{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Tudo Sobre Fundo de Previdência Privada [Como Funciona]

    by Equipe Rico | 24 de Outubro, 2019

    fundo previdencia

    O fundo de previdência funciona como um fundo de investimento e pode ser atrativo para quem busca se aposentar com tranquilidade.

    Se esse é seu objetivo, você precisa começar a tomar as decisões financeiras certas hoje.

    Mas antes, é preciso entender melhor tudo sobre os fundos de previdência. 

    A verdade é que a mecânica de um fundo de previdência privada é bem simples de entender.

    Primeiro, você investe (cada fundo possui um valor inicial mínimo) e, depois, pode ir acumulando recursos com aportes mensais.

    Esse montante vai crescendo graças à magia dos juros compostos (efeito quando os juros rendem sobre juros) e, depois de muitos anos, você pode optar por receber a bolada de uma vez ou um salário mensal vitalício.

    Isso significa que o fundo de previdência serve só para quem está perto de se aposentar?

    Errado! 

    O fundo de previdência serve tanto para jovens quanto para adultos e idosos.

    O fato é que eles são produtos muito bons para praticamente qualquer objetivo de longo prazo - de 6 a até mais de 10 anos.

    Com a previdência privada, você pode construir uma herança, reservar dinheiro para pagar a faculdade dos filhos, criar uma aposentadoria complementar e garantir muitos outros planos para o futuro.

    Invista em Fundos de Previdência Privada

    Continue a leitura para poder dar o próximo passo rumo ao seu objetivo!

    O que é Fundo de Previdência Privada e Como Funciona?

    o que fundo de previdencia

    Um fundo de previdência é como um fundo de investimento de longuíssimo prazo

    Os fundos de previdência privada podem ser uma forma de investir para complementar a sua aposentadoria pública e também servir para bater metas de longo prazo, como comprar uma casa, por exemplo.

    Ou seja, o seu fundo de previdência pode ser a sua reserva para atingir objetivos futuros.

    Você pode inclusive compor um mix de fundos de previdência a fim de contemplar mais objetivos e diversificar o seu risco.

    Mas como funciona um plano de previdência privada?

    Na previdência pública, atualmente, o Governo usa suas contribuições ao INSS para pagar aqueles que estão aposentados agora, deixando você totalmente dependente das futuras gerações para receber seu benefício.

    Já a previdência privada guarda todo o dinheiro que é aplicado, investe em produtos de qualidade escolhidos pelo gestor do fundo e devolve tudo isso corrigido de uma vez ou em pagamento de salários.

    Ao escolher um plano de previdência privada, é necessário decidir entre o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). Vamos explicar a diferença no tópico abaixo.

    Tipos de Previdência Privada

    tipos de fundo de previdencia

    Veja os detalhes da previdência privada

    Entenda que investir é adquirir produtos financeiros. Então, nunca invista em algo que não conheça. 

    Isso é como entrar em uma concessionária e comprar qualquer carro, sem saber se ele é econômico, seguro e adequado para os seus objetivos ou comprar um smartphone de forma aleatória. 

    Então, para começar a entender o que é um fundo de previdência privada, você precisa compreender 3 coisas de forma muito clara:

    • Diferença entre PGBL e VGBL
    • Tributação Progressiva e Regressiva
    • Categorias de fundos de previdência

    Invista em Fundos de Previdência Privada

    Continue lendo para saber mais:

    PGBL ou VGBL

    PGBL significa Plano Gerador de Benefício Livre, enquanto VGBL é Vida Gerador de Benefício Livre.

    Para saber qual é melhor para você, a primeira pergunta a ser feita é:

    Quando você declara seu imposto de renda, você o faz de forma simples ou completa? 

    Essa resposta depende se as suas despesas dedutíveis (gastos com dependentes, educação, saúde etc) somadas ao quanto você contribui para o INSS e ao quanto você pode investir em PGBL (limitado a 12% da sua renda anual) ultrapassam ou não o valor de R$ 16.754,34 ao ano

    Se ultrapassam, você deve ser optante do PGBL, porque poderá pagar menos impostos e, caso não, o VGBL é o mais recomendado.

