{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Melhores Investimentos em 2018 (Mesmo Para Pouco Dinheiro)

    by Rico.com.vc on Outubro 16, 2018

    melhores investimentos 2018

    Você gostaria de saber onde investir para ter mais rentabilidade?

    Conhecer os melhores investimentos de 2018 é o caminho para terminar o ano com mais dinheiro no bolso.

    Você busca tranquilidade para sua família? Quer se dedicar cada vez mais ao seu projeto de viver apenas da bolsa de valores? Busca sua independência financeira e poder viver de renda? Pretende encontrar poucas, mas boas opções de investimentos?

    Pensar nisso é o que difere você da massa de quase 60% de brasileiros endividados. Dinheiro não aceita desaforo e cada movimento com ele é como um jogo de xadrez: é preciso se antecipar.

    Por melhor que seja a capacidade do analista, você precisa estar atento a possíveis surpresas.

    Por 2018 estar sendo um ano de eleição, o cenário econômico, por si só, já é complexo. Como o pleito que vai definir a sucessão da política atual pode ser repleto de escândalos, o cenário pode ganhar contornos épicos.

    É por isso que reunimos os especialistas da Rico para dar as melhores dicas e ajudar você a fazer os melhores investimentos em 2018 e já se planejar para investir em 2019.

    Nesse artigo você vai conferir:

    • Quais são os melhores investimentos em Renda Fixa
    • Melhor ação para 2018 e como montar uma carteira recomendada
    • Panorama do mercado financeiro em 2018 - IPCA, SELIC e CDI
    • Como fazer investimento e como ganhar dinheiro em 2018
    • Melhores Fundos de Investimentos
    • Previsão do Bitcoin para 2018
    • Por que a poupança não é um bom investimento para 2018?

    Se tiver dúvida, deixe o seu comentário com dúvidas ou sugestões no final da página.

    Boa leitura!


    Quais São Os Melhores Investimentos Em 2018

    melhores investimentos 2018 conheca agora

    Será que a renda fixa ainda é um bom investimento para 2018?

    É necessário introduzir todo o contexto político-econômico para que você entenda melhor os motivos para que nossos especialistas indiquem aplicações X ou Y.

    Independente do cenário, a regra mais importante é a diversificação. Seja qual for seu perfil, é preciso ter uma estratégia para ganhos e outra para amenizar riscos. Este é o caminho que a Rico recomenda para uma carteira de sucesso ainda em 2018.

    Os ativos e aplicações financeiras podem variar de acordo com o seu perfil. Em geral, o que caracteriza os melhores investimentos para de cada tipo de investidor é a quantidade de dinheiro para investir e a disposição para assumir riscos.

    Com isso, consultamos os especialistas da Rico e listamos os investimentos mais adequados para cada perfil. Veja quais são as melhores opções para você:

    Melhores investimentos para conservadores

    Tesouro Direto Selic: ideal para ter uma alta liquidez (você poderá solicitar o resgate do seu dinheiro quando precisar e irá recebê-lo em 1 dia útil). É um investimento perfeito para criar uma reserva de emergência, por exemplo. 

    Tesouro Direto IPCA: se pretende ficar até a data de vencimento com o título. A rentabilidade do Tesouro IPCA acompanha a taxa da inflação, e com isso te permite conservar o poder de compra do seu dinheiro.

    LCI ou LCA: ambos pagam um percentual do CDI, taxa sempre muito próxima à Selic. Além disso, não possuem taxas administrativas e nem de Imposto de Renda.

    CDB: em geral, paga um percentual do CDI, taxa sempre muito próxima à taxa Selic. Também não possui taxa administrativa.

    Melhores investimentos para moderados

    Letras de câmbio: é fácil de encontrar opções que pagam acima de 100% do CDI. Importante verificar se possui carência da instituição que o emite.

    Debêntures: ótimos títulos de crédito privado para o perfil moderado. As debêntures incentivadas não têm IR e não pagam juros mensais. Saiba mais sobre essa aplicação aqui.

    Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI): indicado para quem já possui uma carteira de investimento definida e gostaria de diversificá-la. Não é garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

    Melhores investimentos para agressivos

    Quais ações comprar em 2018? O que fazer no mercado de ações em 2018? E, como montar a melhor carteira recomendada em 2018?

    As perguntas acima têm sido bastante frequentes. Confira as melhores ações em 2018 e entenda qual o melhor investimento hoje para o perfil agressivo:

    Ações com bons dividendos: são indicadas para quem visa ter alta liquidez. Ótimos ganhos em períodos de juros baixos em caso de venda. Você pode checar nossa carteira recomendada de ações desse tipo.

    Ações para curto prazo: são ótimas opções de investimento, mas exigem mais tempo e estudo dos investidores. Se você está interessado, acesse nosso canal do YouTube voltado para traders e aprenda tudo sobre o assunto. 

    Títulos prefixados: prefixados são boas oportunidades de ganhar dinheiro quando os juros caem. O risco está na possibilidade do valor prefixado ser menor que a inflação do período.

    Melhores investimentos com pouco dinheiro em 2018

    Tesouro Direto: os títulos do Tesouro Direto são ótimas opções para quem quer investir, mas não conta com valores altos disponíveis para começar. Você pode investir a partir de R$ 100,00.

    Fundos Imobiliários: nessa categoria, existem fundos que exigem um baixíssimo investimento inicial. Você não paga taxa de corretagem para investir em FIIs. E aqui na Rico, ainda pode encontrar a seleção de melhores fundos imobiliários recomendados pelo nosso analista-chefe, Roberto Indech.

    New Call-to-action

    Melhores investimentos de curto prazo

    Títulos do Tesouro Selic: possui liquidez diária e risco baixo, já que é emitido pelo governo.

    CDBs de bancos médios e pequenos: possuem liquidez diária, pagando até 95% da CDI.

    Fundos DI: apresentam liquidez diária e taxas baixas, em cerca de 1%.

    Fundos Multimercado 2018: possuem diversificação do portfólio (taxas altas muitas vezes não são um empecilho, já que o gestor é ativo em busca de boas oportunidades). Seu dinheiro será administrado por gestores renomados.


    Como Saber Quais Os Melhores Investimentos Hoje

    melhores investimentos 2018 hoje
    O Brasil se recupera, mas ano de eleições exige precauções. Planeje o seu investimento de acordo com o melhor mercado para investir em 2018.

    Em 2017, foi preciso rever a meta fiscal com déficit maior do que o previsto inicialmente. Para este  ano, a tendência é que o governo tenha um déficit de R$148 bilhões por conta do período eleitoral.

    O ano de 2018 começou bastante otimista, com a previsão de um crescimento de 2,8% do PIB nacional, de acordo com o Jornal o Globo.

    Porém, essa expectativa foi reduzida para 1,4%, conforme foi divulgado pelo relatório "Focus" (previsão do dia 6/9/2018).

    Além disso, a previsão é de que a inflação gire em torno de 4,11% no final de 2018.

    O dólar também deve continuar em alta, o que pode influenciar alguns investimentos da renda variável, como fundos multimercado.

    Para saber então qual é o melhor investimento em 2018, é preciso acompanhar o mercado, ler as notícias que o impactam diretamente e também checar constantemente as previsões financeiras.

    Com esse hábito, você vai conseguir enxergar oportunidades em diversas categorias para fazer dinheiro render e minimizar os possíveis riscos.


    Simulador de Renda Fixa: Onde Investir Dinheiro Em 2018

    Você tem um sonho que deseja realizar até o fim de 2018 e pretende apostar na renda fixa para alcançá-lo?

    Para exemplificar, utilizamos o Simulador de Renda Fixa da Rico. Vamos avaliar os esforços do investidor para ganhar dinheiro até o final do ano e se planejar para comprar um carro, por exemplo.

    Este é um sonho comum a quase todos os brasileiros. Com o dinheiro na mão, é mais fácil barganhar e conseguir levar o carro dos sonhos para casa por um valor muito melhor!

