{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    82 Dicas de Como Economizar Dinheiro

    by Rico.com.vc | 30 de Março, 2017

    como economizar dinheiro

    Seja em tempos de bonança ou principalmente em tempos de crise, a grande maioria das pessoas deseja saber como economizar dinheiro.

    Afinal, qual é o melhor jeito de guardar dinheiro? Como começar o ano economizando?

    Essa busca constante é legítima, e nada tem que ver com ser sovina, ou numa linguagem mais popular, ser “pão duro”.

    Afinal, nossa relação com o dinheiro se estende para outras esferas da vida, e buscar uma vida financeira equilibrada é buscar uma vida melhor.

    Se aumentar a renda é um desafio que requer mais tempo e esforço, a saída rápida é entender como saber guardar dinheiro no dia a dia.

    Para ajudar você neste processo, criamos esse interessante texto, que apresenta 82 dicas de como economizar dinheiro. É praticamente um guia, cheio de ideias legais e muito práticas, com dicas para você economizar em casa, métodos para guardar dinheiro e muito mais!

    Se antes de aprender a economizar dinheiro, você precisa pagar suas dívidas, comece por esse post aqui: Como sair das dívidas, o guia completo.

    Nosso objetivo com isso é ajudar você a aprender como economizar dinheiro e se tornar um investidor.

    Assim você será capaz de multiplicar o seu patrimônio de forma consistente, para então usufruir de uma vida mais confortável e poder realizar alguns de seus sonhos que dependem do dinheiro.

    Afinal, o dinheiro, se bem utilizado, é um ótimo instrumento de melhoria da qualidade de vida!

    Assista ao vídeo abaixo para saber como guardar 100 mil reais investindo:

    Antes de partir para as 82 dicas para guardar dinheiro, precisamos acertar alguns pontos a seguir:

    Antes de tudo, pague suas dívidas

    como economizar dinheiro pagar dividas

    Controle o orçamento, corte supérfluos se tiver dívidas e negocie com os credores

    As dicas que você verá neste texto vão dar ideias de como economizar dinheiro. Ao fazer isso, se você possui dívidas, a primeira coisa a fazer é se livrar delas.

    De nada adianta você investir com retornos de x% ao mês e pagar prestações de um empréstimo com taxas de 2x% ao mês. O contrário até poderia fazer sentido, mas ainda assim, os cálculos precisam ser bem feitos

    Muita gente fica desesperada para encontrar fórmulas que explicam como sair das dívidas. Em termos matemáticos, a solução é bem simples, e falaremos sobre ela no próximo tópico, mas uma boa parte do problema está também no lado psicológico.

    Precisamos aprender a reconhecer nossos problemas e buscarmos uma força de vontade tal, que seja capaz de modificar os hábitos nocivos de consumo, que terminam levando muitas pessoas ao endividamento destrutivo.

    Gaste menos do que você ganha

    Esta é a regra áurea do equilíbrio financeiro. É o objetivo de grande parte do trabalho voltado à educação financeira.

    Curiosamente é algo muito simples, porém difícil de ser praticado: você precisa aprender a gastar menos do que ganha (e investir a diferença).

    Não há outro modo de formar patrimônio para alcançar suas metas financeiras, sejam elas de curto, médio ou longo prazo. Portanto, sem mistério. Há duas alternativas apenas para equilibrar essa balança: ganhar mais ou gastar menos.

    Reserva financeira

    Outro ponto importante antes de avançarmos nas dicas de como economizar dinheiro é a questão da formação de um fundo de reserva para as emergências.

    Por mais que você seja (ou aprenda a ser) um exímio planejador, os imprevistos acontecem. Um desemprego, um acidente, uma doença. Ter dinheiro à mão, guardado numa aplicação financeira de fácil resgate (liquidez), é algo muito importante. Isso gera mais tranquilidade no caso de algo sair do controle.

    O valor depende muito de sua renda e do seu estilo de vida. Uma sugestão média seria ter uma reserva do tamanho de 6 a 12 vezes a sua renda líquida atual.

    Aprenda a fazer uma planilha de gastos

    Aqui temos algo que, se você ainda não faz, precisa começar o quanto antes: aprender como economizar dinheiro com uma planilha de controle de gastos.

    Todas as pessoas que pretendem ter uma vida financeira saudável precisam incluir na sua rotina o controle de quanto dinheiro entra e sai, e preferencialmente fazer isso todos os dias.

    Ao utilizar uma planilha de controle, você conseguirá ver o quanto está gastando e com o que está gastando. Ao completar a semana ou o mês, você terá uma visão mais ampla dos seus hábitos de consumo, e perceberá se está priorizando seus gastos adequadamente.

    Se não estiver, você já vai saber exatamente o que deve deixar de comprar para aprender como economizar dinheiro. Se precisar de uma planilha de controle de gastos, simples e fácil de usar, baixe agora a nossa gratuitamente.

    Faça já o DOWNLOAD  da Planilha! ;)

    Por que poupar dinheiro é muito importante? (guarde pelo menos 10% dos seus ganhos)

    Depois que você aprendeu a controlar seus gastos, e considerando que já está praticando a regra áurea da educação financeira (gastar menos do que se ganha), então você agora terá condições de entender como fazer para economizar dinheiro.

    Ou seja, separar um dinheiro para acumular, investir e alcançar seus objetivos de vida que dependam de dinheiro.

    Sugerimos que, ao invés de você poupar dinheiro de maneira aleatória, guardando uma quantia em um mês e outra diferente no mês seguinte, que você estabeleça um valor fixo, que represente uma porcentagem da sua renda.

    Dessa forma, você sempre estará poupando de forma proporcional ao dinheiro que recebe. Não há uma porcentagem ideal para isso, mas há uma sugestão mínima de 10% da sua renda. Quanto mais você conseguir, mais rápido atingirá seus objetivos.

    E nunca se esqueça disso: poupar por poupar não faz sentido. Poupar é importante para você conquistar suas metas, para fazer seus sonhos (que dependem de dinheiro) se tornarem realidade.

    No vídeo abaixo, preparamos 3 dicas rápidas para quem deseja guardar dinheiro para conseguir ir ao Mundial da Rússia, em 2018:

     

    Como economizar dinheiro mesmo ganhando pouco

    como economizar dinheiro ganhando pouco

    Ganhar pouco não é motivo para dseixar de poupar. Adote as nossas dicas e veja como é possível

    Eis aqui um desafio: como economizar dinheiro ganhando pouco. Muitas pessoas se apoiam no fato de que ganham pouco, e por isso não têm condições de poupar, mas esse é um pensamento errado.

    Não podemos nos acomodar nesta ideia, até porque se o fizermos, estaremos fadados ao fracasso financeiro e a não conseguir realizar nossos sonhos.

