{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA): Como Investir

    by Rico.com.vc | 10 de Março, 2017

    certificado de recebíveis do agronegócio

    E se existisse um ativo de renda fixa isento de imposto de renda com excelente rentabilidade?

    Saiba tudo sobre o Certificado de Recebíveis do Agronegócio e diversifique a sua carteira de renda fixa com um produto mais rentável.

    Neste texto, você descobrirá o que são os CRAs e conhecerá diversas dicas para aproveitar a oportunidade de investimento de renda fixa que mais cresceu em 2016. 

    Você já domina as LCIs e LCAs? Conheça tudo sobre esses ativos em nosso guia completo!

    Trataremos das vantagens, riscos e compararemos o investimento a outros ativos de renda fixa como CRIs e letras de crédito. Espero que o texto seja útil para você. Se tiver qualquer tipo de dúvida, não deixe de escrevê-la no final dessa página.

    Boa leitura!

    O que é CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio)

    certificado de recebiveis do agronegocio conceito

    Títulos do agronegócio são uma ótima forma de diversificar investimentos entrando em um novo segmento da economia.

    Certificado de Recebíveis do Agronegócio é um título de renda fixa, emitido por instituições securitizadoras, com o objetivo de financiar o setor agrícola.

    Ele é muito semelhante às LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio), os quais também são títulos do agronegócio cujo objetivo é financiar o setor com recursos privados.

    As emissões são originadas através de negócios entre produtores do campo, suas cooperativas ou terceiros, abrangendo financiamentos ou empréstimos destinados à produção, comercialização, beneficiamento ou à industrialização de produtos, insumos ou máquinas e implementos utilizados na produção agropecuária.

    Este é um investimento relativamente recente. A primeira emissão de títulos foi realizada em 2009.

    Apesar de representar uma pequena fatia do bolo de Renda Fixa, o Certificado de Recebíveis do Agronegócio é o papel que mais cresce em emissão anualmente.

    Assim como as letras de crédito, o Certificado de Recebíveis do Agronegócio é isento de Imposto de Renda e IOF para investidores do tipo pessoa física.

    Para Pessoas Jurídicas, a isenção é apenas o IOF e a alíquota de IR é a mesma para qualquer produto de renda fixa, isto é, a tabela regressiva.

    A isenção é devido ao impulso que tais investimentos promovem a um dos setores que mais geram riqueza para o país, no caso, o Agronegócio. Então, o Governo incentiva o financiamento do agronegócio pelo setor privado.

    Porém, não necessariamente essa isenção será para sempre.

    A grande diferença entre CRA e LCA é que a letra de crédito é emitida apenas pelos bancos, por isso possui menos risco (e rentabilidade) sendo garantida pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito). 

    Enquanto o CRA é emitido por securitizadoras (empresas que convertem dívidas em títulos lastreáveis) e não possuem FGC, sendo a saúde da empresa a garantia do negócio.

    Mas esse risco pode valer a pena ao optar pelo Certificado de Recebíveis do Agronegócio, pois ele facilmente atinge a rentabilidade de 100% do CDI, ultrapassando muitos produtos da renda fixa.

    Alguns CRA’s inclusive pagam sua rentabilidade mensalmente. Lembrando que eram aplicações destinadas apenas para investidores institucionais, cuja aplicação mínima não atingia os investidores menores.

    Para recapitular: CDI (certificado de depósito interbancário) é a taxa de rentabilidade do mercado. Também é usada como comparação para analisar o retorno de muitos ativos. Esse índice calculado pela Cetip tende a se aproximar da Selic (taxa básica de juros).

    Os dois fatores importantíssimos a serem analisados é o longo prazo de vencimento que pode chegar a 4 anos ou mais e a baixa liquidez. 

    Assim, essa é uma ótima opção para diversificar a carteira do investidor de renda fixa com um ativo de ótima rentabilidade

    Trata-se de um bom produto, mas que precisa ser analisado e ter adequação na carteira de investimentos e no perfil do investidor. 


    Qual a diferença entre CRA e CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários)?

    certificado de recebiveis do agronegocio cri

    Apesar de parecidos em seu funcionamento, esses produtos são emitidos por mercados distintos.

    O Certificado de Recebíveis Do Agronegócio muito se assemelha aos CRIs. A maior diferença está mesmo no segmento e volume de aporte, pois os CRAs possuem um valor inicial bem superior à maioria dos CRIs. 

    Três fatores devem ser muito bem analisados antes de qualquer investimento: prazo do papel, retorno e risco envolvido. Já que tanto CRAs e CRIs possuem um prazo de vencimento longo e uma liquidez baixa.