    Condições para a simulação:

    Por exemplo: se você possuir R$10 mil sacados do seu FGTS inativo e puder manter o seu investimento por 3 anos, existem algumas opções bastante interessantes para aproveitar a mágica dos juros compostos. Veja:

    • CDB OMNI BANCO S/A (dados de setembro de 2018)
    • LC SANTANA CFI (dados de setembro de 2018)
    • LC DACASA FINANCEIRA (dados de setembro de 2018)

    cdbs 3 anos

    Dados de 09/09/2018

    Como resultado do seu investimento, você terá as seguintes possíveis rentabilidades:

    cdb resultado simulação

    Dados de 09/09/2018

    Clique aqui para acessar o simulador gratuito


    Por Que Você Deve Investir Para Ficar Rico

    Como resultado do trabalho da equipe econômica, os investidores vão saindo do longo e tenebroso inverno, apesar da recente alta do dólar.

    Em 2017, a indústria deu sinais de recuperação e o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores, alcançou seu recorde de pontuação.

    Porém, isso não significou um aumento no volume de negócios, principalmente por conta do corte da taxa Selic. Esse é o índice que regula todo o mercado, e está a 6,5% ao ano - seu menor patamar histórico. A previsão é de que ela permaneça em 6,5% até o final do ano.

    Além disso, a previsão do crescimento do país também foi reduzida para 1,8% pelo FMI.

    Selic mais baixa diminui a rentabilidade da Caderneta de Poupança, diminuindo ainda mais o seu rendimento, que atualmente está a 4,55% ao ano (dados de setembro de 2018).

    Porém, é possível começar a investir agora mesmo para aproveitar as oportunidades do mercado, principalmente por conta da alta do dólar:

     


    Expectativa Para o Mercado em 2018

    melhores investimentos 2018 eleicoes
    O Brasil está aos poucos entrando nos eixos, como antecipamos no começo do texto.

    O cenário econômico brasileiro é bastante influenciado pelos fatores políticos e econômicos de hoje, de ontem e de amanhã.

    O ano de 2018 tem apresentado uma grande volatilidade, afetando várias áreas e setores da economia. Com a baixa dos índices, como o IPCA e a taxa Selic, os investimentos também sofreram esses efeitos. 

    Porém, é possível lucrar mesmo em cenários conturbados. 

    Os rendimentos atrelados à inflação também podem sofrer algumas alterações, já que o segundo semestre começou com um acumulado de 4,39% (12 meses), mas a previsão é de que esse valor chegue a 4,11% no final do ano, segundo pesquisa realizada pelo Banco Central.

    E lembre-se: investir não é um jogo de sorte ou de aposta. Então, estude o comportamento do mercado e dos investimentos antes de optar por determinado ativo.


    Como as Eleições Podem Afetar o Mercado Financeiro em 2018

    Um ano de eleição no Brasil tende a alterar muito a rotina e o funcionamento dos Poderes, principalmente Executivo e Legislativo.

    É o pleito que costuma jogar os gastos públicos para cima, não só pelos custos das eleições, mas também com barganhas e liberação de verbas para projetos eleitorais.

    Lembre-se de que dinheiro não tem preferência política. Para o investidor, a questão não é o partido A ou B, esquerda ou direita, mas os rumos da economia.

    As tensões das eleições de outubro ainda não foram mensuradas pelo mercado, mas elas podem acabar causando grande instabilidade. Então, esteja preparado!

    Este não é o momento de arriscar mais do que necessário.

    Os alinhamentos ideológicos de cada candidato já antecipam algumas posições, como o tratamento das dívidas públicas, privatização de empresas e contenção da máquina pública.

    Esses são os fatores que mais afetam o mercado nesse período.

    Para o investidor, o ideal é atualizar constantemente a carteira e ter um plano B.


    Expectativa do Mercado Para 2019

    A expectativa do mercado é de que a inflação seja de 4,11% em 2019, segundo o relatório "Focus", e de que a taxa Selic suba para o patamar de 8% ao ano.

