{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1200px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

    Alocação de ativos: qual a melhor estratégia para seu perfil? 

    by Time da Rico | 27 de Outubro, 2020

    alocacao de ativos como fazer ideal 4 estrategias eficientes

    Você sabe fazer alocação de ativos? Entenda qual a melhor estratégia para o seu perfil!

    Quando o assunto planejar a aplicação de dinheiro, muitos investidores ainda têm dúvidas sobre como proceder.

    De fato, são muitas as técnicas que podem ser utilizadas para ter rentabilidade e o nível de segurança desejado.

    Além disso, a escolha certa depende de uma boa análise do seu contexto e do cenário econômico.

    Não sabe como fazer? A gente pode ajudar.

    Neste conteúdo, vamos trazer os caminhos mais eficientes para ganhar dinheiro com a alocação de ativos.

    Estes são os tópicos principais para a sua leitura:

    Se restar alguma dúvida ao final, deixe um comentário.

    Boa leitura!
    Nova call to action

    O que é a alocação de ativos?

    Dentro do mundo dos investimentos, não é eficaz a estratégia de comprar ativos de um determinado tipo e deixá-los parados na carteira por tempo indeterminado.

    Para garantir boa rentabilidade, é importante que o investidor conte com uma estratégia sólida para a gestão do dinheiro que foi aplicado.

    Assim, a alocação de ativos tem por objetivo ajudar a fazer um planejamento com foco em maximizar os ganhos e reduzir os custos envolvidos.

    Para isso, não existe muito segredo: o investidor precisa diversificar sua carteira com diferentes classes de ativos para, assim, ter bons independente dos rumos da economia.

    Dependendo de seus objetivos e metas, o estudo vai apontar onde é mais interessante investir.

    Pode ser em ações, em commodities ou em fundos de investimento, por exemplo.

    A Rico tem os melhores produtos para você estruturar uma carteira alinhada aos seus objetivos e perfil de investidor.

    Ainda não tem uma conta? Abra agora

    É rápido. É de graça.

    Por que fazer alocação de ativos?

    Como você pôde ver, a alocação de ativos tem o objetivo principal de proporcionar uma carteira mais estável, que protege contra riscos ao mesmo tempo em que almeja rentabilidade. 

    Isso é feito, principalmente, por meio da diversificação dos seus investimentos: quanto mais diversa é a carteira, menores são as chances de perdas.

    Com a alocação dos ativos, o investidor é convidado a observar não somente as taxas de retorno como também os riscos inerentes a cada operação antes de se decidir.

    Segundo dados matemáticos, quem investe em dois tipos diferentes de ativo diminui em 50% os riscos da atividade - e quanto mais tipos em sua carteira, menor será o risco.

    Como a alocação tem foco em trazer bons resultados no longo prazo, essa estratégia também garante uma redução de custos.

    Isso porque a ideia é fazer poucas e pontuais operações em momentos predeterminados pelo seu planejamento.

    Como fazer alocação de ativos ideal: 4 estratégias eficientes

    Agora que você já sabe o que é a alocação de ativos e entendeu a importância de planejar a sua, deve estar curioso para saber como fazer seu planejamento.

    Para te ajudar nessa tarefa, reunimos abaixo quatro estratégias eficientes.

    Acompanhe!

    1. Alocação estratégica de ativos

    A alocação estratégica é considerada como a estratégia mais simples para um investidor compor sua carteira.

    A sua análise utiliza o histórico de rentabilidade para construir um planejamento: se ele está acostumado a ter 20% de retorno em ações e 10% nos títulos de renda fixa, deve dividir igualmente seus ativos entre as duas modalidades para ter uma taxa média de 15% ao ano.

    De maneira geral, esse é um modelo estático que trabalha com a expectativa de retorno no longo prazo.

    Isso significa que, ao adotá-la, o investidor evita que as ações percam participação em curto prazo, já que não existe uma realocação constante dos ativos.

    2. Alocação de ativos de ponderação constante

    Complementando a técnica acima, a alocação de ativos de ponderação constante exige uma gestão ativa da sua carteira para balancear os valores conforme as oscilações do mercado.

