{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    10 Fundos imobiliários baratos para investir em 2020

    by Time da Rico | 31 de Março, 2020

    fundos-imobiliarios-10-baratos-para-investir-em-2020

    Os fundos imobiliários permitem investir no setor sem exigir a compra e venda de imóveis, ou a sua locação.

    Na prática, você pode fazer isso aplicando em modalidades que exploram empreendimentos e dividem seus ganhos entre aqueles que participam.

    A aquisição de cotas de imóveis como hotéis, hospitais e shoppings centers tem garantido uma boa remuneração e uma rentabilidade atrativa para muitos brasileiros.

    Mas para tirar proveito dessas vantagens e ter acesso às melhores oportunidades em fundos de investimentos imobiliários (FIIs), é preciso conhecer o mercado e estudar as opções disponíveis.

    Analisando com cautela e buscando informações sobre os setores que estão se destacando na economia, você pode até mesmo encontrar fundos que pagam dividendos.

    Ou seja, pode estar aí uma alternativa de renda extra e passiva, aumentando seu patrimônio sem grande esforço.

    Esse é um passo que você dá agora, com a leitura deste artigo.

    A partir de agora, vamos abordar os seguintes tópicos:

    • O que é fundo imobiliário?
    • Quanto rende o FII?
    • Como são pagos os dividendos de fundos imobiliários?
    • Qual o valor mínimo para investir em um fundo imobiliário?
    • Ranking dos fundos imobiliários mais baratos para investir em 2020
    • Fundo imobiliário é uma boa alternativa para reserva de emergência?
    • Carteira de recomendações de fundo imobiliário baratos
    • Fundos imobiliários simulador: plataformas que ajudam a investir em FIIs

    Vamos em frente?

    Se restar alguma dúvida, é só deixar um comentário ao final do artigo.

    Nova call to action

    O que é Fundo imobiliário?

    fundos-imobiliarios-o-que-e

    Os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) são fundos de renda variável propostos para que pessoas possam investir em ativos imobiliários, como, por exemplo, em hotéis e shoppings centers.

    Existem, basicamente, três tipos de FIIs: 

    • Fundos de tijolo: imóveis físicos, como shoppings, escritórios e galpões logísticos
    • Fundos de papel: FIIs com papéis de renda fixa ligadas ao setor, como CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários) ou LCI (Letras de Crédito Imobiliário)
    • Fundos híbridos: misturam empreendimentos, títulos imobiliários e fundos de outros fundos.

    Os FIIs são a forma mais simples de você ter acesso a um imóvel sem que tenha que comprar o ativo em questão.

    Por meio desses fundos, você adquire uma cota e se torna proprietário de uma parte do empreendimento ou pode comprar papéis de imóveis.

    Enquanto cotista, recebe uma participação nos lucros, na proporção do número de cotas que possuir, a título de rendimentos. 

    Você pode ganhar dinheiro com os FIIs de duas formas: a partir da valorização da cota ou por meio da distribuição dos rendimentos feita pelo administrador do fundo.

    Atualmente, existem mais de 100 fundos imobiliários listados na Bolsa de Valores.

    E eles reúnem diversas opções de ativos, como hotéis, agências bancárias, galpões de logística, escritórios, universidades e hospitais.

    A maioria dos fundos negocia imóveis que estão para alugar, porém, existem opções para aqueles que estão interessados em investir na construção dos empreendimentos também.

    Prós e contras dos FIIs

    Entre as principais vantagens de se investir em FII, estão: baixo valor para investimento, possibilidade de receber aluguel dos fundos imobiliários, só paga Imposto de Renda na venda da cota valorizada e pode vender a cota quando precisar. 

    Já entre os pontos de atenção de um fundo imobiliário, estão o valor da taxa de administração e a baixa liquidez em algumas das opções. 

    Quanto rende o FII?

    fundos-imobiliarios-quanto-rende-FII

    Por ser um fundo de renda variável, os FIIs enfrentam oscilações no percentual de rendimentos, mas costumam resultar em um bom retorno aos investidores. 

    Se você está começando neste mercado, uma dica fundamental é evitar aplicar seus recursos em apenas um fundo.

    Como manda a regra da diversificação de investimentos, escolha ativos de perfis diferentes.

    Assim, seu dinheiro fica protegido da possível oscilação em um determinado setor.

