{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    As 30 Maiores Pagadoras de Dividendos de 2019 [Atualizado]

    by Equipe Rico | 2 de Outubro, 2019

    null

    Se você quer saber quais são as maiores pagadoras de dividendos em 2019, significa que está de olho em uma rentabilidade mais atrativa.

    É comum que quem pretende fazer um investimento que dê a possibilidade de viver de renda logo pense em dividendos.

    Eles representam uma parte dos lucros que a empresa distribui aos seus acionistas como forma de remuneração.

    Comprou uma ação de empresa que paga dividendos? Então, você tem direito a esse dinheiro extra.

    Algumas empresas pagam dividendos mensalmente, enquanto outras o liberam uma vez por trimestre, a cada seis meses ou uma vez por ano.

    Essa periodicidade depende da política da companhia em questão, mas a verdade é que não é esse o único fator que determina quais são as melhores e maiores pagadoras de dividendos.

    Estudando com cautela, é possível montar uma carteira diversificada para receber uma renda mensal interessante.

    É o que vamos ensinar a você neste artigo.

    Além de conferir detalhes desse mercado, você vai entender onde estão as melhores oportunidades e como funcionam os prazos para o pagamento de dividendos.

    Animado para seguir em frente? Então, vamos lá!

    Por que investir em Empresas que Pagam Dividendos?

    Investir em empresas que pagam dividendos é uma forma de gerar renda passiva, que é aquela que entra na sua conta sem a sua contrapartida.

    É o famoso caso do dinheiro que trabalha para você, um recurso que pode usar para complementar seu salário e outras fontes de remuneração mensal.

    Dependendo do capital investido, as aplicações em dividendos podem se tornar até mesmo a sua principal fonte de renda, aproximando você do sonho comum de independência financeira.

    Mas isso, é claro, não vem da noite para o dia e demanda bastante foco e paciência.

    A lógica do investimento em dividendos é um pouco diferente daquela relacionadas às ações, como explica o analista de investimentos da Rico Thiago Salomão:

    “A carteira de investimentos em dividendos olha muito para o longo prazo, porque você vai buscar ganhar com o lucro que a empresa distribui, e não necessariamente com a valorização dela.”

    Ao investir em dividendos, então, o ideal é escolher empresas sólidas, que pagam bons dividendos e manter o investimento por bastante tempo.

    Assim, cria o cenário ideal para ter uma renda extra que pode se perpetuar.

    Outro bom motivo para investir em dividendos é a possibilidade de ganhar dinheiro mesmo na hipótese de queda na Bolsa de Valores.

    Como o foco é a geração de renda passiva, você não precisa se preocupar tanto com as variações nos preços das ações no curto prazo, pois, desde que a empresa continue tendo lucro, você vai continuar recebendo dividendos.

    Isso reforça o que acabamos de falar sobre empresas sólidas, que estão entre as maiores pagadoras de dividendos em 2019 e nos últimos anos.

    Quais Tipos de Empresas Pagam mais Dividendos e Por Quê?

    null

    Em geral, as melhores pagadoras de dividendos são as empresas que apresentam lucros consistentes e mais previsíveis.

    As companhias do setor de energia elétrica são um exemplo disso, como explica o analista Salomão:

    “Geralmente, as empresas de energia atuam com boa parte da receita contratada. Essa é uma receita ajustada ao índice de preços, então, se a inflação estourar, elas conseguem repassar esses preços”.

    Nem sempre precisa fazer investimentos”. As vezes pagadoras de dividendos fazem fusões e aquisições, além de novos projetos.

    Dessa forma, Salomão lembra que todo dinheiro que elas geram (o lucro depois de impostos, do pagamento de funcionários e outras despesas) vira lucro líquido - e todo ele pode ser distribuído para os acionistas.

    Mas elas não são as únicas boas pagadoras de dividendos, o que exige estudar o mercado em busca de oportunidades. Mais à frente, vamos trazer o ranking das maiores pagadoras de dividendos em 2019.