    Já o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) é estimado para 2,80%, caracterizando uma possível expansão econômica no próximo ano.

    Porém, todas essas variações vão depender do movimento do mercado e do resultado da eleição presidencial.

    Quais tendem a ser os melhores investimentos em 2019

    Por conta das expectativas do aumento dos índices econômicos, como a taxa Selic, os títulos da renda fixa tendem a render mais em 2019. 

    Assim, esses ativos se tornam ótimas opções de investimentos para o próximo ano. Dentre eles, podemos citar:

    • Tesouro Selic;
    • Títulos indexados ao CDI, como CDBs, LCIs, LCAs e LCs.

    IPCA e SELIC 2018

    O IPCA é o Índice de Preços para o Consumidor Amplo. Com isso, ele é considerado o índice brasileiro oficial da inflação ou deflação pelo Banco Central. Esse índice é medido todos os meses pelo IBGE, a fim de identificar a variação dos preços no comércio.

    Além disso, o rendimento de todos os investimentos é afetado pelo IPCA, já que você precisa escolher ativos cuja rentabilidade supere a inflação do período.

    Assim, é necessário calcular o seu ganho real na compra de um título. Isso é feito deduzindo as taxas, tributos e o valor da inflação no momento da compra.

    Atualmente, a inflação está girando entre os 2 e 3% no acumulado do ano de 2018 (dado de 12 de setembro de 2018) e esse valor normalmente impacta na Taxa Selic.

    Esse outro índice econômico nada mais é do que a taxa de juros básica do Brasil. Ela é um sistema do Banco Central, capaz de registrar todas as operações que são relacionadas aos títulos escriturais do Tesouro Nacional

    Em março de 2018, a taxa básica caiu para 6,5 pontos percentuais. A previsão é de que a Selic permaneça nesse patamar até o fim do ano.

    O investidor Thiago Nigro, do canal O Primo Rico, preparou um vídeo com dicas matadoras para ganhar dinheiro com a queda da Selic:

    Os cortes da taxa Selic causaram muitos efeitos no mercado financeiro, especialmente no que diz respeito aos títulos da renda fixa, como é o caso do Tesouro Selic

    O rendimento desse ativo é atrelado ao comportamento da taxa básica de juros. Assim, se a Selic diminui, a rentabilidade do seu investimento também decai. 

    Outro título que é bastante afetado pela Selic é o CDI (Certificado de Depósito Interbancário). Esse ativo é emitido e usado somente entre bancos nos empréstimos de prazos bem curtos.

    O valor do CDI é calculado baseado nos juros praticados, ou seja, ele é a taxa Selic Over. Dessa forma a taxa Selic e ele são bem próximos. 

    Essa proximidade existe porque os empréstimos são feitos com base na Selic e recebidos em CDI. Isto é, eles são parecidos com a finalidade de evitar a ocorrência de operações de lucratividade ou prejuízos.

    Esse indicador também é usado como taxa de rendimento de diversos ativos, como:

    • LC - Letras de Câmbio;
    • CDB - Certificado de Depósito Bancário;
    • LCI - Letras de Crédito Imobiliário;
    • LCA - Letras de Crédito do Agronegócio;
    • Debêntures;
    • CRI - Certificado de Recebíveis Imobiliários;
    • CRA - Certificado de Recebíveis do Agronegócio;
    • Tesouro Direto (IPCA+ e o IPCA+ com Juros Semestrais).

    Taxa Selic e a Inflação

    A taxa Selic tem uma forte influência na inflação. Normalmente, quando uma cai, o valor da outra tende a aumentar.

    Atualmente, ambos os valores estão baixos, mas a tendência é de que o IPCA suba e inicie 2019 a 4,11% ao ano.


    CDI em 2018

    melhores investimentos cdi

    O CDI é muito usado para indexar ativos da renda fixa.

    O CDI é um dos indexadores mais conhecidos pelos investidores da renda fixa. Há diversas aplicações que estão atreladas a ele, como mencionamos acima. 

