{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Conheça os melhores BDRs e Small Caps da bolsa

    by Rico Matinal | 24 de Novembro, 2020

    Confira o Rico Matinal de hoje - 24/11/2020

    RicoMatinal_01

    Insight Rico: Conheça os melhores Small Caps e BDRs da bolsa

    (por Júlia Aquino) 

    Na última sexta, lançamos as novas seleções de ações da Rico, a Estrelas Ascendentes, com as Small Caps mais promissoras, e a Estrelas Globais, com as melhores BDRs para investir. Falamos ontem um pouco mais sobre as seleções na nossa live de fechamento de mercado no Instagram da Rico. Se você perdeu, pode ver tudo aqui.

    Diferente de uma simples carteira recomendada, você não precisa comprar todos os nomes das seleções nem obedecer a uma alocação exata. Nossa ideia é que o investidor escolha seus nomes preferidos entre os apresentados para complementar sua carteira de ações, visando um horizonte de 6 a 12 meses.

    As duas seleções foram construídas a partir de critérios qualitativos selecionados pelo nosso time de análise, agregados a uma abordagem quantitativa que possibilita analisar todos as Small Caps e BDRs da bolsa em busca dos melhores nomes para incluir na nossa lista mensal — algo que seria praticamente impossível sem essa ferramenta.
    Como sempre, recomendamos que o investidor só compre ativos de nomes em que realmente conhece e acredita. Por isso, vamos nos aprofundar um pouco mais nas seleções e nos nomes que fazem parte delas.

    Estrelas Ascendentes

    A seleção inaugural de Small Caps conta com 12 nomes que consideramos ser os mais promissores da bolsa, distribuídos em vários setores. Para construir essa seleção, analisamos os indicadores de solvência e gestão financeira das empresas, a gestão estratégica e de negócio e a expectativa de mercado para o crescimento do lucro por ação desses nomes entre 2019 e o fim de 2021. Além disso, todos os nomes têm volume relevante de negociação na bolsa. Os papéis foram ordenados pelo crescimento de lucro esperado, mas também incluímos vários outros fundamentos no relatório para o investidor ter mais liberdade para escolher o melhor nome para a sua carteira.

    Os top 3 nomes da nossa seleção Estrelas Ascendentes, ordenados pelo crescimento de lucro esperado, são:

    top 3 estrelas ascendentes

    Dentre os nomes da seleção de novembro, a Copasa é a que tem maior expectativa de crescimento de acordo com estimativas dos analistas de mercado para 2021. No resultado do terceiro trimestre, a companhia viu um aumento de 24,4% em seu lucro líquido em relação ao ano passado. A margem EBITDA avançou em 1,9 p.p., para 39%, em linha com o valor de referência que apuramos para as empresas de saneamento, que é 41%, que mostra que a empresa faz boa gestão da operação. Além disso, tem endividamento de 1,2x quando fazemos a razão entre dívida líquida e EBITDA, quase 50% menor que a mediana das empresas de saneamento.

    Além dos bons indicadores financeiros, a Copasa também é uma boa pagadora de dividendos — aparece na primeira posição na nossa lista de maiores pagadores de dividendos de novembro, que está disponível para todos os clientes na área logada da Rico, e anunciou recentemente a aprovação de R$ 820 milhões em dividendos extraordinários. Na última quinta, também anunciou desdobramento de 1 ação para 3, o que deve aumentar a liquidez da ação.

    SLC Agrícola é uma das maiores empresas do setor de agricultura do Brasil, e produz soja, milho e algodão. A expectativa do mercado é que o lucro por ação (LPA) da empresa cresça de R$1,67 em 2019 para R$2,56 ao final de 2021. Para o terceiro trimestre, foi reportado aumento de 13,4% na receita líquida. Além disso, na nossa análise vimos um ROIC de 11,2 para a empresa, valor acima do observado para outras companhias de produção agrícola, que indica boa gestão de negócio.

    A terceira empresa desse ranking também apresentou crescimento nos números do terceiro trimestre de 2020: o EBITDA da Minerva Foods cresceu 22% em relação ao ano passado, e teve lucro de R$58,3 milhões, contra um prejuízo de R$82 milhões em 2019. Segundo nossa análise, a margem EBITDA da empresa é maior que a mediana do setor de alimentos e tem ROIC de 16%, indicando boa gestão estratégica e operacional.

    Para acessar mais fundamentos das empresas e as opiniões de analistas do mercado sobre essas e outras 9 Small Caps, você pode assinar a seleção de Estrelas Ascendentes aqui.

    Estrelas Globais

    Nossa primeira seleção de BDRs tem 24 nomes de empresas estrangeiras que consideramos os melhores da bolsa brasileira em novembro. Montamos essa lista a partir de indicadores de solvência e gestão financeira das empresas, a gestão estratégica e de negócio, liquidez do bdr na bolsa e a expectativa de mercado para o crescimento do lucro por ação desses nomes entre 2019 e o fim de 2021.

    Também buscamos as opiniões de analistas de ações do mercado estrangeiro especializados nos setores, e só incluímos nessa seleção as empresas que consideramos bem avaliadas.

