{% set baseFontFamily = "Open Sans" %} /* Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set headerFontFamily = "Open Sans" %} /* This affects only headers on the site. Add the font family you wish to use. You may need to import it above. */

{% set textColor = "#565656" %} /* This sets the universal color of dark text on the site */

{% set pageCenter = "1100px" %} /* This sets the width of the website */

{% set headerType = "fixed" %} /* To make this a fixed header, change the value to "fixed" - otherwise, set it to "static" */

{% set lightGreyColor = "#f7f7f7" %} /* This affects all grey background sections */

{% set baseFontWeight = "normal" %} /* More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set headerFontWeight = "normal" %} /* For Headers; More than likely, you will use one of these values (higher = bolder): 300, 400, 700, 900 */

{% set buttonRadius = '40px' %} /* "0" for square edges, "10px" for rounded edges, "40px" for pill shape; This will change all buttons */

After you have updated your stylesheet, make sure you turn this module off

4 dicas para sobreviver em tempos de crise

by Gloria Maciel on Agosto 27, 2015

Como sobreviver em tempos de crise é uma questão que certamente assombra muitos brasileiros nesse momento. Muita gente está sentindo na pele a turbulência pela qual o país está passando e nada como boas dicas para encarar essa fase de cabeça erguida!

crise_
Falamos recentemente aqui no blog que esse é o momento para ganhar com o juros e não pagar por eles. A alta da Selic (taxa básica de juros do País) é um indexador, ou seja, serve como referência para a rentabilidade de alguns investimentos, como o título do Tesouro Direto conhecido por “Tesouro Selic”. Neste texto aqui, o Conrado Navarro explica melhor esse assunto. Vale a pena a leitura!

Agora, confira algumas dicas para quem está passando - ou teme passar - por um momento de crise nas finanças. Lembre-se que o mais importante de tudo é não deixar a peteca cair!

1- Planejamento JÁ!

Sim, sempre batemos nessa mesma tecla. Um bom planejamento é indispensável para aqueles que vivem em um país que está passando um momento de crise, como é o nosso caso. A incerteza do emprego, bem como a alta dos preços, são pontos que devem ser levados em consideração.

Por isso, preocupe-se com o futuro! Tenha uma reserva emergencial que garanta o seu sustento por pelo menos 6 meses em caso de demissão ou falência.

Uma alternativa que ajuda a controlar as suas finanças é ter uma planilha de controle de gastos. Por ela, você pode se organizar melhor e saber quanto conseguirá guardar no final do mês. Vale a pena!

Clique aqui para baixar nossa  Planilha de Controle de Gastos! ;)


2. Cuidado com o cartão de crédito

Há algum tempo falamos sobre esse tema no blog (clique aqui para ler).

O que acontece é que muitas pessoas acabam esquecendo que o real dono do dinheiro que você está gastando é o banco. Por isso os juros são tão altos!

Parcelar as contas significa que você pegou um empréstimo, e dívidas, em um momento de crise, são tudo o que não precisamos. Muito cuidado!

3. Pesquise antes de comprar

Essa dica é valiosa para quem busca uma vida financeira saudável. Não comprar tudo por impulso e saber pesquisar, com calma, as melhores oportunidades é o que muitos especialistas chamam de “chave para o sucesso”.

Veja preços, compare e por fim escolha o melhor custo benefício.

4- Não deixe de se divertir

Não é porque o país está em crise, ou que você perdeu o seu emprego que o mundo vai acabar! Ainda há vida pela frente e novas oportunidades virão, fique calmo (a).

Não desanime e muito menos deixe de se divertir porque a situação não está lá aquelas coisas. Se a grana está curta, procure programas que entrem no orçamento ou até mesmo os gratuitos. Temos um certo preconceito com eventos de graça, mas já está na hora disso ser revisto! 

 

Ainda não é cliente?  Abra sua conta!

Por: Gloria Casella