ele que determina as cifras.

    A relação é indireta e, por isso, há momentos em que essa proporção fica um pouco (ou muito) abaixo ou acima do esperado.

    É para isso que serve o P/L: para identificar esses momentos e fazer uma boa análise sobre que tipo de oportunidade está se apresentando.

    Cuidados ao analisar Preço sobre Lucro (P/L)

    Para completar seu aprendizado, considere mais algumas dicas importantes para ter sempre em conta ao analisar o indicador P/L:

    1. Analise o lucro projetado, não o histórico

    Não faz muito sentido calcular o P/L a partir do lucro que a empresa apresentou no exercício passado, pois o momento agora é outro e nada garante que o resultado será repetido.

    O Preço sobre Lucro indica quanto os investidores estão dispostos a pagar pelos resultados que são projetados.

    2. Avalie o indicador, mas também as métricas

    Ao conferir os indicadores de uma lista de ativos, procurando oportunidades para investir, você vai olhar para o P/L esperando enxergar um número que salte seus olhos.

    Antes de tomar a decisão e comprar uma ação, porém, é importante olhar separadamente para os números que compõem o Preço sobre Lucro.

    Se o P/L está alto, por exemplo, é porque o preço está excessivamente baixo ou porque o lucro está muito menor do que a empresa pode vir a apresentar no futuro?

    Se ele está baixo, será que não é por uma projeção de lucro excessiva em função de um fator externo sazonal que talvez não se repita nos próximos anos?

    3. Comparar com empresas do mesmo setor

    Embora a sugestão de comparar o P/L de uma ação com a média da Ibovespa, melhor ainda é fazer essa comparação dentro de empresas do mesmo setor.

    Uma companhia que produz soluções digitais pode ter um indicador totalmente diferente de uma indústria petroquímica, por exemplo.

    Afinal, elas operam em contextos muito distintos.

    Exemplos de P/L de ações na Bovespa

    preco-sobre-lucro-exemplos-de-acoes-na-bovespa

    Para ver como o Preço sobre Lucro varia de empresa para empresa, confira alguns exemplos de ações do Ibovespa:

    • Ambev - ABEV3: P/L: 16,30
    • Azul - AZUL4: P/L: 7,03
    • Gerdau - GGBR4: P/L: 15,09
    • Itaú Unibanco - ITUB4: P/L: 8,48
    • JBS - JBSS3: P/L: 8,35
    • Localiza - RENT3: P/L: 27,27
    • Magazine Luiza - MGLU3: P/L: 74,07
    • Totvs - TOTS3: P/L: 38,74.

    *Números referentes ao dia 13 de abril de 2020.

    Conclusão

    Esperamos que você tenha entendido o que significa Preço sobre Lucro, o índice P/L.

    É uma forma muito importante de avaliar uma ação, relacionando o seu valor de mercado com o lucro projetado pela empresa.

    Mas não esqueça: o índice, por si só, não quer dizer que aquele investimento é bom ou ruim.

    É preciso fazer uma análise completa, avaliando também o contexto da organização para entender se, no futuro, a expectativa é que realmente suas ações se valorizem.

    Se você gostou do conteúdo, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Caso tenha dúvidas, deixe um comentário abaixo.

    E para investir em ações, escolha a Rico.

    Abra sua conta agora!

    Obrigado por ler até aqui!

    Nova call to action

    Top 5 Posts

    Posts Recentes