    Isso significa que ao comprar, tenha em mente que o seu objetivo ao adquirir esses títulos é o de permanecer na aplicação até o vencimento.

    Dessa forma, é recomendado que o investidor possua um Fundo de Emergência de 3 a 6 vezes o seu custo mensal de vida aplicado em um produto de investimento com alta liquidez, como um Fundo DI por exemplo.

    Ao pesquisar qual dos investimentos escolher, deve-se analisar o momento pelo qual os dois mercados e seus ciclos econômicos estão inseridos.

    Por se tratarem de dois setores extremamente importantes da economia nacional, deve-se analisar o momento para tal investimento. Dependendo do momento, a relação risco x retorno estará imputada na rentabilidade.

    Assista ao vídeo abaixo para entender tudo sobre CRI e CRA:

     

    Por Que CRA é Uma Boa Oportunidade de Investimento Hoje

    certificado de recebiveis do agronegocio crescimento

    Investir em um Certificado de Recebíveis do Agronegocio é uma ótima forma de tomar parte no crescimento do setor agrícola. 

    Cenário Atual de crescimento

    Os bancos estão emitindo cada vez menos crédito, então há um grande e ótimo mercado para os CRAs. Já que o setor do agronegócio é um dos que mais crescem no Brasil.

    Segundo publicação da Exame, o Certificado de Recebíveis do Agronegócio captou R$ 4,8 bilhões em 2016. Praticamente 10 vezes mais do que em 2015, chegando em seu recorde histórico.

    Assim, o CRA foi o investimento em renda fixa que mais cresceu no ano.

    Segundo a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), o agronegócio deve crescer pelo menos 2% em 2017. Todas as projeções mostram um cenário positivo para o campo. O setor representa 48% das exportações do país.

    Para você ter uma ideia, apenas em 2016, os produtos do agronegócio garantiram um saldo de US$ 72,5 bilhões.


    Funcionamento da Aplicação

    certificado de recebiveis do agronegocio como funciona

    Essa aplicação possui algumas diferenças de outros ativos de renda fixa.

    Como você viu, os bancos não têm parte na emissão de CRAs. Nesse sentido, é preciso entender que o funcionamento da captação é outra. Mesmo assim, para o investidor, o processo de aquisição de título é bem semelhante a outros produtos.

    Você escolhe a forma de remuneração entre as opções disponíveis e faz o aporte comparando o vencimento, risco e expectativa de retorno do investimento.

    Vamos ver um exemplo de Certificado de Recebíveis do Agronegócio?

    Imagine que um produtor rural chamado João precisa de um financiamento para comprar um trator mais moderno para a sua lavoura. Ele busca melhorar sua produtividade e assim obter uma melhor produção por hectare. Então, João vai a uma instituição financeira que concede o crédito.

    Essa instituição, logo em seguida, 'vende' a dívida a uma Securitizadora que emite os CRAs aos investidores. Conforme o João for pagando o seu financiamento, a Securitizadora paga os juros ao Investidor.

    O risco está em adquirir títulos de empresas pequenas que não possuem um fluxo de caixa constante e confiável. Caso elas quebrem, o investidor fica sem o capital.

    Por isso, é importante adquirir CRAs de empresas confiáveis, ou seja, que possuam um bom rating de agências de risco.

    Confira as dicas do vídeo abaixo para saber tudo sobre rating:



    Como Investir em Certificado de Recebíveis do Agronegócio

    certificado de recebiveis do agronegocio conceito retorno

    O processo é bem simples, mas deve ser adequado à sua carteira de investimentos.

    O Certificado de Recebíveis do Agronegócio é distribuído publicamente e negociado na BM&FBOVESPA. As emissoras e estruturadoras da oferta contratam um pacote de serviços de distribuição e podem receber o apoio de Corretoras.

    Para você que quer começar a investir, é preciso ter uma conta em uma corretora de confiança, como a Rico.

    O processo é muito semelhante a qualquer outro investimento. É só transferir o dinheiro para a sua conta na Rico e dar a ordem de compra do ativo. 

    retorno

    A rentabilidade do CRA é superior a muitos títulos de renda fixa como CDBs, Poupança, Títulos Públicos Federais, pois dá retorno acima da inflação e com isenção de tributos.

    Sua remuneração varia e pode ser atrelada ao CDI, índices de inflação ou ser pré-fixada. Algumas, as mais atrativas, são remuneradas pelo IPCA ou IGP-M mais uma taxa, que pode ser indexada ao DI ou também pré-fixada. 

