{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Aviso importante: Em 2015 a poupança vai perder para a inflação

    by Gloria Maciel on Março 10, 2015

    Por: Roberto Indech

    Sim. Já iniciamos este texto com uma simples resposta: em 2015 a poupança vai render menos do que a inflação (IPCA) no país. E o que isso significa? Que o valor de sua aplicação, ou seja, seu poder de compra no período será menor do que a média da elevação dos preços de produtos e serviços em geral.

    foto-2Como exemplo simples, a poupança em 2014 rentabilizou 7,16%, enquanto o índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 6,41%, ou seja, a rentabilidade real do poupador no período foi de 0,71%. Esta conta leva em consideração os ganhos descontados a inflação e não é realizada uma subtração simples, pois trata-se de percentuais. Com o resultado, o retorno real de 2014 para o aplicador em poupança foi um dos piores desde a implementação do Plano Real em 1994.

    E para 2015, o que esperar? Caso sigamos na mesma regra da poupança, o que deverá ocorrer, irá rentabilizar os módicos 0,5% ao mês somada a Taxa Referencial (TR),  que até o dia 08/03/2015 apresentou elevação quase que irrisória de 0,18% no ano. Portanto, a TR não deverá mostrar impacto tão positivo a fim de se acreditar em uma melhora significativa para o rendimento destes poupadores. Por outro lado, segundo consta no Boletim Focus do Banco Central, uma referência de perspectivas dentre as instituições do mercado financeiro, a expectativa para o IPCA ao final de 2015 está em 7,77%*.

    Portanto, para finalizar este post, calculando os valores apresentados, para aqueles que aplicam em poupança deverão ver seus recursos apresentarem alta de cerca de 7,0% neste ano, enquanto o IPCA deverá estar próximo de 7,8%, o que indica que o poupador verá um retorno negativo em sua aplicação, assim como ocorreu em 2002 pela última vez.

    Assim sendo, apenas como comparativo, disponibilizo um gráfico abaixo, que apresenta como estão as rentabilidades acumuladas da Poupança e inflação além do CDI desde o início do Governo Dilma e que caso a opção fosse para ativos indexados a Taxa Selic (a taxa básica de juros da economia no Brasil) como o Tesouro Direto, CDB, LCI/LCA, entre outros, o poder de compra do investidor certamente teria sido mais gratificante no período.

    *dado divulgado em 09/03/2015

    Grafico

     

    roberto_indech-3-1-1

    ROBERTO INDECH

    Equity Sales da Rico, faz análises diárias sobre o panorama mundial do mercado e recomendação dos ativos mais rentáveis do momento.

    contato: rindech@rico.com.vc

    Top 5 Posts

    Posts Recentes