{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    9 Passos Importantes ao Investir Para Viajar + Melhores Investimentos

    by Equipe Rico on Outubro 19, 2018

    investir para viajar introducao

    Investir para viajar é uma prática que pode ajudar você a realizar o seu sonho muito antes do que você imagina.

    Juntar dinheiro para conhecer um novo lugar e estar em contato direto com outra cultura, por exemplo, é uma ótima forma de enriquecer suas experiências de vida.

    Para isso, você precisa contar com um bom aporte financeiro e muito planejamento. Uma das melhores formas de alcançar esse objetivo é optando por investir para viajar.

    Mas também é importante que você saiba quais são as melhores opções de investimento para esse fim.

    Caso você faça as escolhas certas e tenha disciplina, você poderá até acumular mais do que o esperado. 

    Pensando nisso, preparamos um texto completo para ajudar você a investir para viajar da maneira mais rentável possível.

    Então, nesse artigo você vai:

    • Saber Quanto Dinheiro Economizar por Mês para Fazer uma Viagem
    • Conhecer as 9 Passos Importantes ao Investir Para Viajar
    • Aprender a Investir Dinheiro para Viajar (Melhores Investimentos)

    Se você tiver qualquer dúvida, deixe um comentário no final da página.

    Boa leitura!


    Quanto Dinheiro Economizar por Mês para Fazer uma Viagem?

    investir para viajar quando dinheiro economizar

    Economize e invista para viajar.

    Realizar a viagem dos sonhos pode parecer uma realidade um pouco distante para algumas pessoas, mas não precisa ser assim.

    Uma viagem pode trazer diversos benefícios para você, como aprender um novo idioma, conhecer pessoas e culturas diferentes e aumentar o sentimento de independência. 

    Assim, o seu networking tanto pessoal quanto profissional também podem ser beneficiados. 

    Mas antes de pensar em fazer uma viagem, você precisa se planejar financeiramente.

    A melhor maneira para isso é economizando e investindo. Afinal, uma viagem demanda recursos financeiros que variam de acordo com o destino e roteiro desejados.

    Porém, independente de qual seja a sua escolha, é importante que você saiba quanto economizar por mês para viajar. 

    Não existe uma resposta certa ou errada para essa questão. Tudo o que você precisa fazer é definir quanto irá gastar com a sua viagem e conhecer as melhores opções de investimentos para viajar. 

    Se você fosse apenas deixar seu dinheiro em sua conta corrente, essa conta seria simples, sendo necessário apenas dividir o valor total por 12.

    No entanto, essa não é a forma mais rápida e eficiente de alcançar os seus objetivos financeiros.  


    9 Passos Importantes ao Investir Para Viajar

    Investir para viajar é um passo fundamental para conseguir alcançar esse objetivo de maneira rápida e eficaz.

    Mas, para isso, você precisa montar uma estratégia e segui-lá à risca.

    O primeiro passo é definir o destino desejado. Assim, você pode fazer uma pesquisa na internet ou procurar uma agência de viagem da sua confiança.

    Com isso, você saberá o custo total da sua viagem, podendo definir melhor os seus investimentos.

    Para ajudá-lo no seu planejamento financeiro, montamos um passo a passo com todos os detalhes. Confira: 

    1. Defina suas metas

    Antes de mais nada, você precisa definir qual é a sua meta financeira. Quanto você precisa ter para viajar? Quanto você quer ter de sobra no seu orçamento?

    Ao responder a essas perguntas fica mais fácil de saber quanto você precisa economizar para investir e viajar. 

    Então, assim que você definir uma meta, mantenha-se focado para alcançá-la.

    Ter um planejamento financeiro é fundamental para que você alcance o seu objetivo e para que consiga administrar o seu dinheiro da melhor maneira possível durante a viagem.

    Então, anote todas as entradas e saídas do seu orçamento. Leve em consideração até aqueles gastos que são pequenos, como um cafezinho diário. 

    Você pode fazer uso de planilhas e de aplicativos de celular para isso.

    2. Quando é a viagem? Defina um prazo

    Defina quando você realizará a sua viagem. Dessa forma, fica muito mais fácil saber em quanto tempo a sua meta precisará ser atingida.

    Além disso, isso facilita o seu planejamento para investir para viajar. Assim, você consegue saber quanto precisa aplicar por mês e em quais ativos. 

    3. Tenha disciplina 

    Depois de saber exatamente quanto você precisa economizar por mês, você também vai precisar ter disciplina para separar esse valor.

    Uma dica é encarar essa quantia como sendo uma despesa essencial. Assim, acaba ficando mais fácil evitar possíveis gastos desnecessários e supérfluos.

    4. Mude seus hábitos

    A mudança de hábitos é essencial para que você consiga investir para viajar.

    Então, em vez de pagar por uma mensalidade de academia, você pode se exercitar ao ar livre, por exemplo. 

    Outra possibilidade é você preparar o próprio almoço em vez de comer fora, entre tantas outras ações. 

    O importante é que você tente cortar o máximo de gastos possíveis para investir. É claro, o ideal é conseguir manter o padrão de vida da sua família. Então, procure um bom equilíbrio entre esses dois fatores.