    Assim, para ajudar você, apresentamos essas 82 formas de como economizar dinheiro. E se você chegou a pensar em como poupar dinheiro ganhando um salário mínimo apenas, elas também vão servir para você.

    1. Registre e monitore todos os seus gastos e despesas

    Falamos mais acima sobre o uso de planilhas e até recomendamos uma leitura com dicas de vários tipos de planilhas. No entanto, a essência disso está no controle. É importantíssimo você monitorar seus gastos e despesas.

    Se você não se dá bem com planilhas, experimente os aplicativos dos smartphones (detalhes mais adiante, neste texto), que estão sempre à mão. E se você não é adepto da tecnologia, tudo bem. Um simples caderno de controle já serve. O importante é registrar o valor do gasto, a data e descrever o motivo do gasto.

    1. Crie um planejamento financeiro com prioridades, metas e prazos

    É necessário definir aquilo que é realmente importante para você e sua família, para que essas coisas sejam pagas ou compradas primeiro.

    Por exemplo, alimentação, contas de energia, água, gás, investimentos em educação, são exemplos de coisas prioritárias. Comprar ou trocar um carro, fazer uma viagem de lazer, comprar eletroeletrônicos, incluindo um celular da moda, são coisas que podem ser feitas depois.

    Por isso é importante definir e listar tudo aquilo que é necessário, e separar essas coisas daquelas que são apenas desejos.

    E ainda que queira comprar algo para satisfazer sua vontade, isso precisa ser feito no tempo certo, com planejamento, e sem atrapalhar os compromissos mensais.

    1. Troque peças de roupas com amigos ou parentes

    Itens de vestuário podem representar um valor significativo no orçamento mensal. Se você já não deseja mais utilizar uma peça de roupa que ainda esteja em bom estado de uso, que tal trocá-las com aquele familiar ou amigo que veste o mesmo número que você?

    Essa é uma forma criativa de repaginar o seu guarda roupas, e ainda economizar dinheiro.

    1. Converse sobre dinheiro com sua família

    Quando estamos aprendendo a economizar dinheiro, devemos levar esse aprendizado para todos os membros da família. Não adianta nada um esforço individual, enquanto os outros estão gastando de forma desordenada.

    É importante manter um diálogo franco e aberto sobre o dinheiro, para que todos os membros da família compreendam o seu papel na busca do equilíbrio financeiro do lar.

    1. Comprar à vista é sempre mais econômico

    Além de ser mais econômico, é também um excelente exercício para se gastar menos do que se ganha. Primeiro, você precisa juntar o dinheiro, e só depois, comprar o que precisa ou deseja.

    Aproveite também para negociar, pois quem tem dinheiro para pagar à vista, tem mais poder durante a negociação. E caso o vendedor não aceite dar desconto, não avance com a compra. Há outros vendedores dispostos a te vender por menos. Seja paciente e economize comprando à vista e com desconto!

    1. Tenha sempre uma reserva, principalmente se sua renda for variável

    Imprevistos acontecem. Então, quando você estiver poupando, primeiro faça um fundo de reserva, de pelo menos 6x o valor da sua renda mensal média.

    Coloque então esse dinheiro num investimento seguro, rentável e que seja fácil de sacar, como é o caso do Tesouro Direto (vamos falar mais sobre isso no fim desse texto).

    Assim, no caso da perda de um emprego ou de experimentar momentos difíceis no seu negócio, você terá condições de manter suas despesas fixas sem maiores preocupações.

    1. Evite fazer compras desnecessárias (nem sempre estar na moda é legal)

    Tenha cuidado com as propagandas, que dizem que para você ser bem aceito socialmente, você precisa comprar este ou aquele objeto. Essas são apenas técnicas de marketing para induzir você a comprar o que não precisa, como dinheiro que você não tem para impressionar quem não gosta de você.

    Cuidado com essas armadilhas emocionais. Seja uma pessoa autêntica e cuide de consumir somente aquilo que faz sentido para você (e não para as pessoas). Pessoas sinceras gostam de você pelo que você é e não pelo que você tem.

    1. Dê preferência para comer em casa

    dicas como economizar dinheiro

    Levar o almoço de casa para o trabalho, além de econômico é mais saudável

    Comer fora de casa com frequência talvez não seja uma necessidade. Precisamos ter cuidado com a quantidade de dinheiro que isso representa no orçamento mensal da família.

    Se você não consegue almoçar em casa por conta do trabalho, tudo bem, mas procure fazer os lanches matinais e vespertinos ou jantares na sua própria casa. Além de ser mais saudável, será bem mais barato.

    1. Fique atento aos descontos e oportunidades sazonais

    Depois de datas que representam maiores vendas para o comércio em geral, como Natal, dia das mães, pais e crianças, é comum vermos produtos em desconto. Essas podem ser verdadeiras oportunidades de comprar algo por um preço acessível.

    Fique atento para saber se os descontos são reais. Para isso, tenha paciência, e pesquise o preço do produto desejado algumas semanas antes dessas datas comemorativas, depois veja o preço durante o período de consumo, e então veja o preço com desconto após o período de consumo. Assim terá certeza se o desconto é real ou apenas “simbólico”.

    1. Planeje programas baratos nos finais de semana

    Frequentar lugares legais aos fins de semana é algo muito bom, mas quando precisamos encontrar maneiras de como economizar dinheiro, a busca por programas alternativos e criativos se torna uma prioridade.

    Que tal um lanche em casa com os amigos, ao invés de comer fora? Repense seus programas noturnos, que costumam ser caros, e aproveite para acordar mais cedo no domingo e desfrutar o dia.

    Um piquenique no parque ao invés de um passeio num shopping (onde a tentação pelo consumo irá te incomodar o tempo todo) poder ser algo muito agradável. Um passeio de bicicleta, idem. Enfim, seja criativo e busque alternativas que resgatem um jeito simples, agradável e barato de curtir a vida.

    1. Busque sempre diversificar suas fontes de renda

    Recordando algo importante que já mencionamos, para alcançar o equilíbrio financeiro, ou precisamos gastar menos ou ganhar mais. Assim, um jeito de economizar dinheiro é ganhando mais dinheiro, e você pode fazer isso criando outras formas de gerar renda.

    Uma profissão muito versátil é ser um(a) vendedor(a). Escolha um produto com o qual você gosta de trabalhar (perfumaria, cosméticos, roupas, acessórios, eletrônicos) e experimente compra-los no atacado e revender no varejo, intercalando a atividade com a sua fonte de renda principal.

    Considere também dar aulas, ensinando aos outros alguns conhecimentos específicos que você tenha. Você poderá fazer isso ao vivo, ou pela internet, através de ferramentas simples ou até de plataformas profissionais.