    Esse índice representa a taxa de juros dos empréstimos entre os bancos. Na economia, ele também é chamado de taxa Selic Overnight. 

    Então, o CDI e a taxa Selic têm valores próximos. Ou seja, se a Selic meta sobe, o CDI aumenta e vice-versa. 

    Em 2017, este índice fechou em 9,93% contra 10,11% da taxa Selic. Isso porque a taxa Selic Meta, que é a divulgada pelo Copom, estava em 7,0% ao ano. 

    De acordo com essa meta, ambos indicadores tendem a convergir. Hoje, o CDI está a 6,39% ao ano (dados de setembro de 2018). A previsão é de que ele permaneça próximo a esse valor até o fim do ano, já que acompanha a variação da taxa Selic, que também deve permanecer estável.

    Com isso, os investimentos atrelados a ele acompanharão a mesma trajetória de rendimentos. 


    Bitcoin em 2018

    Como ganhar dinheiro com bitcoin em 2018 é uma dúvida comum. Mas, qual é a previsão para o bitcoin?

    O bitcoin está se popularizando entre investidores. A cada dia, mais pessoas apostam nas criptomoedas e espírito de “livre mercado” puro, sem interferência de governos.

    Para quem ainda não conhece, bitcoin é um programa de código-aberto compartilhado por redes com vários computadores conectados. Foi criado, protocolado e divulgado pelo misterioso Satoshi Nakamoto.

    Espalhado na rede, pode ser garimpado. Para isso, é preciso quebrar a criptografia dos bitcoins. Se bem-sucedido, a moeda vai para sua carteira virtual.

    Nakamoto estabeleceu a existência de 21 milhões de bitcoins. Até o momento, foram encontradas 17 milhões de acordo com os dados do statoshi.info.

    Por isso, a ideia de mineração está ficando cada vez mais difícil. Entrou, então, a aquisição de bitcoin no mercado. Existem milhares de pessoas que comercializam a moeda e ganham dinheiro exatamente como os especuladores de câmbio.

    Apesar de já ser aceito para pagamento de alguns produtos e serviços, a viabilidade do bitcoin é carregada de especulação.

    Enquanto o presidente do JP Morgan, Jaime Dimon, crava ser “uma fraude”, as cotações só sobem.


    LCI em 2018 é uma Boa Opção?

    A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) está em alta e se tornou mais acessível. Hoje, é possível encontrar opções com aportes iniciais a partir de R$ 1 mil. 

    Hoje, ela faz parte da lista de melhores investimentos para 2018. Os rendimentos costumam ser próximos do CDI e são isentos de tributos

    Se você tem interesse em diversificar a sua carteira e investir no setor imobiliário com visão no médio e longo prazos, a LCI é o ativo apropriado. 

    Além disso, é um ativo que tem baixo risco e conta com a cobertura do FGC para valores de até R$ 250 mil. 

    Conheça o seu rendimento através de uma comparação com um CBD: 

    lci e cdb

    lci e cdb simulação

    Comparação entre LCI e CDB - Tela capturada em 11/09/18

    Ao simular esses dois investimentos, perceba que a LCI obteve resultado melhor do que o CDB, mesmo com a taxa mais baixa. 

    Isso se deve à isenção de tributos. Portanto, para superá-la, é necessário que o CDB ou outro investimento de renda fixa pague mais de 100% do CDI do período. 


    CDBs para 2018

    A queda da taxa Selic e do IPCA trouxe dúvidas para os investidores da renda fixa. Mas qual é o rendimento real de um CDB em 2018?

    Como boa parte dos CDBs tem rentabilidade atrelada a estes indicadores, é comum ter dúvidas sobre qual escolher. 

    Geralmente, os ativos emitidos por bancos menores tendem a oferecer taxas de rendimentos maiores

    Outra tendência é o CDB com taxa prefixada. Ele pode render mais que os indexados. Além disso, os retornos são os mesmos até a data do vencimento, o que significa que você poderá prever qual será o a sua rentabilidade. 

    Se você acredita que os juros ficarão nos patamares atuais pelos próximos dois anos, esse tipo de ativo pode ser uma boa escolha. 