    E se você está preocupado sobre o quanto vai receber com essa aplicação, vale saber que o rendimento ocorre de duas formas: na valorização das cotas e no recebimento dos aluguéis mensais. 

    No caso dos fundos imobiliários que integram a carteira recomendada da Rico, no período de 12 meses (de fevereiro de 2019 a janeiro de 2020) o rendimento foi de 48,50%.

    Esse é um resultado bem superior ao Índice BM&FBOVESPA Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX), que atingiu, no mesmo período, 29,19%. 

    Já na comparação com o CDI (Certificado de Depósitos Interbancários), que é referência para a renda fixa, a diferença fica ainda maior, que que ele rendeu apenas 5,65% nesse mesmo espaço de tempo.

    Qual o rendimento mensal de um fundo imobiliário?

    Para demonstrar a possibilidade de rendimento mensal de um fundo imobiliário, vamos seguir falando da carteira da Rico.

    No comparativo dos últimos doze meses, os papéis recomendados tiveram rendimento mensal variando positivamente: de 1,41% (abril e setembro) até 5,50% (maio). 

    No entanto, a carteira teve um ótimo desempenho no mês de dezembro de 2019, quando o ganho atingiu 22,60% - maior que o rendimento obtido nos primeiros oito meses desse período de avaliação. 

    Em comparação, o IFIX variou de 0,25% a 4,35%, com alta de 10,63% em dezembro - menos da metade da rentabilidade da carteira da Rico. 

    Observe esses números como referência, mas com cautela.

    Em primeiro lugar, porque rendimentos passados não garantem desempenho futuro.

    Em segundo, porque as oscilações em produtos de renda variável são bastante normais.

    Tanto é assim que janeiro de 2020 registrou ajuste frente à forte alta do mês anterior, resultando em queda de 10,42% na carteira de FIIs da Rico e de 3,76% no IFIX. 

    Tabela de rentabilidade de fundos imobiliários

    Para que você siga se aprofundando quanto à rentabilidade dos FIIs, criamos uma tabela que compara a evolução dos fundos imobiliários no período entre fevereiro de 2019 e janeiro de 2020.

    Confira!

    Mês

    IFIX

    Carteira Rico FIIs

    Fev/2019

    1,03%

    2,56%

    Mar/2019

    1,99%

    1,26%

    Abr/2019

    1,03%

    1,41%

    Mai/2019

    1,76%

    5,5%

    Jun/2019

    2,88%

    1,7%

    Jul/2019

    1,27%

    3,05%

    Ago/2019

    0,25%

    3,89%

    Set/2019

    1,04%

    1,41%

    Out/2019

    4,01%

    5,17%

    Nov/2019

    4,35%

    4,8%

    Dez/2019

    10,63%

    22,6%

    Jan/2020

    -3,76%

    -10,42%

    Desempenho mensal FIIs - Carteira Recomendada Rico x IFIX. A tabela acima não tem por finalidade a oferta de fundos de investimentos imobiliários. É uma imagem meramente ilustrativa, não configurando recomendação ou oferta.

    Como são pagos os dividendos de fundos imobiliários

    fundos-imobiliarios-como-sao-pagos-dividendos

    Dividendos nos FIIs são pagamentos periódicos liberados aos cotistas como parte dos lucros da aplicação.

    Os fundos imobiliários devem distribuir semestralmente, no mínimo, 95% do lucro líquido. Porém, na prática, a maioria faz essa divisão mensalmente. 

    No caso de um fundo que invista em imóveis para locação, a variação do lucro pode cair quando há atraso no pagamento do aluguel, repactuação para um valor mais baixo e o imóvel fica temporariamente vazio ou precisa de reformas.

    Por outro lado, esse lucro pode aumentar quando o valor dos aluguéis sobe ou há uma diminuição dos custos do fundo.

    A distribuição desse lucro é feita em dinheiro, a título de rendimentos, creditados diretamente na conta corrente do investidor. 

    O valor dividido é anunciado por cota e cada investidor recebe o correspondente ao número de cotas da sua carteira.

    Qual fundo imobiliário mais paga dividendos em 2020?

    Encontrar um FII que paga dividendos e analisar se ele deve fazer parte do seu portfólio exige observar outros fatores.

    Entre os principais, estão as distribuições de rendimento (que chamamos de Dividend Yield) e a relação Preço/Valor Patrimonial (P/VP), que, na prática, funciona como um indicativo de fundos baratos para investir.