    1. Participe de promoções e sorteios (é sua chance de economizar muito)

    como economizar dinheiro com promocoes
    Aproveite oportunidades como promoções e sorteios. Vai que a sorte está ao seu lado?

    Esta aqui é uma dica sobre como economizar muito dinheiro! Sempre que você ver aquela promoção que envolve algum tipo de sorteio de bens de maior valor, como carros ou motocicletas, procure participar.

    Se a sorte estiver do seu lado, você poderá levar um desses bens para casa, mas não para utilizá-los. Lembre-se: a ideia é você multiplicar o seu patrimônio para realizar os seus sonhos. Então o ideal é vendê-los para transformá-los em recursos financeiros, que representarão um belo salto no seu patrimônio.

    1. Vai fazer um intercâmbio? Concilie oportunidades de trabalho

    Uma experiência no exterior é algo fantástico e que abre portas para muitas outras oportunidades de melhoria de vida. No entanto, sabemos que é caro o planejamento e execução de um intercâmbio.

    Uma maneira de aliviar os custos e até de gerar receitas, é conciliar o intercâmbio com um trabalho no exterior. Dependendo do trabalho, a viagem toda sairá de graça, e você ainda voltará como bolso cheio!

    1. Você não precisa ter o último modelo de smartphone

    Você já reparou quem em poucos meses um novo modelo de smartphone surge? Isso será sempre assim, e o apelo sempre o mesmo: você precisa experimentar essas últimas funcionalidades espetaculares! Será?

    Muitas vezes um smartphone simples é capaz de suprir mais de 80% daquilo que você precisa. Como eles são aparelhos que sofrem grande depreciação em um curto espaço de tempo, para que trocar com frequência, pagar caro, e jogar dinheiro fora?

    E se for comprar ou trocar, considere também a compra de aparelhos usados em bom estado de conservação. Isso fará uma grande diferença no seu bolso.

    1. Priorize os seus gastos (seja rigoroso com o seu planejamento)

    Planejar é uma coisa, executar, é outra. Muita gente compreende a importância de um bom plano para priorizar os gastos com aquilo que realmente interessa. O problema é que poucos colocam isso em ação.

    Chega de postergar. A partir de hoje, cuide de executar aquilo que você planejou com rigor. Não seja você mesmo o sabotador da sua vida financeira.

    1. Utilize a tecnologia a seu favor (dicas de aplicativos para controle financeiro pessoal)

    como economizar dinheiro aplicativo celular

    Hoje há diversos aplicativos gratuitos para controlar suas financas pessoais, confira nossas sugestões

    Aproveite seu smartphone para também entender como economizar dinheiro. Existem aplicativos muito bons para ajudar você no seu controle financeiro pessoal. Vamos deixar aqui duas dicas para você experimentar hoje mesmo:

    - Dinheirama Organizze;

    - Guia Bolso.

    1. Quando for sair com os amigos sugira opções com melhor custo x benefício

    É muito comum os amigos sugerirem um local para sair, pensando apenas em preferências pessoais, sem levar em conta o custo para desfrutarem dos benefícios apontados. É legal questionar se existem opções mais baratas e que também oferecem as vantagens procuradas pelo grupo.

    1. Pesquise muito antes de comprar qualquer coisa (nem sempre o caro é o melhor)

    Qualidade nem sempre está associada ao preço do produto. Muitas vezes, o que ocorre é um pesado trabalho de marketing e propaganda para posicionar bem a marca do produto a uma determinada classe social, fazendo com que as pessoas entendam que aquele produto é caro, mas é excelente.

    Questione esse conceito, e pesquise com mais rigor sobre o produto que deseja comprar. É possível encontrar alternativas muito boas e com preços bastante inferiores.

    1. Você precisa mesmo ter um carro? (More perto do trabalho)

    Vamos falar mais sobre os automóveis num conjunto de dicas específicas, mais abaixo, mas já adiantamos que possuir um veículo é possuir um bem que gera muitas despesas, além de sua própria depreciação.

    Considere o fato de residir mais próximo dos locais onde você trabalha, a fim de evitar o uso do carro nos seus deslocamentos diários. Em várias situações pode ser mais barato utilizar transportes alternativos (taxi, Uber, ônibus, bicicleta) do que ter seu próprio carro.

    1. Faça exercícios ao ar livre (Evite pagar academia)

    como economizar dinheiro exercicios ar livres

    Você não precisa pagar mensalidade de academia para não usar. Ande de bike, faça caminhadas.

    Houve um tempo em que as academias não existiam, e ainda assim, as pessoas se exercitavam, praticavam esportes e mantinham sua saúde em dia.

    Considere praticar esportes ao ar livre, como caminhada, corrida, e exercícios funcionais, que utilizam o próprio peso do corpo para tonifica-lo. Esse é um jeito de manter a saúde em dia, depender menos de gastos com medicamentos, e ainda economizar na academia.

    1. Leve almoço de casa para o trabalho (e cuidado com os happy hours)

    Almoçar fora todo dia pode sair bem caro. Que tal fazer comida em casa, montar o seu próprio marmitex e levar para comer no local de trabalho? Muitas pessoas fazem isso, e além de economizar dinheiro, ainda se alimentam de uma forma mais saudável!

    Até as empresas já estão se adaptando a isso, proporcionando um ambiente adequado para seus colaboradores comerem lá mesmo. Aproveite e experimente!

    1. Sempre busque formas alternativas para cortar gastos

    Antes de realizar qualquer compra, pare e pense: é possível eu fazer isso de uma forma mais barata, ou mesmo não comprar e resolver o meu problema de outra maneira? Coloque sua criatividade para funcionar! Este é um exercício que precisamos nos habituar a fazer sempre.

    1. Pare de ir em Shoppings Centers

    Ah! Os shopppings! Como é gostoso passear por lá e comprar umas coisinhas, não é mesmo? Errado. Considerado por alguns como sendo o “templo do consumo”, esses locais precisam ser evitados ao máximo se você quer mesmo economizar dinheiro e tem dificuldade.

    Sempre que possível, procure realizar suas compras pela internet, ou em comércios locais. Se realmente precisar ir ao shopping para comprar algo, faça isso de forma objetiva, cuidando para não ser “laçado” por alguma propaganda persuasiva.

    1. Alimente-se bem, previna-se de doenças

    Como economizar dinheiro com medicamentos, que estão cada vez mais caros? Simples: fique menos doente. Como? Cuidando melhor da sua alimentação, que é o combustível do seu corpo.

    Diminuir o consumo de alimentos cárneos (já ouviu falar da segunda sem carne?), por exemplo, e aumentar a ingestão de frutas e hortaliças, fará um grande bem para o seu corpo, além de diminuir consideravelmente os riscos de contração de doenças. Várias outras iniciativas similares também contribuirão de forma positiva.