    Antes, é importante saber ainda que, como todo investimento, a carteira de dividendos também deve ser diversificada.

    Por isso, vale sempre considerar outras opções de empresas e de segmento de mercado.

    Uma alternativa, nesse sentido, são os bancos.

    Salomão lembra que os grandes bancos, aqueles que têm lucros consistentes, como Itaú, Santander, Bradesco e Banco do Brasil, também podem contribuir para o bom rendimento da sua carteira.

    Maiores Pagadoras de Dividendos em 2019

    null

    O pagamento de dividendos está diretamente relacionado ao lucro da empresa. Por isso, os valores variam com o tempo, de acordo com os resultados do negócio.

    Contudo, algumas empresas são mais estáveis e não precisam realizar tantos investimentos, como as já citadas companhias do setor de energia. É por isso que elas podem distribuir mais renda aos seus acionistas.

    Um dos indicadores mais usados para definir se uma empresa é boa pagadora de dividendos é Dividend Yield (DY).

    O DY representa uma relação entre o preço da ação e os dividendos distribuídos (na sequência, falaremos melhor sobre o DY)

    Confira a lista das 30 maiores pagadoras de dividendos em 2019, que a Rico preparou para você:

    Fonte: Maiores pagadoras de dividendos em 2019 de acordo com análise de analistas da Rico. Data da pesquisa: 24/09/2019. O print acima não tem por finalidade a oferta de dividendos. É uma imagem meramente ilustrativa. Não configura recomendação ou oferta.

    Melhores Pagadoras de Dividendos nos Últimos 5 Anos

    null

    Em seus estudos sobre investimentos, você já deve ter lido e ouvido várias vezes que rendimentos passados não significam rentabilidade garantida no futuro.

    Mas isso não é o mesmo que ignorar as melhores e maiores pagadoras de dividendos.

    Conhecer o histórico das ações de melhor desempenho nesse aspecto nos últimos anos pode ser interessante e ajudar a definir as suas estratégias.

    A partir do levantamento que apresentamos antes, separamos agora a relação das ações mais pagaram dividendos nos últimos anos. Confira:

    Nome

    Código

    Média Div Yld (inic) 5 anos em %

    Petrobras BR

    BRDT3

    13.58

    Taesa

    TAEE11

    12.18

    Itausa

    ITSA4

    8.06

    Telef Brasil

    VIVT4

    7.55

    Cemig

    CMIG4

    7.16

    Btgp Banco

    BPAC11

    6.99

    BBSeguridade

    BBSE3

    6.92

    Smiles

    SMLS3

    6.62

    Engie Brasil

    EGIE3

    6.61

    Santander BR

    SANB11

    6.53

    ItauUnibanco

    ITUB4

    6.46

    Bradespar

    BRAP4

    6.07

    Brasil

    BBAS3

    6.00

    Irbbrasil Re

    IRBR3

    5.75

    MRV

    MRVE3

    5.40

    Qualicorp

    QUAL3

    5.12

    Braskem

    BRKM5

    5.11

    CCR SA

    CCRO3

    5.00

    Cyrela Realt

    CYRE3

    4.86

    Energias BR

    ENBR3

    4.65

    Fonte: Maiores pagadoras de dividendos nos últimos 5 anos. Data da pesquisa: 24/09/2019.

    Ações que Pagam Dividendos Mensalmente 2019

    É natural supor que as melhores e maiores pagadoras de dividendos em 2019 sejam aquelas que liberam os valores mensalmente aos seus acionistas.

    Porém, essa não é uma verdade absoluta - há outros aspectos a considerar.

    Em primeiro lugar, geralmente, as empresas que pagam dividendos todos os meses distribuem valores pequenos, os quais, muitas vezes, podem nem fazer diferença no seu orçamento.

    Por outro lado, existem companhias que não pagam proventos com tanta frequência, mas acabam pagando mais no acumulado.

    Além disso, você deve saber que a distribuição mensal não é feita, necessariamente, em forma de dividendos.