    Os CDBs que pagam rendimentos acima de 100% do CDI também podem ser excelentes investimentos. Sem contar na segurança, já que eles possuem a cobertura do FGC para valores de até R$ 250 mil. 

    Para ver como eles funcionam, utilizamos o nosso Simulador de Investimentos

    Ao simular a aplicação de R$ 10 mil em três diferentes CDBs com mesmo prazo de vencimento, o resultado foi de: 

    comparação cdbs-1

    comparação cdbs resultado-1

    Exemplo de CBDs - Tela capturada em 11/09/18

    Note que o CDB prefixado do Banco Indusval S/A apresentou maior rentabilidade. Isso acontece porque a sua taxa é maior em relação aos outros dois CDBs simulados. 

    Veja também que o ativo com rendimento atrelado ao IPCA apresentou boa performance. O seu ganho foi de 6,5% acima da inflação

    Se nestes três anos de investimento esse índice subir, o retorno total pode ser ainda maior. O mesmo é válido para o CDB indexado ao CDI. 

    De forma geral, os três teriam uma excelente performance e superariam a taxa Selic e o CDI.

    Melhores Fundos de Investimentos de 2018

    melhores investimentos fundos

    Fundos multimercados são um dos melhores investimentos de 2018.

    Os Fundos de Investimentos são uma boa opção para quando há queda nos juros.

    De acordo com a Anbima, em 2017, a captação dos FIs foi de R$ 259,8 bilhões. Ou seja, houve o aumento de 4,14% em relação a 2016. 

    Em 2018, Fundos de Investimentos ainda são boas opões, apesar dos cenários econômicos nacional e internacional bastante conturbados.  

    Sem dúvidas, os Fundos de Renda Fixa podem ser uma ótima alternativa para quem quer investir na modalidade e ter retornos atrativos. 

    Já os Fundos de Ações sofreram um baque por conta da volatilidade do mercado, mas alguns deles continuam apresentando ótimos resultados. Eles costumam ser indicados para quem quer investir em ações e ainda possui pouco conhecimento sobre o mercado, já que investindo em Fundos você conta com um gestor renomado para administrar o seu dinheiro. 

    Melhores Fundos Multimercado de 2018

    Os Fundos Multimercado são bastante conhecidos entre os investidores de Fundos de Investimentos. 

    Basicamente, eles investem em renda fixa e variável em proporção diversificada. Ou seja, são bastante dinâmicos. 

    Em 2018, com as eleições presidenciais, votação de reformas estruturais, retomada da economia e mudanças no cenário externo, a diversificação é uma das melhores estratégias para ter retornos maiores e se preparar para as possíveis turbulências. 

    Os Fundos Multimercado podem ser bons investimentos, pois partem deste princípio de investir em várias frentes.  

    Assim, é possível ter altos rendimentos, principalmente para os que têm maior parte da carteira em renda variável. 

    Os Melhores Fundos Imobiliários para 2018

    Os primeiros sinais de recuperação do setor imobiliário começaram a aparecer no final de 2017. 

    De acordo com o Secovi-SP, a projeção de crescimento das vendas e lançamentos é de 10% para 2018. 

    Com os juros mais baixos, há o incentivo para financiamentos. Assim, o setor imobiliário tem mais espaço para a recuperação. 

    Os Fundos de Investimentos Imobiliários (FIIs) podem ser uma boa alternativa para ter rendimentos e acompanhar a valorização dos imóveis em 2018. 

    As cotas de empreendimentos ligados ao consumo, como as FIIs que investem em shoppings, devem ter alta valorização. 

    Com a retomada da economia, as pessoas tendem a voltar às compras. Assim, os lucros podem aumentar e também há o incentivo para a ocupação de novos lojistas. 

    Outros FIIs que devem valorizar são os que investem em escritórios ou espaços para empresas. 

    A estabilização dos aluguéis e o aquecimento da economia tendem a diminuir a vacância destes imóveis. Aqueles que estão localizados em regiões estratégicas podem se beneficiar ainda mais.