    1. Opte por ter um celular pré-pago

    Este é um jeito bacana de limitar seus gastos com o telefone celular. Ao optar por um plano pré-pago, você passa a utilizar o seu celular sob demanda, evitando desperdiçar o pagamento de planos mensais mais caros, onde você não chega a consumir todos os minutos ou banda de internet contratada.

    1. Escolha medicamentos genéricos (pergunte sempre ao seu médico)

    Muitos médicos indicam apenas medicamentos de referência, pois são comissionados para tal. É um direito seu perguntar por uma alternativa genérica, de um bom laboratório. As economias podem ser maiores que 50%!

    1. Beba água filtrada ao invés de mineral

    Comprar água mineral envazada pode ser um hábito caro. A exceção de pessoas que sofrem problemas muito específicos de saúde, o uso da água filtrada resolve o problema de hidratação de uma forma muito mais econômica.

    1. Economize energia (comece apagando as luzes)
      como economizar dinheiro poupar energia

    Substituir lâmpadas incandescentes pelas de led resultará em um custo menor na conta de luz

    Atenção para os gastos com energia elétrica. Ao sair de um ambiente, apague as luzes. Faça também os cálculos para uma possível substituição de lâmpadas convencionais por lâmpadas de led, em especial nos cômodos mais utilizados da casa.

    Atenção aos aparelhos que ficam no modo “stand by”. Eles ficam consumindo uma pequena energia, mas de modo contínuo. E atenção ao uso do chuveiro elétrico, o vilão das contas de energia. Seja responsável e moderado ao utilizá-lo.

    1. Evite contratar serviços. Resolva você mesmo pendências e tarefas terceirizadas

    Há muitas coisas simples no nosso cotidiano que podem ser resolvidas por nós mesmos. Desde pequenos reparos em nossa residência, até a realização de tarefas relacionadas ao nossos trabalho ou estudos.

    Antes de contratar alguém, pare e pense se você mesmo pode resolver. Troque alguma horas na frente da televisão pela realização dessas tarefas. Talvez elas até se transformem numa nova fonte de renda para você, ao realiza-las para outras pessoas.

    1. Não descuide. Tenha um plano de saúde

    Imprevistos acontecem. Eles podem incluir desde a manifestação de doenças inesperadas até acidentes que causem danos corporais. Se possível, considere a contratação de um plano de saúde que esteja dentro das suas possibilidades financeiras.

    Avalie também a contratação de seguros contra doenças graves, que são alternativas interessantes.

    1. Não abra mensagens com ofertas de produtos (descadastre-se de listas de produtos)

    Procure se expor menos às investidas publicitárias, em especial àquelas que utilizam as mídias digitais. Todos nós recebemos vários e-mails diários com ofertas “irresistíveis e únicas” que se não forem aproveitadas “agora mesmo”, jamais voltarão.

    Essas são apenas técnicas de marketing para provocar em você o desejo de compra imediata. O melhor a fazer é se descadastrar dessas listas de e-mails ou produtos para evitar que você seja pego pela tentação de comprar algo que não precisa no momento.

    1. Conseguiu um dinheiro extra no mês? Então, guarde!

    Um risco que muita gente corre é o de conseguir um dinheiro extra no mês, mas não ter a disciplina de investir numa boa aplicação financeira (falaremos sobre isso mais adiante). Como diz um velho ditado, “dinheiro nas mãos é vendaval”...

    Portanto, não perca o foco. Invista o dinheiro extra que você conseguir, para alcançar seus objetivos maiores. Fique firme e não se renda ao consumo fútil.

    Faça o teste agora mesmo

    1. Sempre que fizer uma compra fora do planejamento, estabeleça uma punição (10% do valor vai para os investimentos)

    Esta é uma maneira de você buscar uma compensação por um gasto fora do planejado. O objetivo desta “punição” é lembrá-lo que você deve ser esforçar ao máximo para manter o foco na economia de dinheiro. E ainda irá te ajudar a manter o saudável hábito de poupar.

    1. Pague o que deve antes de poupar. Se preciso, renegocie suas dívidas

    Esta é uma dica importante. Se você tem algum tipo de dívida, é desejável que você primeiro as pague, para só então começar o seu processo de poupar para investir. Isso porque os juros de uma dívida costuma ser maior que os rendimentos de uma aplicação financeira.

    Então não faz sentido você acumular com juros menores e manter uma dívida com juros maiores. Livre-se dessa dívida para ver o seu dinheiro se multiplicar com mais velocidade.

    1. Férias? Pode ser um bom momento para ganhar um dinheiro extra

    economizar-dinheiro-renda-extra.jpg

    Você pode fazer alguns trabalhos em casa para ganhar uma renda extra. Seja criativo!

    Que tal aproveitar suas férias para exercitar o seu lado empreendedor? Aproveite suas habilidades para prestar serviços no estilo “freelancer”. Aproveite para  para revender produtos, oferecer algum serviço relacionado à sua ocupação ou fazer alguns quitutes em casa para vender.

    Outra dica é: se você perceber que não está precisando das férias para descansar, verifique na empresa onde você trabalha se existe a possibilidade de vender alguns dias de suas férias e conseguir um dinheiro extra com isso.

    1. Aprenda a fazer pequenos reparos em roupas

    Não dispense o uso de uma roupa por conta de uma pequena falha. Procure você mesmo fazer alguns reparos para aumentar a vida útil daquela peça.

    Raspar as bolinhas de uma blusa de lã com uma lâmina de barbear, fazer a barra de uma calça, cerzir um minúsculo furo, costurar uma peça ou tingir uma calça desbotada. Esses são exemplos entre muitos reparos que você pode fazer para utilizar aquela roupa por mais tempo, evitando gastos com novas peças.

    1. Evite sair. Programe encontros com os amigos em casa

    Se você tiver que escolher apenas uma dessas duas coisas, qual escolhe? Encontrar os amigos num local simples, ou sair para um local bacana, porém sem os amigos? É bem provável que você tenha escolhido a primeira opção.

    A companhia de pessoas agradáveis é o que realmente importa. Sendo assim, para quê gastar mais num encontro fora de casa, se você pode passar horas muito agradáveis com seus amigos na sua casa o na casa deles? Fica muito mais barato e vocês ainda ficarão mais à vontade para curtir o bate papo!

    1. Seque suas roupas utilizando um varal

    como economizar dinheiro em casa
    Pequenas atitudes em casa fazem uma grande diferença no seu bolso

    As famosas máquinas de secar roupas ajudam bastante naqueles dias chuvosos, mas se você se organizar melhor no uso e lavagem das roupas, poderá utilizar apenas os varais para secar suas roupas.