    5. Organize sua vida financeira

    Para que os itens anteriores sejam possíveis, você precisa se organizar financeiramente

    Então, anote todas as dívidas que você tem, todas as entradas e saídas, a fim de se organizar. 

    Pague suas dívidas, e só depois comece a investir para não se enrolar ainda mais.  

    6. Aprenda a economizar dinheiro para viajar

    Quanto mais dinheiro você tiver para investir, mais rápido você vai alcançar os seus objetivos.

    E isso não acontece apenas pelo montante inicial ser maior. Mas quanto mais você investe, mais o seu dinheiro pode ser beneficiado com a atuação dos juros. 

    Então, como você já sabe, mudar os hábitos pode ser uma ótima solução. 

    7. Tire o dinheiro da poupança

    Manter o seu dinheiro na poupança pode ser sinônimo de baixa rentabilidade. Atualmente, o rendimento atual desse ativo está em 4,55%. 

    Assim, o poder de compra de quem opta por poupar é bastante reduzido pelo poder da inflação.

    Existem outros produtos, como o Tesouro Selic, que podem render mais do que a poupança e com a mesma segurança dela. 

    8. Conheça o seu perfil de investidor

    É fundamental que você conheça o seu perfil de investidor antes de investir para viajar. Assim, você poderá entender quais são os melhores ativos.

    Você pode ser conservador, moderado ou agressivo (também chamado de arrojado). Dessa forma, você entende qual é a sua real tolerância a riscos, e encontra o investimento mais adequado. 

    Para isso, algumas questões são analisadas, como sua idade, situação financeira (renda e patrimônio), conhecimento do mercado e, claro, seus objetivos.

    Na Rico, ao abrir sua conta, tudo o que você precisa fazer é responder a algumas perguntas na nossa plataforma de investimentos para ter acesso a uma análise de perfil de investidor gratuita.

    9. Abra conta em uma corretora segura

    Para começar a investir para viajar, você precisa abrir uma conta em uma corretora de valores confiável, como a Rico

    Em 2018, a Rico foi eleita a melhor corretora de valores para o pequeno investidor, principalmente por oferecermos os melhores custos-benefícios do mercado.


    Como Investir Dinheiro para Viajar - Confira os Melhores Investimentos

    Se você quer investir para viajar, pode optar pelos investimentos indicados no nosso vídeo abaixo. Confira: 

     1. Tesouro Selic

    O Tesouro Selic (LTN) é um dos títulos pós-fixados mais populares. Principalmente por ser bastante seguro, já que o seu emissor é o Governo Federal e sua chance de falência é muito baixa. 

    A sua volatilidade também é bem baixa. Ou seja, seu preço nominal varia pouco com o tempo. Assim, a diferença entre o valor de compra e o de venda tende a ser pequena.

    • Resgate do valor aplicado

    Esse título possui uma alta liquidez, ou seja, possui um resgate facilitado. Você pode resgatá-lo a qualquer momento sem que exista tempo mínimo de carência.

    • Imposto de Renda

    O Tesouro Selic tem a incidência de IOF e de Imposto de Renda.

    O IOF (Impostos sobre Operações Financeiras) é cobrado se o seu investimento for resgatado dentro de 30 dias. Após isso, sua aplicação está isenta dele.

    Já o Imposto de Renda funciona de maneira regressiva. Ou seja, quanto menos tempo o seu dinheiro ficar investido, maior será a "mordida do leão".

    Veja a seguir como funciona essa cobrança:

    • Até 180 dias - 22,5% da rentabilidade somente
    • Entre 181 e 360 dias - 20% da rentabilidade somente
    • Entre 361 e 720 dias - 17,5% da rentabilidade somente
    • Mais que 720 dias - 15% da rentabilidade somente
    • Rendimento

    A rentabilidade desse título é atrelada à performance da Taxa Selic. Com isso, os seus ganhos podem oscilar até a sua data de vencimento ou na data de resgate.

    • Taxa de administração

    Dois custos precisam ser considerados nessa aplicação: um é cobrado pela BM&FBOVESPA e o outro pela instituição que vendeu o título, como uma corretora de valores, por exemplo.

    A taxa que é cobrada pela BM&FBOVESPA, é de 0,30% a.a. Ela incide sobre o valor do papel e referente às informações e movimentações dos saldos e aos serviços de guarda dos títulos. 

    O segundo tipo de taxa depende da corretora que você usou para realizar o seu investimento. Aqui na Rico, por exemplo, você não paga nenhuma taxa para investir em ativos da renda fixa. 

    Então, escolha sempre uma corretora confiável, como a Rico.

    2. CDB

    CDB é um investimento bastante conhecido pelos investidores da renda fixa. Isso se dá principalmente por conta da sua rentabilidade e segurança.

    • Resgate do valor aplicado

    Existem CDBs que só podem ser resgatados na data de vencimento e outros, de liquidez diária, que podem ser regatados a qualquer momento.