    Os papéis da lista têm volume relevante de negociação na bolsa, mas, naturalmente, BDRs tem liquidez menor que os seus respectivos papeis de lastro nas bolsas estrangeiras. Desde a abertura dessa opção para os investidores não qualificados a liquidez das BDRs aumentou, como falamos aqui, e se tornaram uma opção ainda mais atrativa para diversificação internacional de investimentos.

     Os top 3 nomes da nossa seleção Estrelas Globais, ordenados pelo crescimento esperado, são:

    top 3 estrelas globais

    Alphabet dispensa apresentações: empresa-mãe do Google, é provavelmente a companhia mais presente no nosso dia-a-dia da lista. Os últimos resultados da empresa superaram as expectativas do mercado, registrando crescimento de 14% na receita em relação a 2019. Só o YouTube, plataforma de vídeos da companhia, teve ganhos com anúncios 32% maiores que no mesmo período do ano passado, chegando a US$5 bilhões.

    Na nossa análise, vimos que a Alphabet tem liquidez corrente alta, de 3,4x, e endividamento negativo, o que indica que a empresa tem mais caixa e ativos do que compromissos no mercado, fazendo boa gestão de garantias e financeira. Os executivos da companhia atribuem os bons resultados à onda de compras online da pandemia, hábito que deve continuar com os consumidores mesmo quando a vacina chegar e a vida voltar ao normal.

    Quando Donald Trump, atual presidente dos EUA, foi infectado pelo coronavírus, ele passou por um tratamento que ainda está em fase de testes produzido pela Regeneron, farmacêutica especializada em biotecnologia. A empresa americana tem margem EBITDA de 40,5%, maior que a mediana do setor de farmacêuticas, 36%. Assim como a Aphabet, tem liquidez corrente, de 3,7x, e endividamento negativo, o que indica que a empresa tem mais caixa e ativos do que compromissos no mercado. Os resultados do terceiro trimestre superaram as expectativas do mercado e mostraram a empresa teve aumento de 32% na receita em relação ao 3T19, chegando a US$2,9 bilhões.

    Northrop Grumman é uma empresa americana do setor de indústria aeroespacial, produzindo desde aeronaves e radares até espaçonaves e bases de lançamento para a NASA. A empresa apresenta margem operacional de 11% e margem EBITDA de 14,9%, maior que a mediana do seu setor, o que indica que a empresa opera de maneira eficiente e bem gerenciada quanto a riscos operacionais. A expectativa do mercado é que o LPA (lucro por ação) passe de R$13,28 em 2019 para R$24,32 ao fim de 2021. Os resultados do último trimestre mostraram que a receita das vendas da companhia cresceu 7% em relação ao mesmo período do ano passado, assim como lucro por ação, que cresceu 7,2% na comparação ano a ano.

    Os fundamentos e as opiniões de analistas do mercado sobre esses e outros 21 BDRs estão disponíveis no nosso relatório mensal de novembro. Você pode assinar a seleção de Estrelas Globais aqui. O primeiro mês é grátis, e a assinatura está com 50% de desconto pela Black Friday, por R$14,95.

    Resumo do dia: Disco furado

    (por Paula Zogbi)

    Mercados mundiais continuam em alta, assimilando novidades positivas referentes a vacinas contra o coronavírus. Futuros dos EUA sobem até 1,15% e o Euro Stoxx valoriza 1,25%. O petróleo WTI sobe 0,9% e atinge a maior cotação desde março, US$43,45. 

    Apesar das notícias positivas trazidas pela Pfizer + BioNTech, Moderna e AstraZeneca + Oxford, grandes economias continuam aplicando diferentes níveis de isolamento social. Na Alemanha, por exemplo, fala-se em manter o lockdown por pelo menos um mês.

    Nos Estados Unidos, avança a transição de governo. Ontem, Joe Biden teria escolhido a ex-presidente do Fed Janet Yellen como sua secretária do Tesouro, o que ajudou a impulsionar a alta das bolsas. Já hoje, a chefe da GSA (Administração de Serviços Gerais) Emily Murphy disse ao presidente eleito que sua gestão está disponibilizando recursos federais para a transição. O órgão federal reconheceu Biden como o "aparente vencedor" da eleição e Trump escreveu no Twitter que apoia que se faça “o que precisa ser feito”, mas continua apresentando recursos.

    No Brasil, voltou a crescer o debate sobre a extensão do auxílio emergencial - segundo o Valor, a ideia é que ocorra nova redução do valor, hoje em R$ 300, para R$ 200 ou R$ 250. O Ministro Paulo Guedes tem enfatizado que a prorrogação não está nos planos da Economia, dado o quadro de fragilidade fiscal do país.

    Além disso, hoje o IBGE divulga o IPCA-15 de novembro, que deve confirmar avanços das pressões de inflação no quarto trimestre.