    As máquinas de secar consomem muita energia elétrica. Portanto, se puder evita-las, fará uma economia considerável.

    1. Compre coisas importadas de fora (peça para um amigo que for viajar)

    Existem muitos países que oferecem produtos de excelente qualidade e por um preço muito mais barato do que no Brasil. Isso ocorre principalmente pelas diferenças na cobrança de impostos e também na relação de valorização/desvalorização entre as moedas dos países (câmbio).

    Assim, se você puder aproveitar a viagem de um amigo e pedir a ele para trazer alguns itens que você precisa, certamente fará uma boa economia. Mas cuidado para não abusar da boa vontade do seu amigo, hein?

    1. Pague todas suas contas no mesmo dia

    Concentrar o pagamento das suas contas num único dia do mês irá te ajudar no seu controle financeiro. A partir daquela data, você saberá que os pagamentos prioritários já foram feitos. Isso ajudará você a separar o importante do supérfluo.

    1. Pratique o desapego de coisas que não são mais úteis (venda ou troque)

    Algumas pessoas são verdadeiras acumuladoras de coisas. Por onde se olha vemos algum objeto exposto ou jogado em algum canto da casa. Muitos desses itens sequer estão sendo utilizados, mas ainda possuem valor para outras pessoas.

    Que tal fazer uma inspeção geral na sua casa e listar todos os objetos que você não usa mais e que podem ser vendidos para outra pessoa ou trocados por algo útil a você? Essa é uma maneira legal de economizar dinheiro.

    1. Tem conserto? Então evite comprar novo

    Desde um bem de maior valor, como um carro ou moto, até pequenos eletrodomésticos, é desejável que você opte por consertar um defeito ao invés de trocar por um novo. As chances são grandes de um reparo custar muito menos, e manter o seu produto funcionando bem por muito tempo.

    1. Use programas de milhagem e fidelização

    Os programas de milhagem e fidelização são formas interessantes que as empresas encontraram para manter seus clientes e oferecer vantagens a eles em troca de algum benefício. Assim, procure participar desses programas e usufrua dessas vantagens para viajar e economizar dinheiro.

    1. Se estiver de mal humor, não vá as compras

    Sabemos que há uma forte relação entre nossas emoções e nossos hábitos de consumo. Muitas pessoas consideradas consumidoras compulsivas, alcançaram este estágio por se habituarem a aliviar suas dores emocionais através das compras.

    Tenha muito cuidado com isso, e evite fazer compras quando estiver mal humorado, pois suas emoções poderão te trair e levá-lo a comprar coisas apenas para você se sentir melhor.

    1. Use dinheiro vivo em vez de cartões

    como economizar dinheiro pague a vista
    Se para você é difícil controlar os gastos, evite usar cartões e prefira pagar com dinheiro

    Esta é uma atitude curiosa e que funciona. Ao manusear o dinheiro nas mãos, e conta-lo para realizar um pagamento, sua mente fará uma reflexão muito mais profunda sobre a quantidade de dinheiro que você está usando para pagar, do que se você o fizer com um cartão magnético.

    Assim, experimente ir às comprar usando dinheiro vivo como forma de pagamento. Você irá economizar mais com este hábito.

    1. Que tal fazer um cofrinho? Pode ser divertido e muito econômico

    Quantas vezes você já ignorou aquelas moedinhas que são devolvidas como parte do troco em suas compras? Quando somadas, elas podem representar uma quantia em dinheiro que será útil para seus gastos ou nas suas economias. Portanto, resgate o conceito do cofrinho!

    1. Utilize cupons de desconto (dicas de sites com cupons de desconto)

    Existem vários sites que oferecem cupons de desconto para restaurantes, teatros, shows, viagens, tratamentos estéticos, etc. Visite esses sites para conhecer a também ficar por dentro das promoções e aproveitar as ofertas.

    Uma boa opção para isso é utilizar o site SaveMe, pois ele reúne ofertas dos principais portais de cupons de desconto.

    Como economizar dinheiro em suas compras no supermercado

    Os próximos 7 itens são dicas de como economizar dinheiro no supermercado, que costuma ser um local onde deixamos boa parte de nosso dinheiro.

    1. Nunca vá ao supermercado sem uma lista

    Ficar “namorando” as gôndolas de um supermercado para levar aquilo que seus olhos gostarem, pode ser um hábito perigoso, que atrapalha o seu orçamento pessoal ou familiar.

    Antes de fazer as compras, monte uma lista detalhada com os itens que você realmente precisa comprar. Isso irá te ajudar a manter o foco no momento das compras, além de otimizar o seu tempo.

    1. Fique de olho nos preços, promoções e opções alternativas

    Se for para “namorar” as gôndolas, então vamos fazer do jeito certo: procurando promoções e alternativas mais baratas para você comprar os itens da sua lista. Um mesmo produto pode ter até o dobro do preço por uma simples diferença de marca. Fique atento.

    1. No sacolão você pode encontrar melhores preços

    Evite comprar frutas e verduras nos supermercados. É mais barato comprar em comércios especializados nestes tipos de produtos, como as feiras de rua e os sacolões.

    1. Aproveite as frutas da estação

    E falando em frutas, você já deve ter percebido que o preço de algumas delas varia bastante a depender da época do ano. Assim, prefira consumir as frutas da estação, que sempre terão um preço mais atraente do que aquelas que estão mais escassas.

    1. Você pode cultivar em casa

    Que tal plantar algumas hortaliças e frutas na sua casa, e usufruir de um alimento fresco, saudável e muito barato? Se houver essa possibilidade, experimente. Além da diversão envolvida no processo, você ainda vai economizar seu dinheiro.

    1. Vá a um supermercado de atacado

    Estocar produtos não perecíveis poder ser algo muito interessante por dois motivos. Primeiro, porque comprando em maior quantidade (atacado) o preço por produto é menor. Segundo, porque em tempos de inflação, você “trava” o preço do produto no dia da compra.

    1. Experimente marcas diferentes

    como economizar dinheiro no mercado

    Experimente marcas mais baratas de produtos como os de limpeza, por exemplo

    O valor da marca também precisa ser considerando no momento das compras no supermercado. Marcas pouco conhecidas costumam ter preços menores. Experimente algumas delas, pois a qualidade poderá ser muito boa, mesmo sendo mais baratas.

    Como economizar dinheiro com o seu carro (se possível não tenha um)

    No item 19 já falamos para você avaliar a possibilidade não ter um carro. No entanto, quando isso não é possível, o que fazer para economizar dinheiro com o carro? As próximas 7 dicas são sobre este assunto.