    Fundo de Previdência PGBL

    É ideal para quem declara o Imposto de Renda de forma completa já que o imposto é cobrado sobre o valor total do investimento, mas conta com uma dedução na contribuição do IR anual. A tributação também é cobrada apenas no momento do resgate do dinheiro.

    Ao optar por um fundo de previdência PGBL, você pode deduzir excluir até 12% da sua renda bruta tributável anual. O que ultrapassar isso não é dedutível. Por isso, essa opção não é recomendada para quem deseja aplicar mais de 12% da sua renda bruta anual. 

    Ao solicitar o resgate desse tipo de investimento, a alíquota incide sobre o valor total do fundo, incluindo o montante acumulado mais os seus rendimentos.

    A vantagem disso é que os seus rendimentos serão também sobre o valor que seria pago ao IR, aumentando sua rentabilidade até o fim do período.

    Saiba mais sobre o plano PGBL aqui

    Fundo de Previdência VGBL

    Se você declara o imposto simples, o VGBL é o mais indicado.

    Ao solicitar o resgate nesse regime, a alíquota incide apenas sobre os rendimentos.

    No VGBL, não existem limites sobre a sua contribuição. É possível ultrapassar o valor de 12% da sua renda e ter um benefício proporcional.

    Confira tudo sobre o plano VGBL aqui

    Tipos de Tributação do Fundo de Previdência Privada

    tributacao-fundo-de-previdencia

    O segundo passo é optar pelo tipo de tributação

    Se você optar pelo plano regressivo, a alíquota do imposto diminui ao longo do tempo, começando em 35% em até 2 anos (por isso não é recomendado para curto prazo) e chega na menor alíquota de 10%, investindo acima de 10 anos. 

    Veja abaixo:

    Tempo de contribuição

    Alíquota %

    Até 2 anos

    35

    De 2 a 4 anos

    30

    De 4 a 6 anos

    25

    De 6 a 8 anos

    20

    De 8 a 10 anos

    15

    Acima de 10 anos

    10 

    Esse plano pode não ser muito recomendado para quem deseja resgatar antes de 8 anos de aplicação.

    A tabela progressiva pode ser mais indicada para esse tipo de objetivo, mas, nesse caso, vai depender do valor que você irá resgatar. 

    Veja abaixo:

    Base de cálculo anual em R$

    Base de cálculo mensal em R$

    Alíquota %

    Até 22.847,76

    Até 1.903,98

    Isento

    De 22.847,88 até 33.919,80

    De 1.903,99 a 2.826,65

    7,5%

    De 33.919,92 até 45.012,60

    De 2.826,66 a 3.751,05

    15%

    De 45.012,72 até 55.976,16

    De 3.751,06 a 4.664,68

    22,5%

    Acima de 55.976,16

    Acima de 4.664,68

    27,5%

    Não faz muito sentido investir para uma aposentadoria ou outro investimento de longo prazo e resgatar a curto prazo. Por isso, o ideal é manter o dinheiro aplicado e seguir fazendo aportes para resgatar após 10 anos.

    Neste caso, opte pelo sistema de tributação regressiva. Pouquíssimos investimentos conseguem uma alíquota tão baixa como essa de 10%. Isso faz toda a diferença a longuíssimo prazo.

    Categorias de Fundos de Previdência

    previdencia rico

    As categorias dos fundos são definidas de acordo com sua estratégia de investimentos

    Cada fundo de previdência privada conta com uma estratégia de investimentos que é administrada por um gestor.

    Essa estratégia pode ser mais arriscada ou mais conservadora. Quanto mais arriscada, maior a volatilidade, podendo trazer mais lucro a longo prazo ou prejuízo no curto prazo. É como um fundo de investimentos comum. Tudo depende do seu prospecto.

    Por isso, você precisa analisar diversos fatores como:

    • Estratégia
    • Gestor
    • Histórico de Rendimento
    • Risco do Fundo
    E outros detalhes

    Mas como funciona um fundo de investimento?

    Um fundo funciona de forma parecida com um condomínio residencial. Cada morador é dono de uma casa (cota) e remunera um síndico ou administrador (gestor do fundo) para gerir e manter o condomínio organizado (portaria, salão de festas, jardins etc).