    Similar a estratégia de Buy and Hold, a ponderação propõe a compra de ativos sólidos, quando o investidor enxerga potencial de crescimento no futuro.

    Ainda que a alocação mude no decorrer do tempo, a intenção é manter uma composição de portfólio similar ao que existia no início.

    Não existem regras muito rígidas nesse sentido, mas especialistas recomendam que a variação da carteira durante o período não passe de 5%.

    3. Alocação dinâmica de ativos

    Conforme o próprio nome indica, a alocação dinâmica de ativos propõe uma gestão mais ativa no sentido de realocar seus fundos constantemente.

    Dentro dessa estratégia, o investidor é convidado a comprar e vender títulos de maneira mais ágil conforme sua percepção sobre o futuro do mercado.

    Assim, ele está livre para operar com foco maior no curto prazo, usando sua análise como o termômetro que vai indicar qual o melhor caminho.

    Como essa estratégia exige maior agilidade na tomada de decisão, é importante que o investidor que vai adotá-la tenha um conhecimento aprofundado sobre o mercado financeiro e esteja familiarizado com as regras que guiam a economia.

    4. Alocação de ativos segurada

    A alocação de ativos segurada é a estratégia que parte das perdas para determinar sua configuração.

    A proposta pode parecer estranha à primeira vista, mas logo você entende porque ela é bastante interessante.

    Aqui, o alarme que vai indicar a necessidade de realocar os ativos é o nível de desvalorização da sua carteira, definindo um percentual máximo de perdas que será aceito.

    Quando esse patamar é alcançado, o investidor deve então procurar ativos próximos do risco zero - como o Tesouro Direto - para que o seu patrimônio não se corroa além do necessário.

    Por conta de sua proteção extra ao capital, esse modelo é indicado para investidores de perfil conservador que buscam ganhos maiores do que os da renda fixa sem comprometer seu capital inicial.

    Sugestão de alocação de ativos para cada perfil de investidor 

    alocacao de ativos sugestao para cada perfil de investidor

    A alocação de ativos pode ter várias características e estratégias diferentes, dependendo do perfil do investidor e de seus objetivos.

    Para você que ainda não sabe qual caminho seguir, apresentamos abaixo uma série de sugestões de carteira para diferentes perfis, elaborada por analistas da Rico.

    Sugestão de alocação de ativos para Julho/2020

    Vamos começar pela sugestão de alocação de ativos para o mês de julho de 2020.

    A combinação sugerida tem a intenção de dar um direcionamento nessa decisão tão importante. 

    Alocação de ativos para perfil agressivo - Julho/2020

    Quem é investidor agressivo, está pronto para encarar maiores riscos em busca de uma rentabilidade superior.

    Com isso em mente, a sugestão para esse público é de alocar 30% do capital em ativos multimercado, seguido por 25% em renda variável local e 16,5% na renda variável global.

    Confira abaixo a tabela com as proporções e os produtos principais de cada categoria.

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    13,50%

     

    Trend DI Simples

    7,00%

     R$ 500,00

    Inflação

    15,00%

     

    DEB Raizen - Inflação JUN/2030

    4,50%

     R$ 1.000,00

    Multimercado

    30,00%

     

    Absolute Vertex Advisory FIC Multimercado

    7,50%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável

    25,00%

     

    XP Long Term Equity FIC Multimercado

    5,00%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável Global

    16,50%

     

    Trend Bolsa Americana Dólar FIM

    8,50%

     R$ 500,00

    Alocação de ativos para perfil moderado - Julho/2020

    O investidor de perfil moderado é aquele que busca um equilíbrio entre boa rentabilidade e baixo risco em sua alocação de ativos.

    Para julho, nossos especialistas sugerem uma carteira que tem pelo menos 32,5% do capital aplicado em ativos pós-fixados, seguido por 30% em multimercado.