    1. Busque opções de seguro mais baratas

    O seguro de um veículo custa em média entre 4 e 5% do valor do carro. No entanto, existem grandes variações de preço entre as principais seguradoras do mercado, e isso varia em função da marca e modelo do carro.

    Consulte um bom corretor de seguros, para que ele faça uma pesquisa adequada e te ajude a encontrar uma seguradora com a melhor relação entre o preço e os riscos da cobertura.

    1. Faça uma previsão de custos do carro (financiamento, manutenção, seguro, combustível, etc)

    Muita gente compra um carro sem ter uma boa noção de quanto custa mantê-lo. É importante simular os custos para você avaliar melhor se realmente deve comprar ou manter um carro, ou mesmo substituir seu carro atual por outro com menores custos.

    Considere o custo com a manutenção (óleo, reparos, pneus), seguro, combustível, depreciação anual do veículo, financiamento (se for o caso), estacionamentos, e outros. É importante ter uma visão realista sobre isso para buscar formas de economizar com o seu carro.

    1. Avalie diferentes possibilidades de pagamento ou financiamento

    Se você não tiver condições de comprar seu carro à vista, terá que se endividar para compra-lo. Tenha o cuidado de avaliar muito bem as condições de pagamento e os juros envolvidos, antes de avançar.

    Pesquise qual é a melhor forma de pagamento conforme sua disponibilidade financeira e necessidades. Para algumas pessoas, um leasing pode fazer mais sentido que um financiamento, por exemplo.

    1. Pesquise muito antes de comprar um carro - com quem tem experiência

    Hoje existem profissionais especializados em consultoria automotiva. Muita gente pensa que não vale a pena pagar por um serviço desses, mas acredite, este é um ótimo investimento. Comprar um carro que não atenda as suas necessidades, ou em um estado de conservação ruim, pode ser sinônimo de prejuízos financeiros.

    Se você não entende de carros, peça a ajuda de quem é especialista no ramo. São muitos os detalhes envolvidos, e a ajuda profissional é muito bem vinda.

    1. Você pode achar um veículo seminovo por um ótimo preço

    Não acredite no mito de que um carro novo é muito melhor que um usado. Ambos possuem seus riscos e podem gerar gastos extras para seus compradores, mas há uma diferença importante entre eles: comprar um bom carro usado é um modo de se economizar muito dinheiro.

    1. Escolha um modelo adequado a sua realidade

    como economizar dinheiro comprar carro

    Lembre-se que carro não é investimento, é custo. Pesquise bem antes de comprar.

    Muita gente compra um carro pensando em beleza ou status. Esses não são parâmetros inteligentes para se utilizar na escolha de um veículo.

    Você precisa pensar primeiro nas suas necessidades, o que inclui tamanho, robustez, espaço para malas, tipo de estrada que utilizará com frequência, etc. Assim você poderá comprar um carro adequado para você e sua família, e não apenas aquele que é “bonitinho”.

    1. Abra mão de acessórios supérfluos

    As montadoras encontraram um jeito de lucrar muito na venda de seus carros. A estratégia é pegar um carro simples, e colocar alguns adesivos e acessórios, além de realizar uns poucos ajustes na suspensão e coisas do tipo. Pronto! Assim nasce um carro “esportivado”, que custa muito mais e oferece praticamente as mesmas coisas que o modelo mais simples.

    Cuidado com esses detalhes e outros acessórios que são oferecidos no momento da compra de um carro novo. Tenha a atenção de separar o necessário do supérfluo.

    Como economizar dinheiro para comprar uma casa própria (se possível, alugue, não compre)

    Continuando nossas dicas sobre como guardar dinheiro, agora temos mais 6 itens relacionados a um assunto que divide opiniões: a compra (ou não) da casa própria.

    Temos uma cultura muito forte em nosso país voltada para a compra de imóveis. Com isso, as pessoas não costumam medir esforços para adquirir logo a sua. Será que é mesmo bom imobilizar uma grande quantia de capital, ou se endividar por décadas, para realizar este sonho, que também pode ser transformar num pesadelo?

    1. Evite utilizar o crédito para compras

    Ao financiar um imóvel, estamos assumindo um compromissos financeiro de longo prazo. Muitas coisas poderão acontecer no caminho, incluindo mudanças econômicas que podem afetar, inclusive, o preço das prestações.

    Se por algum motivo você não conseguir honrar com estas prestações correrá o risco de ter o imóvel tomado pelo credor, e receberá uma parcela do pagamento bem inferior, descontando os juros pagos e outros encargos.

    Considere a possibilidade de não utilizar o crédito para a compra de um imóvel, mas sim utilizar outras formas de moradia, enquanto economiza dinheiro para comprar à vista ou para construir a sua casa. Matematicamente falando, pode ser mais interessante, inclusive, morar de aluguel em vez de pagar o financiamento de um imóvel.

    1. Usufrua da casa dos seus pais para uma folga financeira

    Se houver essa possibilidade, more com seus pais por um tempo maior para economizar dinheiro com moradia. Talvez seja até possível realizar alguma pequena reforma na casa para você desfrutar de mais privacidade durante este período.

    1. Divida o apartamento com alguém

    como economizar dinheiro dividir o apartamento

    Em vez de morar sozinho, que tal dividir o apartamento com um amigo e também os gastos?

    Outra maneira eficaz de economizar dinheiro com a moradia é dividir um imóvel com familiares ou amigos. Tenha apenas o cuidado de combinar bem as coisas, para que os diferentes hábitos entre os moradores não ocasionem problemas de relacionamento. Vale à pena o esforço, pois a economia é grande.

    1. Não perca o controle pela empolgação

    Tenha muito cuidado quando você estiver pesquisando locais para morar. Esse é o tipo de decisão que costuma ser muito afetada por fatores emocionais.

    Assim, procure olhar todo o cenário de uma forma mais racional, evitando que empolgações momentâneas terminem por fazer com que você faça escolhas precipitadas, levando-o a perder dinheiro.

    1. Busque opções mais baratas ou menores

    Para quê morar num imóvel grande e caro, se você pode optar por um local menor e mais barato? Hoje em dia a rotina das pessoas é mais intensa, e passamos muitas horas fora de casa.

    É muito mais barato e prático, morar num local menor, fácil de manter a limpeza e a organização, além de haver menos espaço para ser preenchido com bugigangas sem utilidade real.

    1. Avalie suas condições reais para a compra do imóvel

    como economizar dinheiro comprar imovel

    Avalie se você pode se comprometer com um longo financiamento ou se seria melhor alugar um imóvel

    Você realmente tem condições financeiras para comprar um imóvel? Cuidado com as conversas dos vendedores, que soam bem aos ouvidos e são recheadas de técnicas persuasivas para levar você concretizar o negócio.