    Agenda da Semana

    Terça-feira, 24
     
    4h00: Alemanha - PIB trimestral (exp: 8,2%; ant: 8,2%)
    9h00: Brasil - IPCA-15 mensal (exp: 0,72%; ant: 0,94%)
    9h00: Brasil - PICA-15 anual (exp: 4,11%; ant: 3,52%)


    Melhores da Bolsa InfoMoney
    18h-18h40: Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central

    18h40-19h10: O que está por trás do sucesso da melhor empresa da Bolsa (Augusto Miranda, CEO da Equatorial)

    19h10-19h40: Log: a revelação da Bolsa em 2020 (Sergio Fischer, CEO da Log CP)

    19h40-20h30: ESG: marketing x ação (Florian Bartunek, sócio-fundador da Constellation;
    Márcio Correia, sócio e gestor de ações da JGP; Marta Pinheiro, diretora de ESG da XP)

     

    Semana de Educação Financeira XPeed

    19h-19h45: Ansiedade e Fobia Financeira (Thiago Godoy, Camila Magalhães, Tatiana Filomensky, Andreia Fernanda)

    19h45-20h30: O que a educação financeira e o esporte possuem em comum? (Rubinho Barrichelo e Kaká)

    Quarta-feira, 25

     

    10h30: EUA - PIB trimestral (exp: 33,2%; ant: 33,1%)

    10h30: EUA - Pedidos iniciais por seguro-desemprego (exp: 730 mil; ant: 742 mil)

     

    18h: Melhores da Bolsa InfoMoney

    18h-19h: Mercados após a crise: a visão da Verde (Luis Stuhlberger, sócio e gestor da Verde; Luiz Parreiras, sócio e gestor da Verde)

    19h-20h30: Empresas premiadas: as perspectivas para a indústria brasileira

    19h: Antonio Joaquim de Oliveira, CEO da Duratex
    19h30: Flávio Vargas, diretor financeiro da Camil
    20h: Décio Oddone, CEO da Enauta

    20h30-21h20: Do Zero ao Topo: a tecnologia no mercado brasileiro (Dennis Herszkowicz, CEO da Totvs; Marco Stefanini, fundador e CEO da Stefanini; Fernando Cirne, CEO da Locaweb)

     

    Semana de Educação Financeira XPeed

    19h-19h45: Educação financeira nas escolas (José Vasco, Priscila Cruz, Izabella Mattar, Bia Santos)

    19h45-20h30: Bolsa de valores para iniciantes (Bea Aguillar, Roberto Indech)

    19h45-20h30: Desmistificando os investimentos (Betina Roxo, Thelminha, Favelado Investidor)

    20h30: Primo Rico (Thiago Nigro)

    Quinta-feira, 26

     

    Dia todo: EUA - Feriado do dia de ação de graças

    9h00: México - PIB trimestral (exp: 12%; ant: 12%)

    9h30: Europa - Declaração de política monetária do BCE

    16h00: Brasil - Índice de evolução de emprego do CAGED (exp: 233,5 mil; ant: 313,56 mil)

     

    18h: Melhores da Bolsa InfoMoney

    18h-18h30: Expectativas para o mercado mundial de ações (Kate Moore, gestora da equipe de alocação global da BlackRock)

    18h30-19h10: Cenário global e ações mais promissoras (John Boselli, diretor e gestor sênior de ações da Wellington; Nanette Abuhoff Jacobson, estrategista global da Wellington)

    19h10-20h10: Empresas premiadas: o consumo pós-pandemia

    19h10: Marcílio Pousada, CEO Raia Drogasil
    19h40: Rodrigo Osmo, CEO da Tenda

    20h10-20h50: A nova onda de pessoas físicas na Bolsa (Betina Roxo, estrategista-chefe da Rico; Henrique Bredda, sócio da Alaska; Murilo Duarte, criador do canal Favelado Investidor)

    20h50: Show de Rock do Stock PickersYellow Suspects (banda autora da música do Stock Pickers) e banda formada por profissionais do mercado

     

    Semana de Educação Financeira XPeed

    18h15-19h: Agentes autônomos são educadores financeiros? (Graziela Suman Conte, André Pantoja Albo, Patrícia Pereira Cezar, Gustavo Pitta)

    19h-19h45 Conheça as carreiras do futuro (Raquel Girotto, Bruno Madruga, Fernando Ferreira, Bianca Juliano)

    18h15-19h: Gain Cast: De um jeito que você nunca viu (André Moraes, Fernando Góes e Roberto Indech)

    20h30: Qual é o futuro do dinheiro (Tiago Mattos, Ana Laura, Karel Luketic)

    Sexta-feira, 27

     

    Até as 13h00: EUA - Feriado do dia de ação de graças

    8h00: Brasil - IGP-M mensal (exp: 3,19%; ant: 3,23%)

     

    Semana de Educação Financeira XPeed

    18h15-19h: A revolução da educação à distância (EAD) (Daniel Pereira, Luciano Meira, Newton M. Campos, Larissa Santana)

    18h15-19h: O Universo do Stock Pickers (Thiago Salomão e Renato Santiago)

    19h45-20h30: Mulher e independência financeira (Annamaria Lusardi)

    20h30: A XP pela educação financeira

    Topics: Rico Matinal, BDRs