    Veja abaixo a tabela resumida com os principais ativos de cada categoria:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    32,50%

     

    JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP

    6,00%

     R$ 20.000,00

    Inflação

    15,00%

     

    DEB Raizen - Inflação JUN/2030

    4,50%

     R$ 1.000,00

    Multimercado

    30,00%

     

    Absolute Vertex Advisory FIC Multimercado

    7,50%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável

    11,00%

     

    Brasil Capital 30 Advisory FIC Ações

    3,00%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável Global

    11,00%

     

    Trend Bolsa Americana Dólar FIM

    7,00%

     R$ 500,00

    Alocação de ativos para perfil conservador - Julho/2020

    Por último, temos o investidor de perfil conservador, que é aquele que tem como prioridade investir em ativos de baixíssimo risco, com foco em manter a longevidade de seu patrimônio.

    Para esse grupo, a sugestão dos especialistas em julho foi investir todo o capital na renda fixa, reservando 90% para títulos pós-fixados e 10% em ativos que acompanham a inflação.

    Confira mais detalhes:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    90,00%

     

    JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP

    17,00%

     R$   20.000,00

    XP TOP FI RF CP LP

    17,00%

     R$     5.000,00

    Polo Crédito Corporativo Adv FI RF CP LP

    16,00%

     R$     5.000,00

    Inflação

    10,00%

     

    CDB BMG - Inflação 5 anos

    3,50%

     R$     1.000,00

    CDB Pan - Inflação 5 anos

    3,50%

     R$     1.000,00

    Sugestão de alocação de ativos para Agosto/2020

    Para agosto, o cenário do mercado financeiro mudou um pouco e as sugestões de nossos especialistas foram atualizadas.

    Mais uma vez, cabe destacar que a carteira sugerida a seguir tem a única intenção de dar um direcionamento em sua tomada de decisão.

    Alocação de ativos de Ativos para perfil agressivo - Agosto/2020

    Agosto foi um mês de alta para o mercado financeiro, conforme apontou nosso estrategista de alocação, Lucas Collazo.

    Por isso, a sugestão para o mês seguiu com grande confiança nos ativos multimercado (29%), seguido por investimentos em renda variável - recomendamos 25% para o mercado nacional e 16,5% para o global.

    Confira a tabela com os principais produtos por categoria:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    14,50%

     

    LFT Selic + 0,015% Mar/21

    7,50%

     R$ 106,63

    Inflação

    15,00%

     

    XP Debêntures Incentivadas FIC FIM CP

    3,00%

     R$ 5.000,00

    Multimercado

    29,00%

     

    Absolute Vertex Advisory FIC Multimercado

    7,50%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável

    25,00%

     

    Brasil Capital 30 Advisory FIC Ações

    7,00%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável Global

    16,50%

     

    Trend Bolsa Americana Dólar FI Multimercado

    8,50%

     R$ 100,00

    Alocação de ativos de Ativos para perfil moderado - Agosto/2020

    Para os perfis moderados, a sugestão para agosto foi de alocar o capital principalmente em ativos de renda fixa pós-fixados (32,5%) seguido pelo investimento em multimercado (30%).

    Veja abaixo um resumo de nossas sugestões:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    32,50%

     

    JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP

    6,00%

     R$ 20.000,00

    Inflação

    15,00%

     

    XP Debêntures Incentivadas FIC FIM CP

    3,00%

     R$ 5.000,00

    Multimercado

    30,00%

     

    Moat Capital Equity Hedge FIC FIM

    8,00%

     R$ 5.000,00

    Renda Variável

    11,00%

     

    Brasil Capital 30 Advisory FIC Ações

    3,00%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável Global

    11,50%

     

    Trend ESG Global FIM

    7,00%

     R$ 100,00

    Alocação de ativos para perfil conservador - Agosto/2020

    Finalizando agosto, nossa sugestão para o público de investidores com perfil conservador segue o mesmo modelo de carteira sugerido em julho: 90% em pós-fixados e 10% em títulos indexados pelo IPCA.