    Muitas pessoas se precipitam e compra um imóvel financiado sem ter fôlego financeiro para isso. O resultado é a inadimplência, a perda do imóvel, e muito dinheiro jogado fora. Aja de maneira sensata e não dê um passo maior do que a sua perna possa alcançar.

    Como economizar dinheiro em suas viagens

     

     

    Eba! Viajar é bom demais! Há quem diga que esta é a única coisa onde você gasta dinheiro e volta mais rico do que antes! Realmente as experiências variadas e a expansão mental que uma boa viagem proporciona, é algo difícil de mensurar.

    Ainda assim precisamos ter alguns cuidados na hora dos gastos. Então vamos aprender como economizar dinheiro com dicas de viagem.

    1. Planeje com muita antecedência

    Essa é sem dúvidas a dica de viagem das mais relevantes para o seu bolso. Há uma grande economia quando planejamos uma viagem com antecedência, antecipando a compra de alguns itens, como passagens aéreas, e locais de hospedagem.

    Deixar essas coisas para a última hora, ainda tem um risco adicional, que é o de não conseguir lugar, seja nos voos ou nos hotéis e pousadas.

    1. Fique de olho em promoções de pacotes de viagem

    As agências de viagem, que fretam voos e reservam quartos de hotéis em grande quantidade, precisam depois preencher todas essas vagas para garantir seus lucros. Algumas vezes, sobram lugares, e então elas baixam os preços para atrair mais clientes.

    Fique atento para conseguir participar dessas promoções e baixar ainda mais o custo da sua viagem!

    1. Opte por viajar em períodos de baixa temporada

    Oferta e demanda sempre irão influenciar os preços, e na alta temporada a demanda é maior. Assim, se você não quiser pagar caro e também não quiser enfrentar filas e outros incômodos causados pelo excesso de pessoas, prefira viajar na baixa temporada. Além de economizar dinheiro, você fará uma viagem bem mais tranquila.

    1. Que tal um mochilão? Isso pode ser bem econômico e divertido!

    como economizar dinheiro viajar baixa temporada
    Hospedar-se em albergues ou casas de família é uma oportunidade rica de conhecer outras culturas 

    Outro modo divertido e econômico de viajar é no estilo mochileiro. Podendo utilizar meios alternativos de hospedagem, como albergues e quartos em casas de família, ou mesmo aproveitando os deslocamentos para dormir, este é um jeito aventureiro de desbravar o mundo, conhecer pessoas interessantes e economizar uma boa grana.

    1. Seja mais flexível para conseguir melhores preços

    Outra dica prática para viajar pagando menos é ter flexibilidade quanto às datas de viagem. É muito comum as companhias aéreas realizarem promoções aos fins de semana para voos em dias específicos.

    De igual modo, agências de turismo, hotéis e pousadas podem fazer o mesmo. Assim, se você puder aproveitar essas oportunidades, certamente irá pagar mais barato pela sua viagem!

    1. Faça uma seleção de destinos com melhor custo x benefício

    Por fim, outro jeito de economizar dinheiro com viagens é procurar por destinos que possuam uma boa relação entre o custo da viagem e os benefícios oferecidos a você no destino.

    Isso é algo bem pessoal, e o objetivo é que você reflita no fato de que destinos badalados ou “da moda” (que costumam ser caros) nem sempre poderão te agradar, enquanto outros, menos procurados (e mais baratos), poderão encantar você!

    Como economizar dinheiro no casamento

    Preciso guardar dinheiro para meu casamento, o que fazer? 

    Para finalizar, apresentamos agora essas 9 dicas sobre como juntar dinheiro para casar. Este é um evento que costuma mexer demais com nossas emoções, portanto, requer cuidados redobrados para que este momento único não se torne depois um grande pesadelo, e complique o início da vida do casal.

    1. Deixe a lista de convidados bem seletiva

    como economizar dinheiro casamento

    Tenha bastante critério na hora de montar a lista de convidades, é aqui que se gasta mais

    A quantidade de convidados para uma cerimônia e festa está diretamente associado ao custo de todo o custo do casamento. Quanto mais pessoas, mais espaço é requerido e maiores gastos com decoração, equipamentos de som, comidas e bebidas.

    Assim, seja realmente bastante seletivo ao formar sua lista de convidados. Ela precisa conter aquelas pessoas que são realmente especiais e que fazem parte do círculo mais íntimo do casal. Nada de convidar aquele parente que liga para você uma vez por ano e só aparece na sua casa a cada 5 anos...

    1. Não compre o vestido da noiva, alugue

    Ao preferir alugar um vestido ao invés de comprar, você estará gerando uma grande economia. Se você não fizer questão de exclusividade (algo que é dispensável, quando pensamos de forma racional), você conseguira preços realmente muito bons ao alugar o seu vestido. 

    1. Faça você mesmo!

    Alguns itens de decoração e lembranças para os convidados podem ser feitos pelo próprio casal, a fim de economizar. E ainda podem aproveitar o tempo juntos onde estão trabalhando nesta etapa, para conversarem sobre outros assuntos, como a viagem e outros detalhes da vida à dois.

    1. Economize à dois

    Os preparativos pré-casamento são oportunidades muito interessantes do casal discutir diferentes pontos sobre o uso dos recursos financeiros. De certa forma, é uma preparação para os desafios futuros relacionados aos custos da manutenção da vida familiar.

    Assim, é importante que ambos trabalhem unidos com o propósito de tornar todo o evento o mais belo e econômico possível. Afinal, de que adianta realizar o casamento dos sonhos, muitas vezes apenas para agradar outras pessoas, e depois começar a vida à dois endividado, não é mesmo?

    1. Entrem em acordo, mas priorizando o menor custo 

    Por mais alinhado que um casal seja, irão acontecer alguns pontos de divergência na hora de decidir algum detalhe do casamento.

    Nestes momentos, um dos dois terá que ceder, mas é importante que ambos ajam com maturidade, pensando não apenas no curto prazo, mas nos impactos financeiros que esta decisão terá no médio e longo prazo.

    A cerimônia termina. A festa passa. Mas os compromissos financeiros continuarão. Pense nisso e priorizem sempre o menor custo.

    1. Definam suas prioridades de gasto

    Para alguns casais, o importante é a festa. Para outros, o importante é a cerimônia religiosa, e para outros, o foco total é dado à viagem de lua de mel.

    O que realmente importa é que os noivos decidam aquilo que é mais importante para eles. Isso ajudará bastante a utilizarem melhor os recursos financeiros disponíveis, priorizando gastar com aquilo que é mais significativo para o casal.