    As empresas também podem distribuir proventos aos acionistas como Juros sobre Capital Próprio (JCP). Inclusive, essa é uma prática comum naquelas que liberam valores mensais.

    Isso pode impactar os resultados dos seus investimentos, uma vez que a principal diferença entre os formatos está na tributação.

    A tributação dos dividendos é feita diretamente na fonte. Portanto, quando você recebe dividendos, já está recebendo um valor líquido.

    Já o JCP está sujeito à tributação de Imposto de Renda, com alíquota de 15% sobre o valor recebido.

    Portanto, além da periodicidade, é crucial ficar atento ao lucro distribuído pela empresa e a forma como são distribuídos os proventos.

    Veja algumas empresas que costumam pagar dividendos para seus acionistas mensalmente:

    Empresa 

    Código da Ação

    Banco Itaú

    ITUB3

    Banco Itaú

    ITUB4

    Banco Bradesco

    BBDC3

    Banco Bradesco

    BBDC4

    Banco Banestes

    BEES3

    Banco Banestes

    BEES4

    Empresas que pagam dividendos mensais. Data da pesquisa: 24/09/2019.

    Dicas para Diversificar Sua Carteira Focada em Pagamento de Dividendos

    null

    Certamente, você já ouviu falar sobre a importância de diversificar seus investimentos, aquela velha, mas válida, metáfora que diz para não colocar todos os ovos em uma só cesta.

    Afinal, essa é uma estratégia inteligente para proteger seu patrimônio.

    Ao investir em dividendos, vale a mesma regra.

    Então, ao montar sua carteira, você pode ter algo entre cinco e oito ações que pagam dividendos.

    Isso vai permitir que você possa estudar com cautela cada um dos ativos, além de fazer anualmente uma revisão da posição de cada uma delas no portfólio.

    Salomão sugere combinar empresas maduras, que tenham atividade previsível e que consigam apresentar resultados consistentes.

    Por outro lado, tente evitar as empresas que ficam mudando de lucro para prejuízo ano após ano.

    A partir daí, as regras para montar sua carteira de dividendos são as mesmas que você usaria para uma carteira normal de investimentos.

    Ou seja, diversificação e rebalanceamento são fundamentais, como ensina o analista:

    “Às vezes, acontece algum evento que faz uma das ações defensivas cair. Nesse cenário, é importante avaliar se isso aconteceu porque ela deixou de ser uma ação defensiva, ou se é porque abriu uma oportunidade de compra.”

    Perguntas Frequentes e Curiosidades Sobre Pagamento de Dividendos

    null

    Ainda tem dúvidas sobre dividendos?

    É possível que elas sejam solucionadas ao conferir as respostas às perguntas mais frequentes sobre o assunto.

    Fique ligado!

    Como Calcular o Valor de Dividendos?

    A forma mais usada para calcular o valor dos dividendos é multiplicando o valor que a empresa pagará de dividendos por ação pelo número de ações que você possui.

    Por exemplo, se uma empresa paga R$ 0,35 por ação e você tem 1.000 ações, então, vai receber R$ 350 em dividendos.

    Contudo, as empresas podem anunciar o valor dos dividendos em um percentual do valor da ação, como 0,5% do preço da ação, por exemplo.

    Nesse caso, basta multiplicar o percentual pelo valor da ação para encontrar o valor dos dividendos.

    Por exemplo, se uma ação está sendo negociada por R$ 50 e a empresa vai pagar 2,5% do valor dela, então, os dividendos serão de R$ 0,25 (0,5% x 50 = 0,25).

    Feito isso, basta multiplicar o valor dos dividendos pelo número de ações que você tem para descobrir quanto vai receber de dividendos.

    Voltando ao exemplo anterior, se você tem 1.000 ações, vai receber R$ 250.

    Como Funciona o Dividend Yield?

    O Dividend Yield (DY) é o indicador que apresenta a relação entre os dividendos pagos pela empresa e o preço recente da ação.

