{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Momentos Rico "Dinheiro é um Santo Remédio" (saiba como foi!)

    by Rico.com.vc on Março 31, 2014

     

    O "Momentos Rico - especial Dinheiro é um Santo Remédio" aconteceu neste último sábado (29/03) no espaço The Hub em São Paulo com transmissão ao vivo e foi um sucesso de audiência.

    conrado navarro andre massaro

     

    Esta edição trouxe a proposta de mostrar que cuidar do próprio dinheiro não deve ser uma atividade emergencial, mas sim um hábito diário. E o mais importante, incentivar os participantes a buscarem informações sobre educação financeira com mais frequência ao longo de suas vidas.

     

    conra e massa   

    Para isso, Conrado Navarro e André Massaro conversaram com o público sobre diversos assuntos envolvendo finanças pessoais, entre eles os investimentos mais rentáveis do momento, planejamento para o futuro, tranquilidade para a aposentadoria e inclusive sobre as principais aplicações oferecidas pelos gerentes de banco. Sobre essas últimas, Conrado foi bem enfático ao tomar os títulos de capitalização como um exemplo de "não investimento": "a não ser que você se considere o cara mais sortudo do mundo e realmente acredite que vai ganhar o carro ou a casa em sorteios desses títulos, jamais considere eles como investimento para seu dinheiro."

    Um membro da plateia perguntou sobre como investir em Tesouro Direto, uma das aplicações mais procuradas do momento. O Tesouro Direto é um programa criado pelo Governo Federal para a compra e venda de títulos públicos. São ativos de renda fixa seguros e de baixo risco que são uma boa opção de investimento com rentabilidade, segurança e comodidade.

    Com relação à variedade de títulos públicos, Massaro recomendou a diversificação não apenas para quem possui experiência com o universo dos investimentos, mas também com aqueles que estão começando a abrir conta em uma corretora.

     

    foto dani livro

     

    O público online também participou em peso do bate-papo ao responder a pergunta "Qual doença financeira você acredita ter?", concorrendo a exemplares do livro "Dinheiro é um Santo Remédio". Os depoimentos que mais nos chamaram a atenção na rede social Facebook falaram sobre consumismo, aversão ao risco, medo de sair da poupança e falta de informação, problemas típicos do brasileiro.

    Para finalizar, Conrado e Massaro falaram sobre as principais "doenças financeiras" que afligem os brasileiros e quais os caminhos para tratá-las. Entre elas, podemos destacar a tal da fobia financeira. De acordo com o livro, trata-se de uma espécie de aversão que as pessoas têm em falar ou se relacionar com dinheiro em geral. Prova disso é uma matéria recente que saiu no Estadão que trouxe um dado para lá de alarmante: 80% dos brasileiros não controlam suas finanças, de acordo com pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Além do mais, cerca de 70% deles terminam o mês endividados ou com a conta zerada.

    E é esse cenário de ignorância em relação ao próprio dinheiro que precisamos mudar. Afinal, usar o dinheiro com inteligência é a única maneira de garantir um futuro financeiro saudável e uma vida bem-equilibrada.

    Topics: Finanças Pessoais

    Top 5 Posts

    Posts Recentes