    1. Cuidado com a lua de mel, escolha uma viagem mais em conta

    como economizar dinheiro lua de mel

    Defina com cuidado onde irão passar a lua de mel para caber no orçamento e não se tornar uma dívida

    A viagem de lua de mel é um dos momentos mais marcantes do casamento, pois é o inicio da jornada do casal. O local, a época do ano, o tempo de permanência, a hospedagem, são alguns dos detalhes que precisam ser pensados.

    No entanto, o casal não pode esquecer que este é apenas o começo, e que se eles forem responsáveis na maneira como vão gerir as finanças do lar, haverá muitas outras viagens, bem melhores inclusive.

    Assim, é importante que os noivos programem a lua de mel sem excessos, respeitando o que a situação econômica atual permite.

    1. Faça o planejamento de todo o projeto no papel

    Organizar uma cerimônia de casamento não é uma tarefa tão simples. Então, para evitar surpresas na hora de contratar algum serviço ou comprar algum produto, é importante realizar um bom planejamento antecipadamente.

    Assim, é possível visualizar todos as tarefas e também o custo envolvido em cada uma delas, além de poder priorizar com mais facilidade e também realizar cada etapa de forma sincronizada, o que evita retrabalhos e gera economias adicionais.

    1. Case em um local com melhor custo benefício

    O local do casamento pode gerar uma economia significativa em todo o custo do evento. Procure alternativas que possam atender tanto à cerimônia, quanto à festa, e em locais menos desejados pela maioria das pessoas.

    Talvez você tenha algum familiar ou amigo que tenha uma chácara que possa ser emprestada ou alugada por um preço menor, e que tenha as características desejadas, acomodando bem os convidados e promovendo um ambiente adequado para a realização deste grande evento!

    Agora, o mais importante: como investir o dinheiro que você economiza

    Agora que você aprendeu varias formas de economizar, não podemos terminar esse texto sem antes deixar algumas informações relevantes sobre como aplicar o seu dinheiro a fim de fazê-lo crescer.

    Poupança é uma boa opção?

    O investimento mais conhecido dos brasileiros não é a melhor opção para você colocar o seu dinheiro. Ler isso é motivo de surpresa para muitas pessoas, mas o fato é que existem opções mais rentáveis e mais seguras.

    Em tempos de inflação alta, como aconteceu em 2015, a poupança chegou a ter rentabilidade real negativa. Muita gente nem percebeu isso, mas aconteceu. Enquanto a poupança rendia cerca de 8,5% ao ano, a inflação alcançou mais de 10%.

    Ao investir o seu dinheiro, você precisa buscar produtos capazes de prover lucros reais, acima da inflação.

    A oportunidade no Tesouro Direto

    como economizar dinheiro e investir

    Com planejamento financeiro fica fácil investir e ver o seu dinheiro render cada vez mais

    Os títulos públicos do Tesouro Nacional, que são ofertados ao público através do programa Tesouro Direto, são ótimas alternativas à poupança.

    Eles são divididos em três modalidades diferentes, à saber: pre-fixados, pós-fixados e mistos. Para compreender cada um deles em detalhes, recomendamos a leitura deste material (clique aqui).

    Para quem procura por um substituto da poupança, porém, com rentabilidade real positiva, a melhor alternativa é o título público chamado Tesouro Selic. Ele rende mais que a inflação e que a poupança também.

    Se precisar do dinheiro você pode sacar a qualquer momento, e nem tem que esperar a data de aniversário para não perder a rentabilidade do mês, pois sua rentabilidade é diária.

    Outros investimentos em renda fixa

    Além dos títulos públicos do Tesouro Nacional, existem ainda outros tipos de investimentos para pessoas com perfil conservador, ou seja, que procuram segurança e não querem correr riscos. Abaixo vamos listar alguns deles, e para você saber mais sobre cada um, basta clicar no nome:

    Investindo em ações

    Outra forma muito interessante de investimento, e ainda pouco conhecida da maioria dos brasileiros, são os investimentos em ações de empresas na Bolsa de Valores. Conhecido como renda variável, este tipo de investimento envolve maiores riscos, mas também oferece oportunidades de grandes lucros.

    Existem diversos tipos de operações financeiras envolvendo ações, e com isso, é possível atender diferentes perfis de investidores, que buscam rentabilidades acima daquelas oferecidas na renda fixa.

    Para saber mais sobre o mercado de ações, recomendamos a leitura deste material.

    Como escolher uma corretora de valores

    Depois dessas dicas de investimento, é hora partir para a prática. Como comprar um título público, uma LCI ou mesmo ações de uma empresa? A instituição financeira mais recomendada para isso são as corretoras de valores.

    Diferente dos bancos, cujos lucros principais vêm dos juros dos empréstimos que fazem aos seus clientes, fomentando com isso o endividamento, as corretoras de valores lucram através das taxas que cobram sobre os produtos de investimento que oferecem.

    Como a maioria dessas taxas está associada também aos lucros que seus clientes obtém através dos investimentos, há um grande interesse por parte das corretoras que seus clientes sejam bem sucedidos nos seus investimentos, e que o façam da melhor forma possível, com inteligência, planejamento e estratégias vencedoras.

    Rico, por exemplo, possui uma equipe de professores que ensinam seus clientes diariamente, em várias salas online, a investirem de forma inteligente e lucrativa.

    Escolher uma corretora de valores é o próximo passo para fazer o seu dinheiro trabalhar depois de aprender a economizá-lo.

    Conclusão

    como economizar e guardar dinheiro

    Adapte as dicas que mais podem te ajudar e pratique. Você vai ver como funciona!

    Depois dessas 82 dicas, você terá condições de aprender como economizar dinheiro nas 52 semanas do ano, pois terá criado o hábito de respeitar o seu dinheiro, que é resultado do seu esforço como trabalhador.

    Com este hábito desenvolvido, você terá então plenas condições de praticar continuamente a regra áurea da educação financeira, que é gastar menos do que se ganha e investir com regularidade.

    Assista ao vídeo abaixo que mostra a diferença entre ser e estar rico. Você já tinha pensado sobre isso? 

    Ao investir, você estará buscando a multiplicação do seu dinheiro, e com isso, estará formando e aumentando o seu patrimônio, que por sua vez, permitirá que você realize os seus sonhos que dependem dos recursos financeiros.

    Como podemos ver, o dinheiro, se for utilizado da maneira correta, será um poderoso instrumento capaz de melhorar bastante a nossa qualidade de vida.

    Conte conosco neste processo! Estamos aqui para te ajudar com as melhores opções de investimentos no mercado financeiro.

    Se você tiver alguma dúvida sobre qual o melhor jeito de guardar dinheiro ou como investir com pouco dinheiro, entre em contato com nossa equipe de atendimento. Estamos à sua disposição!

    New Call-to-action

    Topics: Finanças Pessoais

    Top 5 Posts

    Posts Recentes