    No condomínio, existem normas. No fundo, existe o regulamento, no qual estão descritas todas as regras, como prazo de aplicação, horários, custos e o mais importante: a taxa de administração.

    Somente um fundo de investimento poderia possibilitar o acesso a uma gestão profissional que diversifica o capital em muitos ativos, que, muitas vezes, não seriam acessíveis ao pequeno investidor.

    Assim, é fundamental escolher com cuidado o seu fundo de previdência. Na Rico, nós selecionamos os melhores gestores para que você não corra o risco de estar exposto a estratégias mal fundamentadas.

    Então, essa escolha depende dos seus objetivos e claro, do seu perfil de investidor.

    Não é recomendado, por exemplo, que uma pessoa conservadora que deseja segurança comprometa 20% da sua renda bruta em aplicações agressivas de longa prazo.

    Veja os tipos abaixo:

    Renda Fixa Pós-fixados

    O fundo de previdência de renda fixa pós-fixada aplica majoritariamente em Tesouro Direto e ativos indexados a algum indicador de referência como o CDI.

    Renda Fixa Pré/Inflação

    Esse tipo de fundo de previdência se difere do pós-fixado porque seus produtos têm uma variação híbrida, que pode ser prefixada e/ou atrelada à inflação ou ao CDI.

    Multimercados Macro

    Os multimercados possuem uma estratégia que leva em conta o contexto macroeconômico de médio e longo prazo. Eles possuem liberdade para investir renda fixa, câmbio, ações, derivativos e investimento no exterior.

    Ações

    Esse tipo de fundo apresenta uma carteira de ativos da renda variável diversificada e conta com um gestor profissional para alocar os recursos.

    Além da diversificação, uma das maiores vantagens é contar com um profissional que tem o conhecimento para investir em ações.

    Vantagens e Desvantagens de Investir em um Fundo de Previdência Privada

    Os fundos previdenciários são muito recomendados para aposentadoria e objetivos de longuíssimo prazo. No entanto, além das vantagens, esses produtos também possuem desvantagens.

    Saiba mais:

    Vantagens

    • Abatimento do IR - você pode deduzir os aportes em previdência PGBL se declara pelo formulário completo.
    • Melhor alíquota de IR - tributação de apenas 10% ao investir por mais de 10 anos.
    • Liberdade - por meio da portabilidade, é possível trocar seu fundo e seguradora de forma simples e sem ter que pagar resgatar, pagar IR e investir de novo.
    • Resgate flexível - você pode efetuar resgates mensais ao longo da fase de acúmulo ou receber tudo no final do período de forma integral ou em pagamentos mensais
    • Sucessão patrimonial - em caso de falecimento, o patrimônio investido não entra no processo de inventário e testamento e de acordo com as regras do seu estado, pode ser que nem haja desconto do Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doações (ITCMD).
    • Isenção de come-cotas - a maior parte dos fundos têm a incidência da antecipação semestral do IR enquanto na previdência o pagamento do imposto é só no momento do resgate.

    Desvantagens

    • Taxas - todo plano possui a taxa de administração cobrada pelo gestor e pode possuir outras taxas de acordo com o banco ou corretora.

    🔴 Atenção:  Na Rico, o custo é zero para investir em fundos de previdência.

    • Tributação - você pode ter que pagar mais tributos que o necessário se resgatar no curto prazo ou se optar pelo tipo de previdência errada para o seu perfil.
    • Composição - a rentabilidade depende de acordo com a composição dos investimentos do fundo e você não tem controle sobre isso, portanto conheça os tipos de ativos de cada fundo.
    • Riscos - o seu fundo pode render menos do que você espera ou mais, além disso, o ativo não possui cobertura do FGC.
    • Período de carência - se você precisar desse dinheiro a curto prazo você pode ter perdas
    • Rentabilidade - muitos investimentos (como ações por exemplo) podem trazer mais rendimento, principalmente se você for capaz de fazer uma gestão ativa de carteira. Mas é verdade também que de modo geral a rentabilidade é proporcional aos riscos de um investimento. 

    Fundo de Previdência ou Fundo de Investimento comum?