    Ou seja, ele mede o desempenho da companhia com base nos proventos pagos por ela aos seus acionistas.

    Por isso, esse indicador é tão importante para quem pensa em montar uma carteira de investimento com foco em dividendos.

    Geralmente, você pode encontrar esse indicador nos principais portais de investimentos. Como opção, é possível calcular o DY - o que não é difícil.

    Para tanto, basta dividir o valor dos dividendos pagos em um período determinado pelo valor unitário da ação antes desse pagamento. O resultado disso você multiplica por 100 e pronto, terá o valor do DY.

    Para ficar mais claro, vamos fazer um exemplo prático.

    Vamos supor que você possua ações da Itaúsa (ITSA4) e a que empresa pagou, neste ano, R$ 2 de proventos por ação.

    Imagine que o preço da ação estivesse em R$ 11 antes do pagamento. Nesse caso, o valor do DY seria de 18,18.

    Veja como é feito o cálculo:

    calculo

    Esse exemplo mostra que cada ação rendeu 18,18% em dividendos no período.

    Claro que são apenas números hipotéticos. Além disso, você deve sempre lembrar que resultados passados não são garantia de resultados no futuro.

    Quando o ITSA4 Paga Dividendos?

    A Itaúsa (ITSA4) é uma das empresas mais procuradas pelos investidores que possuem foco em dividendos. A holding que controla o banco Itaú, entre outras empresas, é uma das maiores pagadoras de dividendos da B3, a Bolsa de Valores brasileira.

    Geralmente, a empresa paga dividendos trimestrais, mas, em alguns meses, podem ocorrer pagamentos de dividendos adicionais.

    Foi o que aconteceu em agosto de 2019, por exemplo, quando a empresa pagou R$ 0,3450 por ação para seus acionistas.

    Confira o histórico de pagamento de dividendos da Itaúsa em 2019:

    null

    Remuneração paga aos acionistas - Itaúsa - tela capturada em 24/09/2019.

    Como Investir em Dividendos com Pouco Dinheiro?

    Uma das maiores vantagens de comprar ações na Bolsa de Valores é que não há valor mínimo para investimento.

    Comprando no mercado fracionário, você pode começar a investir com menos de R$ 1 real - se for esse o valor unitário da ação uma empresa que paga dividendos.

    Contudo, você precisa avaliar com cautela as ações que vão compor sua carteira para definir se ela é uma boa pagadora de dividendos.

    Se você tem pouco dinheiro para investir, pode começar comprando algumas ações no mercado fracionário e, depois, fazer aportes periódicos, de acordo com as suas finanças.

    O ideal é começar o quanto antes e fazer aportes mensais, mesmo que pequenos. Além disso, você pode usar o dinheiro dos dividendos recebidos para fazer novos aportes.

    Escolha algumas ações para começar a investir e vá aplicando dinheiro sempre que puder, seguindo sempre a estratégia de escolher empresas sólidas que pagam bons dividendos.

    Conclusão

    null

    Fazer investimentos com foco em dividendos pode ser uma ótima oportunidade para quem deseja viver de renda.

    Mas, na hora de investir, é muito importante avaliar com cautela o cenário atual da companhia para acertar na estratégia.

    Montar o melhor portfólio de investimento em dividendos exige estudar muito sobre cada ação que pretende comprar.

    Conhecer as maiores pagadoras de dividendos em 2019, como você viu neste artigo, representa apenas o primeiro passo.

    Não esqueça de analisar os indicadores da empresa, os riscos de mercado, perspectivas para o futuro da companhia, endividamento, entre outros fatores.

    O ideal é buscar por companhias maduras, que tenham resultados constantes, além de negócios que não exigem altos investimento e que tenham bom caixa líquido.

    Aproveite para conferir também outros artigos sobre o universo dos dividendos.

    Gostou do artigo? Deixe seu comentário!

    Obrigado por ler até aqui!

     

    Top 5 Posts

    Posts Recentes