    Os juros são pagos de forma semestral ou anual, no entanto, o valor total só retorna no final do período. Normalmente 4 anos. 

    Riscos

    A primeira dica para investir em um Certificado de Recebíveis do Agronegócio com segurança é não investir todo o seu dinheiro disponível em CRAs. A segunda é não alocar todos os recursos nos papéis de uma mesma empresa, mas se possível, pulverize o investimento entre várias para mitigar os riscos.

    Para ter uma boa ideia do risco, procure papéis que passaram pela avaliação de uma agência de rating. Assim você garante a aquisição de um ativo com pequena chance de prejuízos.

    Também é possível mitigar os riscos ao optar por papéis estruturados com garantias, como a alienação da terra e penhor da produção. Esses instrumentos reduzem uma parte do risco de inadimplência.

    Liquidez

    Um certificado de recebível possui, em média, um prazo de vencimento de 4 anos. Você deve ter a ciência que ficará com esse papel durante todo o tempo. Por isso, não é recomendado a compra do ativo caso você precise do dinheiro antes do prazo.


    Outras Vantagens do CRA além da Isenção do IR

    certificado de recebiveis do agronegocio vantagens

    Os benefícios são muitos. Você está pronto para investir em um CRA?

    A isenção de impostos não deve ser o único fator analisado na escolha de um investimento. Sempre compare o ativo a outros disponíveis em sua corretora. Nós, da Rico, reunimos centenas de opções em Renda Fixa para comparação.

    O CRA representa sim uma ótima opção de remuneração e alocação de capital a longo prazo. Afinal, trata-se de um investimento com:

    • Ganho real acima da inflação
    • Isenção de IOF
    • Alta Rentabilidade em comparação a outros ativos de renda fixa
    • Ótimo rating dependendo do produto 

    Caso esse investimento tenha um bom fit em sua carteira de longo prazo, ele deve ser encaixado como diversificação de renda fixa. Principalmente por sua rentabilidade acima da inflação (que históricamente é alta) e isenção de impostos.  


    CRA x CRI - Qual o Melhor Investimento?

    Depende de que tipo de investidor você é do momento pelo qual cada setor está passando. Ambos são indicados para quem já possui uma carteira de investimento definida e gostaria de diversificar seus investimentos.

    Se você se enquadra nos CRAs, mas não sabe se os CRIs são uma boa opção. Basta comparar as taxas de retorno e prazo de vencimento dos papéis.

    É importante estudar o setor e a empresa emissora em que está investindo já que o aporte não é protegido pelo FGC.

    Ainda está em dúvida? Então, confira as dicas do nosso analista-chefe Roberto Indech e entenda por que você deve investir em CRI e CRA em 2018:



    Conclusão

    certificado de recebiveis do agronegocio conclusao

    Os CRAs são uma ótima opção de ativo para Investidores Qualificados.

    O Certificado de Recebíveis do Agronegócio obedece a relação de risco e retorno que todos os investimentos seguem. Quanto maior o risco, maior o retorno. Quanto menor o risco, menor o retorno.

    Por isso, nunca esqueça que todas as suas compras de títulos devem se adequar ao seu gosto ao risco.

    Caso contrário, você formará uma carteira de investimentos que o deixará desconfortável na maior parte do tempo.

    Leia mais sobre Renda Fixa em nosso blog:

    Existem muitas formas de mitigar riscos, como a diversificação de carteira e pulverização de papéis entre diferentes emissores, no entanto, os CRAs apresentam sim um risco maior, por outro lado, trazem ótimos retornos. 

    Assim, esse é um ativo indicado para investidores que já possuem um patrimônio formado e o querem rentabilizar garantindo o seu poder de compra a longo prazo, driblando a alta tributação brasileira e diversificando os riscos da carteira.

    Como dito, o investidor também precisa ter outros ativos na carteira. A centralização de recursos não é recomendada em nenhum tipo de investimento. Você deve conhecer o ditado popular que diz para não colocar todos os ovos na mesma cesta.

    Essa é uma realidade, afinal, ao fazer isso você concentra os riscos e limita os ganhos a um único produto.

    Qualquer movimento micro ou macroeconômico pode afetar seriamente o seu retorno e até o capital em si. 

    Você gostou deste artigo? Então deixe o seu comentário com críticas, elogios ou dúvidas. O seu recado é importante para nós!

    abra-conta-rico-1.png

    Topics: Renda Fixa

    Top 5 Posts

    Posts Recentes