    Se você quer ter rendimentos com as cotas e receber os aluguéis mensais isentos de IR, os FIIs podem ser bons investimentos. 

    Além disso, aqui na Rico, você investe em FIIs com taxa ZERO

    Melhores Ações em 2018

    Quer saber quais as ações recomendadas para 2018?

    As taxas baixas podem favorecer o consumo. Isso tende a impactar diretamente nas ações de empresas que fabricam bens de consumo ou atuam no varejo.

    Medicamentos e varejistas devem continuar apresentando bom desempenho, segundo nosso analista-chefe, Roberto Indech.

    Ele também aposta nos ativos de estatais listados na bolsa

    A tendência é que estados em dificuldades financeiras, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná negociem participações de algumas empresas públicas ou vendam seus ativos para equilibrar as contas.

    Além disso, a recente alta do dólar também influenciou bastante o mercado. Então, é fundamental que você tenha cautela ao optar por ações que sejam influenciadas pela moeda norte americana, já que o dólar ainda pode subir mais até o final do ano.

    Esses fatores podem manter o mercado de ações aquecido nos próximos meses

    Por ser baseado em especulação, o mercado de ações precifica as boas notícias. Começam o fluxo de compras e vendas que elevam o preço dos papéis e possibilitam que os traders ganhem dinheiro!

    Assim, essa pode ser uma ótima opção de investimento ainda em 2018.

    Ações para Longo Prazo

    Investir em ações para o longo prazo pode trazer riscos mais brandos do que no curto prazo.

    Os resultados dependem das suas escolhas, isto é, das companhias em que você vai aplicar o seu dinheiro por um período de tempo maior. 

    Ao investir com foco no longo prazo, você pode se beneficiar com a valorização das cotações e com o recebimento dos proventos (dividendos e Juros Sobre Capital Próprio). 

    As ações de empresas do setor financeiro podem trazer bons retornos. Isso porque são essenciais à circulação de dinheiro e continuaram com altos lucros, mesmo em períodos de crise. 

    Outra forma de investir na bolsa no longo prazo é avaliar o potencial de crescimento das companhias e o histórico de pagamento de proventos. 

    Geralmente, as que possuem contratos de concessão e pertencem a setores estratégicos, como infraestrutura, energia e saneamento, podem ser bons investimentos. 

    Ações para Curto Prazo

    O ano de 2018 apresenta muitas oportunidades de ganhos com ações no curto prazo. Com os eventos da política e economia, o mercado sentirá imediatamente os efeitos.

    Um exemplo disso foi a recente queda do Ibovespa, que refletiu a última alta do dólar após o aumento da taxa de juros básica dos Estados Unidos. 

    Se você quer operar no curto prazo, as Small Caps podem ser bons investimentos. Elas são ações de companhias de pequeno e médio porte. 

    Com uma possível recuperação da economia brasileira pós-eleições, elas tendem a crescer mais do que as grandes empresas.

    Além disso, o volume de negociação menor gera mais oscilação nas cotações. Ou seja, é possível que elas valorizem 10%, 20% em um só dia. 

    As ações do setor do varejo e de bens de consumo também podem oferecer bons lucros no curto prazo.

    Com o aumento da circulação de dinheiro e diminuição dos principais índices econômicos, como a taxa Selic, as pessoas tendem a comprar mais. Assim, os lucros aumentam e os papéis tendem a valorizar.   

    Outra forma de ganhar dinheiro no curto prazo é através das ações com alta liquidez. Elas são bons ativos para operar por meio do Day Trade e Swing Trade

    Para aprender sobre estas técnicas, assista as aulas da Investv. Aqui, nossos profissionais tiram todas as suas dúvidas e mostram, na prática, como funciona cada operação. Que tal começar agora mesmo?


    Sugestão de Carteira Recomendada 2018

    melhores investimentos sugestao de carteira

    Você  também pode investir nas nossas Carteira Recomendadas.

    Aqui na Rico, você pode contar com as Carteiras Recomendadas.