    Desta forma, todos os dias geram lucros à sua aplicação e você pode receber o valor do seu resgate dentro de 1 dia útil.

    • Imposto de Renda

    Ao investir em um CDB, você fica sujeito à cobrança do IOF e do Imposto de Renda regressivo. 

    Ambas as cobranças seguem as mesmas regras do Tesouro Selic, mencionadas acima.

    • Rendimento

    Escolher um CDB ao investir para viajar pode ser uma ótima opção para você. Isso porque você pode obter rendimentos acima do benchmark da renda fixa, sem muitas complicações.

    Além disso, esses títulos podem ser, pós-fixados, prefixados ou híbridos (possui uma taxa de rentabilidade composta por duas partes: uma fixa e uma variável).

    • Taxa de administração

    Muitos bancos cobram uma taxa de administração por esse tipo de aplicação. Porém, aqui na Rico, você não paga nada para investir em CDBs.

    3. Fundos DI de resgate diário

    Um fundo DI é um fundo referenciado, possuindo um benchmark. Com isso, ele tem um objetivo de rendimento que deve alcançar esse indicador.

    • Resgate do valor aplicado

    Um fundo DI de resgate diário não possui período de carência. Assim, você não precisa esperar um determinado prazo para resgatar o seu dinheiro. É ideal para quem busca flexibilidade.

    • Imposto de Renda

    Como acontece nos títulos supracitados, há a incidência do IOF sobre valores retirados dentro de 30 dias após a data da aplicação e o Imposto de Renda que segue a tabela regressiva.

    • Rendimento

    Normalmente a rentabilidade de um fundo DI acompanha a taxa DI, que é o próprio CDI.

    • Taxa de administração
    Ao investir em um fundo DI, você precisa pagar uma taxa de administração. Tal taxa serve para a remuneração das instituições que gerem e administram esse ativo. É como se você estivesse pagando os gestores por cuidarem do fundo para você.

    Essa taxa é refletida na rentabilidade do fundo.

    É importante ressaltar que, na Rico, essa taxa já reflete na rentabilidade apresentada pelo fundo. Ou seja, o rendimento apresentado no material do fundo é o que ele realmente está rendendo, já com as despesas descontadas.

    O bom é que o fundo DI possui uma das menores taxas de administração do mercado. Então, você pode encontrar fundos DI na plataforma Rico com taxas menores ou de até 1% ao ano.

    • Proteção contra volatilidade

    Mesmo que a instituição financeira pela qual você investiu vá à falência, seu capital estará seguro. Isso porque, juridicamente, o patrimônio do fundo fica separado do patrimônio da instituição.

    4. Fundo cambial para viajar

    Um fundo cambial é composto por investimentos em moeda estrangeira, como os títulos públicos de outros países. Os mais comuns são os de euro e de dólar.

    • Resgate do valor aplicado

    O resgate do seu capital pode ser feito a qualquer momento após a aplicação.

    • Imposto de Renda

    O Imposto de Renda regressivo e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) são cobrados na fonte. Assim, você não precisa se preocupar com o recolhimento desses tributos.

    • Rendimento

    O rendimento desse tipo de ativo depende de como a moeda estrangeira vai se comportar.

    Assim, você é beneficiado com o aumento da moeda estrangeira em questão e sofre perdas de rentabilidade quando há uma desvalorização cambial.

    • Taxa de administração

    Ao investir em um fundo cambial, você paga uma taxa de administração que remunera a instituição financeira em questão por gerir e administrar o fundo.

    Pode ou não existir a cobrança da taxa de performance. Esta incide sobre a rentabilidade que excede o indicador de referência do fundo.

    • Proteção contra volatilidade

    Esse tipo de fundo é indicado para proteger o seu capital das flutuações de moedas estrangeiras. Então, se você for viajar para fora do país, essa pode ser uma ótima opção.

    Mas não se esqueça de conferir se esta é a melhor aplicação para o seu perfil de investidor.


    Conclusão

    investir para viajar conclusao

    Investir para viajar é uma ótima opção.

    Investir para viajar pode ser uma ótima opção para quem quer juntar dinheiro de maneira mais rápida.

    Para aproveitar a rentabilidade dos seus investimentos da melhor maneira possível, você precisa seguir os seguintes passos:

    • Defina suas metas
    • Quando é a viagem? Defina um prazo
    • Tenha disciplina 
    • Mude seus hábitos
    • Organize sua vida financeira
    • Aprenda a economizar dinheiro para viajar
    • Tire o dinheiro da poupança
    • Conheça o seu perfil de investidor
    • Abra conta em uma corretora de segurança

    Depois disso, defina qual ou quais tipos de investimentos são os melhores para que você consiga alcançar os seus objetivos de maneira eficaz de acordo com o seu perfil de investidor.

    Se você quiser continuar aprendo mais sobre investimentos, confira os seguintes artigos:

    Caso você tenha alguma dúvida ou sugestão, não deixe de comentar no espaço abaixo.

    Bons investimentos!

    Abrir-Conta-Rico-Investimentos

    Topics: Como começar a investir

    Top 5 Posts

    Posts Recentes