    A tabela de produtos sugerida para o mês fica da seguinte maneira:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    90,00%

     

    JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP

    17,00%

     R$ 20.000,00

    XP Top FI RF CP LP

    17,00%

     R$ 5.000,00

    Selection FIC RF CP LP

    16,00%

     R$ 100,00

    Inflação

    10,00%

     

    CDB Pine IPCA+3,63% 5 anos

    3,50%

     R$ 1.000,00

    CDB Pan IPCA+3,74% 5 anos

    3,50%

     R$ 1.000,00

    Sugestão de alocação de ativos para Setembro/2020

    Mais recentemente, a Rico divulgou também sua sugestão de portfólio para setembro.

    Lembrando que nossas sugestões têm a única intenção de dar um direcionamento para você decidir.

    Alocação de ativos para perfil agressivo - Setembro/2020

    Neste mês, a indicação dos especialistas leva em conta uma recuperação financeira dos mercados.

    Assim, a carteira sugerida destina 30,5% do patrimônio para ativos multimercado e 25% para a renda variável.

    Veja abaixo os valores para todas as categorias:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    5,00%

     

    XP Investor FIRF CP LP

    5,00%

     R$ 5.000,00

    Inflação

    15,00%

     

    XP Debêntures Incentivadas FIC FIM CP

    3,00%

     R$ 5.000,00

    Multimercado

    30,50%

     

    Absolute Vertex Advisory FIC Multimercado

    7,50%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável

    25,00%

     

    XP Long Term Equity FIC Multimercado

    5,00%

     R$ 10.000,00

    Renda Fixa Global

    9,50%

     

    Trend High Yield FIM

    9,50%

     R$ 100,00

    Renda Variável Global

    15,00%

     

    Trend ESG Global Dólar FIM

    7,50%

     R$ 100,00

    Alocação de ativos para perfil moderado - Setembro/2020

    O perfil moderado não foi esquecido por nossos especialistas em setembro: indicamos uma composição de carteira com 52% dos ativos pós-fixados, seguidos por 26,5% em multimercado.

    Confira os valores para outras categorias com seus produtos principais:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    52,00%

     

    JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP

    10,00%

     R$ 20.000,00

    Inflação

    12,50%

     

    XP Debêntures Incentivadas FIC FIM CP

    3,50%

     R$ 5.000,00

    Multimercado

    26,50%

     

    Absolute Vertex Advisory FIC Multimercado

    6,50%

     R$ 10.000,00

    Renda Variável

    3,00%

     

    XP Long Term Equity FIC Multimercado

    3,00%

     R$ 10.000,00

    Renda Fixa Global

    3,00%

     

    Trend High Yield FIM

    3,00%

     R$ 100,00

    Renda Variável Global

    3,00%

     

    Trend Bolsa Americana Dólar FI Multimercado

    1,50%

     R$ 100,00

    Alocação de ativos para perfil conservador - Setembro/2020

    Finalizando setembro, indicamos para o perfil conservador uma composição bastante parecida com os últimos meses: 89% para pós-fixados e 11% aplicado em ativos indexados pela inflação.

    Confira na tabela:

    Produto

    %

     Aplicação Mínima 

    Pós Fixado

    89,00%

     

    XP Top FI RF CP LP

    17,00%

     R$ 5.000,00

    JGP Corporate Feeder III FIC RF CP LP

    17,00%

     R$ 20.000,00

    Selection FIC RF CP LP

    16,00%

     R$ 100,00

    Inflação

    11,00%

     

    DEB Raízen IPCA+3,70 Jun/30

    4,00%

     a consultar 

    CDB Pine IPCA+4,70% 5 anos

    3,50%

     R$ 1.000,00

     

    Confira aqui mais posts sobre alocação de ativos 

    Conclusão

    Se você tinha dúvidas sobre a alocação de ativos, esperamos ter ajudado a tomar uma decisão com as informações deste artigo.

    Na hora de operar no mercado financeiro, analise bem o cenário e leve em consideração seus objetivos e seu perfil de investidor para fazer a melhor escolha.

    Seguindo nossas dicas e sugestões, você fica cada vez mais perto de conquistar bons ganhos em seus investimentos.

    O próximo passo? Agora, você já sabe: abra sua conta agora e seja cliente Rico!

    Obrigado por ler até aqui!
    Nova call to action

    Topics: Renda Variável/Mercado de ações