{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Como interesse e bom senso ajudam a investir melhor

    by Gloria Maciel | 5 de Outubro, 2016

    Desde muito cedo ouvia meus pais falando sobre investimentos, algo positivo considerando que isso não é a realidade na maior parte das famílias brasileiras. Naquela época (décadas de 80 e 90), lembro que os sinônimos de investimentos eram a conhecida caderneta de poupança e os imóveis.

    iStock_30487286_LARGE.jpg

    O tempo passou, eu cresci e aos poucos fui percebendo como foram fundamentais os papos que tínhamos em casa. Aprendi com os meus pais que é importante cuidar do nome, não se endividar e sempre praticar a regra de ouro das finanças pessoais: gastar menos do que ganhar e investir.

    Dito isso, coloco abaixo uma mensagem interessante que recebi de um leitor, que também recebeu conselhos e hoje tem dinheiro investido, mas precisa buscar melhores rentabilidades. O foco aqui é na atitude fundamental para começar novos investimentos: interesse.

    A história dele talvez possa ser parecida com a sua e o que fez a diferença para tirá-lo da inércia (e da poupança) foi o desejo de algo melhor a partir de conhecimento adquirido sobre o tema. Educação, formação e prática. Acompanhe o relato:

    “Navarro, os conselhos em casa fizeram sempre muito sentido e a partir disso consegui superar momentos de turbulência, guardei um bom dinheiro na poupança e não tenho nenhum tipo de dívida.

    Alguns dias atrás um amigo me chamou a atenção para um investimento que ele dizia ser muito seguro, chamado de Tesouro Direto.

    Esse amigo, especialista em finanças, me explicou alguns detalhes que me deixaram bastante curioso, principalmente quando comparou a rentabilidade do Tesouro Direto com o que atualmente oferece a poupança.

    No dia seguinte, fui até o meu bancoe por sorte minha agência não estava com todos os funcionários em greve. Cheguei, sentei e fui logo buscandoinformações sobre o Tesouro Direto.

    Para minha surpresa, percebi que o gerente não estava muito à vontade para falar sobre esse investimento. Em alguns momentos, ele até tentou desconversar, falando sobre outras aplicações oferecidas pelo banco.

    Depois de algum tempo, ele resolveu abrir o coração e disse que o Tesouro Direto não é um dos produtos que ele estava acostumado a indicar para seus clientes e que o banco não fazia muita questão de incentivar os correntistas a conhecer e investir diretamente nos títulos públicos.

    Decepcionado, voltei a conversar com meu amigo. A partir daquele momento, passei a buscar informações e conteúdo para entender melhor sobre melhores alternativas de investimento, inclusive fora dos bancos tradicionais.

    Preciso dizer que sempre ouvi falar que os bancos estão cada vez mais apertando seus profissionais para vender e cumprir metas. Presenciei essa realidade e não gostei nada do que vi.

    Meu amigo indicou algum material mais robusto sobre o tema e começou a falar mais sobre outros produtos de renda fixa que despertaram ainda mais minha curiosidade. Também por isso descobri o seu trabalho e resolvi mandar esse depoimento”.

    Interesse, bom senso, curiosidade, educação e prática. A história deste leitor retrata perfeitamente o trabalho que realizamos, diariamente, com o objetivo de demonstrar que investimentos melhores que a poupança não são complicados e dependem muito mais de conhecimento e vontade própria que de publicidade ou propaganda.

    Se você também é um investidor acomodado e que ainda não migrou seus investimentos para alternativas mais seguras e rentáveis, não perca mais tempo. Saia de sua zona de conforto. Dê o primeiro passo investindo em conhecimento e aprendizado – a confiança logo virá como consequência (e mais dinheiro também).

    Até a próxima!

    Ebook gratuito  "Guia de Investimentos em Renda Fixa"

    conrado_navarro-6-7.jpg Conrado Navarro é consultor educacional da Rico.com.vc,  idealizador do Dinheirama.com e autor de diversos livros e  eBooks de finanças pessoais e investimentos.

    Você também pode se interessar por:

    Topics: Finanças Pessoais

    Top 5 Posts

    Posts Recentes