    Na tabela abaixo, você encontra os 20 FIIs com maiores valores de dividendos em 2020, segundo levantamento do site Funds Explorer:

    Código do FII

    Setor

    Dividendo

    Dividend Yield

    DY (3M) Acumulado

    DY (6M) Acumulado

    DY (12M) Acumulado

    FAMB11B

    Lajes Corporativas

    R$ 28,43

    1,05%

    2,68%

    5,39%

    11,86%

    BBFI11B

    Lajes Corporativas

    R$ 27,16

    1,11%

    2,84%

    5,57%

    11,36%

    CXCE11B

    Outros

    R$ 20,12

    0,78%

    2,24%

    4,74%

    9,66%

    PQDP11

    Shoppings

    R$ 19,49

    0,58%

    1,20%

    2,62%

    5,33%

    FLRP11

    Shoppings

    R$ 13,52

    0,86%

    1,87%

    3,17%

    6,64%

    MAXR11

    Outros

    R$ 12,95

    0,60%

    1,64%

    3,40%

    8,24%

    HBTT11

    Títulos e Val. Mob.

    R$ 11,00

    0,86%

    2,18%

    3,90%

    7,98%

    MBRF11

    Outros

    R$ 8,50

    0,68%

    1,95%

    4,00%

    8,18%

    CXRI11

    Híbrido

    R$ 8,50

    0,58%

    3,63%

    6,52%

    10,53%

    SHPH11

    Shoppings

    R$ 3,60

    0,37%

    1,28%

    2,44%

    4,75%

    RNDP11

    Títulos e Val. Mob.

    R$ 3,53

    0,37%

    1,36%

    2,74%

    5,98%

    DMAC11

    Residencial

    R$ 3,45

    0,73%

    2,21%

    4,42%

    8,91%

    FIIB11

    Híbrido

    R$ 2,80

    0,52%

    1,47%

    3,00%

    6,44%

    HCRI11

    Hospital

    R$ 2,65

    0,62%

    1,78%

    3,70%

    7,79%

    PRSV11

    Lajes Corporativas

    R$ 2,10

    0,47%

    1,48%

    2,89%

    5,96%

    HCTR11

    Outros

    R$ 1,92

    1,58%

    3,76%

    6,03%

    0,00%

    FPAB11

    Lajes Corporativas

    R$ 1,70

    0,43%

    1,43%

    2,94%

    5,95%

    NSLU11

    Hospital

    R$ 1,69

    0,68%

    1,99%

    4,08%

    7,98%

    FAED11

    Outros

    R$ 1,58

    0,61%

    1,72%

    3,42%

    7,31%

    EDFO11B

    Lajes Corporativas

    R$ 1,52

    0,56%

    1,57%

    3,21%

    6,80%

    FIIs com maiores dividendos em 2020. Fonte: Funds Explorer. A tabela acima não tem por finalidade a oferta de fundos de investimentos imobiliários. É uma imagem meramente ilustrativa, não configurando recomendação ou oferta.

    Qual o valor mínimo para investir em um fundo imobiliário? 

    fundos-imobiliarios-qual-valor-minimo-para-investir

    Os valores para investimento nos fundos imobiliários variam bastante. 

    Atualmente existem cotas bem baixas, de menos de R$ 5. 

    Em contrapartida, outros exigem valores acima de R$ 4 mil para participar. 

    É importante estar atento aos custos para negociar os fundos imobiliários. 

    Se você negociar volumes muitos pequenos, os custos podem tornar a operação muito cara e até inviável financeiramente.

    Ranking dos fundos imobiliários mais baratos para investir em 2020

    Uma das melhores formas de avaliar quais são os FIIs mais baratos para se investir neste ano está na relação entre os valores de mercado e o patrimonial. 

    Essa diferença resulta no P/PVA. 

    Quanto menor esse indicador, mais em conta será o FII. 