    Se você quer resgatar em menos de 8 anos, aproveitando uma tendência do mercado de curto, médio ou longo prazo, o ideal pode ser investir em fundos de investimentos.

    Se você quer contemplar objetivos de longo prazo, opte pelo fundo de previdência. Ele possui a vantagem de não ter come-cotas. Esse evento é familiar ao investidor de fundos.

    Trata-se de uma antecipação do Imposto de Renda em fundos de renda fixa, multimercado e cambial. A tributação ocorre de forma semestral e ela segue uma tabela regressiva. 

    Todo Fundo de Previdência Privada é Bom?

    Claro que não!

    Existem MUITOS planos de previdência por aí que possuem um excesso de taxas que diminuem a sua performance.

    Essas taxas são como âncoras que não deixam o seu patrimônio decolar ao longo dos anos.

    Fique atento, principalmente, aos fundos de previdência oferecidos por grandes bancos. Normalmente, eles não são um bom negócio para você, investidor. 

    Por mais que seu gerente indique e tenha uma boa intenção, pesquise bastante sobre o fundo antes.

    E se você já adquiriu um produto desse tipo, faça a portabilidade para a Rico. Você não paga nada por isso e terá acesso a uma vasta seleção de fundos de previdência com taxas muito competitivas.

    Reforma da Previdência em 2019

    Com as mudanças na estrutura populacional e no próprio formato da Previdência Social, os planos de previdência privada estão se tornando cada vez mais interessantes para os brasileiros. 

    Hoje, a população vive muito mais tempo do que no passado.

    Na prática, isso significa que as pessoas aproveitam a sua aposentadoria por um prazo maior - e quem garante que seu benefício seja pago são aqueles que contribuem com o INSS.

    Segundo dados dos IBGE, em 1980, a expectativa de vida do brasileiro era de cerca de 62 anos. Já para 2060, ela deve passar para cerca de 81 anos.

    Diante disso, é esperado que a proporção de pessoas aposentadas aumente em relação ao número de contribuintes. 

    No longo prazo, isso cria um desafio importante para as contas públicas.

    Diante disso, o Governo Federal aprovou na Câmara a proposta de Reforma da Previdência que muda as regras da previdência.

    Mais recentemente, a proposta também foi votada e aprovada no Senado.

    As mudanças nas regras podem impactar a vida das pessoas e os investimentos do mercado.

    Pensando nisso, é importante analisar bem o cenário de qualquer investimento antes da aplicação.

    Hoje, mais de 80% dos planos de previdência de renda fixa rendem abaixo do CDI.

    Na Rico, é possível ter acesso a fundos que renderam acima disso, conforme mostra essa comparação:

    Captura de Tela 2019-09-13 às 19.59.42New Call-to-action

    Conclusão

    fundo previdencia conclusao

    Pronto para investir em um fundo de previdência privada?

    Realizar os grandes sonhos e ter um futuro mais tranquilo é o que todos desejam. Para chegar lá, você precisa tomar uma decisão agora de organizar sua vida financeira e ter uma mentalidade rica.

    O primeiro passo é planejar o seu futuro.

    Onde você quer estar daqui 1, 2, 5, 10, 20 anos?

    Crie uma linha do tempo com seus objetivos e invista de acordo com o caminho desejado.

    Claro que você precisará revisar esses planos e ajustá-los. Afinal, você evoluirá com o passar do tempo, ganhará mais mensalmente, terá novas fontes de renda e também terá mais conhecimento para investir em diferentes produtos.

    Dessa forma, você será um investidor consciente e acima da média.

    Se quiser continuar aprendendo sobre investimentos, leia estes outros artigos do blog:

    Ao chegar nas metas acima de 10 anos, considera os fundos de previdência. E não esqueça: fique por dentro de todos os detalhes desse tipo de produto antes de investir como, por exemplo, seu regime de impostos, categoria de risco, estratégia do gestor e etc.

    Tenha acesso aos planos de previdência mais renomados do mercado

    Se ficou com qualquer dúvida, comente abaixo!

    Bons investimentos!

    Abra sua conta 03

    Topics: Como começar a investir

    Top 5 Posts

    Posts Recentes