    Elas são compostas por ativos cuidadosamente selecionados pelos nossos especialistas. 

    Em 2017, uma delas rendeu 54,92% contra 26,9% do índice Bovespa.

    Atualmente, nossa carteira recomendada conta com oito ações diferentes.

    Veja a composição para setembro de 2018:

    carteira recomendada

    Carteira Recomendada da Rico para setembro de 2018

    Além deste portfólio, temos outras opções com focos diferentes, como a carteira de Fundos Imobiliários, que é composta pelos melhores FIIs negociados na bolsa de valores

    Se você quer investir em ações para ganhar dinheiro com dividendos, a nossa Carteira Dividendos 8+ pode ser uma excelente opção. 

    Para os investimentos de curto prazo, temos a Carteira Semanal e a Mensal. Em todos os casos, a escolha final sobre investir em cada ativo é totalmente sua. 

    Lembre-se de que contar com ajuda profissional para investir na bolsa de valores aumenta a possibilidade de ter retornos muito maiores do que ao aplicar por conta própria. Além disso, quanto mais você estudar o mercado e os ativos que pretende investir, melhor tende a ser sua performance.


    A Poupança deve perder rentabilidade em 2019?

    Com a queda da Taxa Selic, a histórica Caderneta de Poupança voltou a ganhar os holofotes em 2018.

    Porém, quando a taxa básica de juros está abaixo de 8,5%, a legislação determina o cálculo de remuneração da poupança como 70% do valor da Selic + Taxa Referencial (que quase sempre é zero).

    Então, quanto mais a Selic cai, pior pode ficar para o poupador cujos depósitos foram feitos depois de 3 de maio de 2012. O dinheiro que entrou na poupança antes dessa data não teve a sua remuneração alterada.

    Agora, com o índice em 6,5% ao ano, a caderneta tem rendimento de apenas 4,55% ao ano. Ou seja, ela iniciou 2018 com rentabilidade abaixo de 5,0%. 

    Ao considerar que o IPCA acumulado é de 2,85%, o ganho real é de 1,7%. Ou seja, com a poupança você terá retorno efetivo de 1,7% em 12 meses. 

    O cenário para 2019 não será muito diferente de 2018, pois a taxa Selic provavelmente ficará no patamar de 8% ao ano, segundo o relatório Focus

    Dessa maneira, a rentabilidade da poupança será de 5,6% ao ano. Como a previsão da inflação para 2019 é de 4,11%, a rentabilidade real da poupança poderá ser de 1,49% ao ano.

    Se você quer ter retornos maiores, há diversas opções tão seguras quanto a poupança. Por exemplo, os títulos do Tesouro Direto, as LCIs, LCAs e os CBDs

    Agora pode ser o melhor momento de abandonar a caderneta. Venha fazer o seu dinheiro render de verdade com a Rico!


    Conclusão - Estude os Melhores Investimentos

    melhores investimentos 2018 conclusao
    Pronto para começar a aplicar no melhor tipo de investimento?

    Apesar das nossas indicações, ainda recomendamos que você continue lendo e se aprofundando.

    Entender quais são os melhores investimentos em 2018 e se preparar para 2019 é uma questão muito pessoal e que varia de acordo com os objetivos que você delimitou para até o fim desse ano.

    No mercado, quem estuda e se prepara, pode ganhar dinheiro. Então, encare esse período de pesquisa também como parte do investimento.

    Tudo o que você precisa fazer para começar a investir é abrir uma conta agora mesmo com a Rico! É grátis e 100% digital. 

    Abrir-Conta-Rico-Investimentos

    Separamos alguns posts cruciais para você continuar a leitura e visualizar oportunidades de ganho em 2018:

    Se tiver mais dúvidas sobre quais as melhores aplicações para 2018 ou quiser se aprofundar no assunto, a nossa recomendação é que você acesse o Investv, com programação interativa voltada aos investidores. Clique aqui para acessar o Investv.

    Obrigado por ler até aqui!

    Topics: Diversifique seus investimentos

    Top 5 Posts

    Posts Recentes