    Na lista abaixo, você encontra algumas opções de investimentos com baixo P/PVA, com base nos dados do mercado relativos a janeiro (levantamento do site Economatica):

    1. GSFI11 - FII General - 0,53 
    2. RBVO11 - FII Riobcri2 - 0,59 
    3. EURO11 - FII Europar - 0,66 
    4. EDGA11 - FII Galeria - 0,71
    5. RBBV11 - FII JHSF Fbv - 0,90 
    6. XPCM11 - FII XP Macae - 0,90
    7. CARE11 - FII Dea Care - 0,91
    8. FIGS11 - FII Gen Shop - 0,94 
    9. BBFI11B - FII BB Progr - 0,99
    10. CNES11 - FII Cenesp - 0,99 

    Ranking de FIIs mais baratos em 2020. Fonte: Economatica. A tabela acima não tem por finalidade a oferta de fundos de investimentos imobiliários. É uma imagem meramente ilustrativa, não configurando recomendação ou oferta.

    Fundo imobiliário é uma boa alternativa para reserva de emergência?

    fundos-imobiliarios-uma-boa-alternativa-para-reserva-emergencia

    Construir uma reserva de emergência significa investir seu dinheiro em aplicações seguras, com boa rentabilidade e liquidez.

    Os fundos imobiliários podem ser esse tipo de ativo, desde que o investimento seja estudado e planejado, é claro.

    Sempre lembrando que os FIIs permitem que você tenha dividendos mensais provenientes dos aluguéis pagos aos administradores dos fundos. 

    Além disso, o momento da economia brasileira, que vem demonstrando sinais de recuperação (apesar das fortes oscilações do mercado devido ao coronavírus e a queda no valor do barril do petróleo), com a Taxa Selic em nível muito baixo e os índices de desemprego em queda. 

    Mas tenha em mente que, seja qual for a aplicação escolhida, a melhor forma de construir uma reserva de emergência é através da diversificação.

    Leia mais sobre a estratégia neste outro artigo do blog.

    Carteira de recomendações de fundos imobiliários baratos

    fundos-imobiliarios-carteira-de-recomendacoes-baratos

    Cliente Rico tem acesso a uma carteira recomendada de fundos imobiliários, especialmente  desenvolvida pelos nossos analistas e com acompanhamento mensal.

    No início de 2020, ela foi reajustada, a fim de ganhar mais rendimentos. 

    A composição atual é a seguinte: 40% em shoppings, 25% em ativos logísticos, 20% em recebíveis e 15% em lajes corporativas. 

    O shopping é um exemplo de resiliência durante a recessão e tem o potencial de recuperação do consumo para os próximos anos.

    Os ativos logísticos são justificados pelo tempo curto de construção, o que diminui o risco e apresenta mais estabilidade. 

    Os fundos de recebíveis apresentam alto rendimento e menor risco de perda de patrimônio.

    Já as lajes corporativas diminuíram seu percentual na carteira por causa da queda no otimismo com relação à melhora dos edifícios corporativos de alto padrão, especialmente na região de São Paulo. 

    Fundos imobiliários simulador: Plataformas que ajudam a investir em FIIs

    fundos-imobiliarios-simulador-plataformas-que-ajudam-investir-FIIs

    Para acompanhar de perto seus rendimentos, você pode acessar o site emissor dos fundos imobiliários da sua carteira.

    Nele, você obtém relatórios completos sobre o desempenho dos fundos, a distribuição dos rendimentos e outras estatísticas. 

    Outra opção é acompanhar diariamente as cotações, usando para isso a sigla do fundo imobiliário no home broker, seu painel de controle junto à corretora.

    Utilizando essas ferramentas, o investidor tem mais chances de encontrar o momento certo para realizar uma negociação.

    É o que acontece com o cliente Rico, que tem ainda mais plataformas ao seu dispor.

    Com a InvesTV, ele acompanha diariamente o mercado e os pregões, inclusive o dos fundos imobiliários, obtendo um cenário completo do panorama financeiro. 

    Conclusão

    Os fundos imobiliários são uma boa alternativa para quem quer começar a investir em renda viável ou diversificar sua carteira.

    Como vimos neste artigo, você pode obter rendimentos de duas formas: pela valorização das cotas e pelo recebimento de um valor sobre os aluguéis. 

    Porém, não esqueça que, para acertar na estratégia, é sempre importante analisar o cenário atual, especialmente em uma época de fortes oscilações. 

    Conhecer mais sobre os FIIs ajuda na escolha daqueles que podem lhe dar o melhor retorno financeiro.

    E a Rico é sua parceira nesse objetivo.

    Abra a sua conta agora!

    Obrigado por ler até aqui!

    Nova call to action

    Topics: Fundos de Investimento

    Top 5 Posts

    Posts Recentes